Menu

11.7.16

A Coroa (A Seleção #5) – Kiera Cass


A Coroa (A Seleção #5) – Kiera Cass


Sinopse:

Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. 

Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava. 

America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. 

Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

Resenha

Eadlyn Schreave há muitos anos vinha sendo treinada para o cargo, por seus pais.


Isso lhe acarretava responsabilidades que ela não queria, ficava incomodada, insatisfeita por ter que eliminar dezenas de candidatos a título de marido, mas no mais continuava tudo igual, mas durante a sua Seleção foi amadurecendo com os acontecimentos que começavam a rodeá-la.

Sua vida somente envolvia o palácio, família, empregados e guardas. Não tinha ideia do que acontecia do lado de fora dos portões e o que o seu povo estava passando.

Com o ocorrido desastroso que assombra o palácio, seu pai o Rei Maxon lhe nomeou regente até se sentir apto a reassumir seu posto. Eadlyn terá que assumir o papel que lhe é designado antes do tempo, deixar de mimimi ou “Eu sou Eadlyn Schreave e nenhuma pessoa é tão poderosa quanto eu”. Está aprendendo a ser menos mimada, arrogante e egoísta e começar a pensar no próximo.


Com os acontecimentos que a preocupavam teve que ser forçada a virar Rainha e governar seu país.
Mas dentre os inumeráveis tarefas decisórias como Rainha, e com a Seleção por finalizar, a princesa, agora Rainha não podia mais protelar sobre sua decisão.
Eadlyn não poderia governar Illéa sozinha.
E em dois meses de convivência com seus adoráveis pretendentes escolhidos, ela teria que eliminar e anunciar aquele que seria o próximo Rei de Illéa.
Por ser obrigada pelas circunstancias.
Quem será que Eadlyn escolheu?


Ser da realeza é existir dentro de normas, leis, restrições e nas decisões o coração não toma partido, tão somente a razão.
Se acontecer de o “amor pintar”, isso é um lucro, um premio à parte.
A autora detalha bem ao expor a realidade da realeza monótona e privada.
Por ser obrigada pelas circunstancias.

Estou realmente sem palavras pra expressar o que senti ao terminar de ler A Coroa.
Nunca havia passado pela minha cabeça que tantos acontecimentos, mudanças e decisões seriam tão precisas na vida e ao redor de Eadlyn.
Realmente a Kiera me deixou encantada e completamente satisfeita com o final do livro.



Nada como o amor para fazer a pessoa mudar e pensar que mesmo com seus erros e falhas, mesmo com o egoísmo e indiferença, se tem também a chance de ser amada. E ser amada de verdade. Com defeitos e qualidades adquiridas ao longo de dois meses.
Final esperado por mim, adorei!

Agora... minha opinião está bem diferente de muitas resenhas que andei lendo pelos blogs da vida rs.
Alguns detonaram o livro e não vou opinar sobre isso, porque como minha mãe diz: “Opinião e gosto não se discute”.
Então fico com a minha opinião, porque sou dessas!
Algumas pessoas não vão concordar com o que escrevi, mas só digo isso:





Título: A Coroa (A Seleção #5)
Autor (a): Kiera Cass
Editora: Paralela
Número de Páginas: 311



2 comentários:

  1. que bom ler uma resenha tão positiva! era o ânimo que eu precisava!!! estou tão curiosa para ler!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi muitas resenhas falando mal do livro, mas cada um com sua opinião.
      Eu amei. Sem mais!
      Bjs.

      Excluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.