Menu

14.10.16

{Dica de Leitura} Labirinto Humano




Tenho a honra de lhes indicar um livro ambientado em Poços de Caldas - MG! Cidade onde eu, Amanda e Nicoli residimos!


Autor: Flávio de Matos
Editora: Amazon Books
Sinopse: O caso Serrinha Pelada (ou Denorex) ficou famoso em meados da década de 1980, em Poços de Caldas. Para o mesmo cenário foi trazida uma tumultuada história de amor de um jovem casal gaúcho. O livro é de ficção, ainda que fatos reais tenham inspirado parte da história, mas se trata de uma criação livre do que seria o cruzamento das duas histórias. A juventude da década de 1980 não era algo muito calmo. São momentos muito intensos de uma geração que não chegou a seu final, mas escreveu sua história. Há questionamento social, dúvidas, incertezas e, claro, amores e descobertas de personagens jovens centrais. Poços de Caldas é o cenário principal da história, mas também há passagens pela mística São Thomé das Letras (também no Sul de Minas), Gramado e Canela no Rio Grande do Sul. Escrito de maneira clara e direta, também é uma história - contada sem concessões - de pessoas que amadureceram aprendendo pela experiência e superando seus erros. Causa e consequência. Mas você também não será o mesmo depois deste livro. Em uma hora e meia, ele vai te arrebatar e levar para outro mundo.


Sobre o Autor:


Quanto ao livro e sobre o autor? Melhor falar do livro. E é mais fácil dizer sobre ele para quem é de Poços de Caldas, onde ele é predominantemente ambientado. É quase uma brincadeira entre amigos e estava na gaveta há muito tempo. Conquanto seja referente a histórias do século passado, tenho ficado surpreso com a boa recepção da nova geração. O livro é de ficção, conquanto as duas histórias que cruzei e ambientei em nossa cidade, chegaram a acontecer, mas não da maneira exata que está ali. O "Caso Serrinha Pelada" (ou Denorex) causou grande repercussão em Poços de Caldas em 1984. Em verdade, foi um Deus nos acuda! O tumultuado romance do jovem casal gaúcho, fiquei conhecendo quando fui fazer um curso de Hotelaria em Canela, em 1988 (aconteceu em 1987 e o sujeito era meu colega no curso). Eu ainda era bem garoto em 1984, fazendo colégio, e mais os via na rua do que qualquer outra coisa. Mas essa história, de alguma maneira, me escolheu para contá-la. Como na história de amor houve grande discriminação por razões socioeconômicas, e o Serrinha era cheio da grana, resolvi trazer o casal para cá, e fazer um contraponto do "Fred", lutando e trabalhando duro para abrir o seu espaço, e colocando a "Camila" como uma jovem local. Fora as lembranças e tudo o que se comentou na época, estava muito difícil encontrar algo sobre o "Caso Serrinha": nos acervos de jornais as folhas estão arrancadas e quem era adulta na época, não gosta de falar sobre isso... Por "sorte", estava escrevendo a primeira versão do livro em 1989, de madrugada, e não conseguia me concentrar, e fui ao Vagão de lanches comer algo. Para minha imensa surpresa, três amigos do Serrinha estavam lá, e, adivinhem, conversando sobre o caso, e, comigo ao lado, bem quietinho e comendo sanduíche, deram a missa completa... Mas não os achei legais. Muitos anos depois, na nova versão do livro, resolvi os substituir por alguns amigos que haviam morrido jovens (na faixa de idade dos personagens). Foi uma decisão que me custou caro, porque passei a ter muitos pesadelos, à medida que escrevia o livrinho. Se tornou algo muito difícil para mim. Agora, no final, quando da publicação do e-book na Amazon, a dificuldade para revisar chegou a me dar crises de labirintite. Por outro lado, não sei por ter revisado tanto, ou pela reação receptiva que está tendo, consegui superar isso e estou "de bem" novamente com o livrinho. O livro é escrito sem concessões, sem enrolar, de maneira muito clara. É um questionamento social e uma crítica à superficialidade e à hipocrisia. É também um alerta que a vida tem consequências e cobra. É um sopro de esperança e que é necessário continuar, que a vida se renova, e que não estamos aqui por acaso. 


Atenciosamente,



Flávio de Matos Peres 



PS: o autor é um cidadão local, advogado, levando uma vida simples e normal.


Onde comprar: Amazon




1 comentários:

  1. que bom que a história esta agradando e que tem potencial de prender o leitor! fiquei animada
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.