Menu

13.10.16

{Resenha} O Segredo de Indie



Título Original: Through Indigo's Eyes
Autora: Tara Taylor e Lorna Schultz Nicholson
Editora: Butterfly
Ano: 2015
Sinopse: O segredo de Indie conta a história de uma garota aparentemente comum: ela frequenta a escola, tem um grupo de amigas, toca guitarra e é apaixonada pelo novo garoto que acabou de chegar ao colégio. Porém, ela tem algo diferente. Desde criança, Indie vê e sente coisas que ninguém mais vê ou percebe: são fantasmas e visões sobre seus amigos e sua família. Ela sabe o que vai acontecer com eles e não tem como evitar tais eventos. Lutando desesperadamente contra esse dom, o esconde de todos, com a esperança de que um dia ele desapareça. Afinal, como toda garota de sua idade, Indie tem um mundo de descobertas pela frente e quer viver exatamente como qualquer pessoa "normal". Mas será que esse é o seu caminho? Deixe-se envolver por essas páginas para desvendar os mistérios e os segredos de uma garota comum... Mas, ao mesmo tempo, muito especial.


"- Pare! - sussurrei. - Fique quieta. Não fale comigo.Você bem sabe que o que eu mais quero é ser uma garota de 17 anos como qualquer outra e que essas coisas estranhas deixem de acontecer para eu poder ficar em paz e ter um namorado." 

Eu estava ansiosa para ler esse livro, mas acho que criei muita expectativa.

Indie – Indigo – é uma jovem de 17 anos que desde a sua infância não é alguém dentro do “padrão”. Muito embora sua família seja uma típica família de retrato americano, ela é diferente.

Não é gótica, nem viciada em livros (embora tenha gosto pelos mesmos) ou medievalismo, esse tipo de diferente. Ela é capaz de ver, sentir e ouvir... Pessoas que estão mortas. Fantasmas. Para além disso, ela tem visões: sejam completas ou como quebra-cabeças. E, com esta capacidade, ela cai em um enigma de acontecimentos que envolve as pessoas ao seu redor. E tudo isso sem contar a eles.

Então, para além de seu lado “paranormal”, ela é uma adolescente de 17 anos. Insegura, sem muitos amigos, com um crush - John – que acredita ser impossível um dia ficarem juntos. Sente-se sozinha. E sua situação piora quando tem uma visão com o namorado de sua melhor amiga, a única pessoa de fora de seu círculo familiar que acredita nela.


"Porque eu não era normal? Esse era o grande problema na minha vida, não ser 'normal'."

Indie está em fase de experimentação – drogas, festas, hobbies, relacionamento – e acaba se colocando em um relacionamento abusivo. Mas como acredita que ele é seu primeiro e único amor (ah, o furor e extremismo juvenil), não percebe ou busca desculpas para aquele comportamento. Praticamente sua vida vira de cabeça para baixo e, mesmo que ela saiba que há uma luz no fim do túnel, ela a ignora.

Tudo para ela é muito intenso. É o que notamos após acompanha-la durante alguns meses de sua vida – o livro é dividido entre um certo período de meses de uma parte à outra – onde há muitas descobertas e evolução em seu caráter.

A história, no final, é explicada que é baseada na vida de uma das autoras. E então as autoras finalizam com explicações sobre os dons de Indie e as coisas que aconteciam com elas.

Vai de cada leitor acreditar que podem existir coisas assim ou não... Pode ser tanto um livro de fantasia como uma biografia...

A capa é muito bonita, a diagramação também. As folhas são agradáveis de ler.


Leitura recomendada!

"'Se você tenta morrer, acaba voltando exatamente para a situação em que está. Tem que voltar e passar por tudo isso novamente, Indie. Não há escolha. Não se pode simplesmente pular um capítulo da história. Terá que voltar e viver uma situação bem parecida, e o que é pior: sem livre-arbítrio. Escute o que estou dizendo. Ainda não é sua hora.'"



1 comentários:

  1. deve ser loucura a vida da Indie! eu fiquei curiosa!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.