Menu

30.1.17

{Resenha} Bridget Jones: no limite da razão





Autora: Helen Fielding
Editora: Paralela
Sinopse: Se em O diário de Bridget Jones leitores já se apaixonaram pela personagem despojada e carismática, o segundo volume, No limite da razão, conhecemos o seu lado ainda mais inusitado. Seja em uma prisão tailandesa ou em jantares desconfortáveis, é sempre bom saber que poderia ser pior. E que é sempre possível manter o bom humor e contar com os amigos.




Após ler O Diário de Bridget Jones e vê-la passar por maus bocados e grandes confusões para, finalmente, estabelecer uma relação estável com sua grande paixão, eu pensei que esse capítulo de "lutando por um namorado" tinha terminado. Mas... Eu não podia estar mais enganada.

Em Bridget Jones: No limite da razão, nossa trintona favorita está radiante com seu namorado Mark Darcy, vivendo o relacionamento dos sonhos que ela tanto almejava no volume anterior. Porém manter esse sonho vivo não era tão fácil como deveria ser. Em cada discussão, cada desentendimento, Bridget entra em desespero e tem a certeza de que seu relacionamento está fadado ao fracasso. Munida dos conhecimentos adquiridos em Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus e seus outros 46 livros de auto-ajuda, Bridget tenta contornar seus problemas com Darcy e sobreviver às crises do relacionamento.

Mas o maior desafio ao namoro dos sonhos ainda estava por vir. Por um acaso do destino (será mesmo?), Darcy torna-se colega de Rebecca, a última pessoa com que nossa protagonista gostaria que seu namorado tivesse contato. Com um longo histórico de falsidade, manipulação e falso requinte, Rebecca parece querer roubar a cena (e o namorado) de Jones. Estando dentro de um manequim 2 números menor, com uma conta bancária 50 vezes mais recheada e com a persuasão de um vendedor tentando bater meta, Rebecca é considerada uma concorrência desleal.

Sharon e Jude, melhores amigas de Bridget, mesmo envolvidas em suas próprias confusões, entram em ação tentando aconselhá-la nessa luta; mas quanto mais Bridget tenta fugir das armações de sua arqui-inimiga, piores ficam as coisas. O rompimento entre nosso casal preferido prova isso. Jones sente que o desfecho triste é sua culpa e, assim, seu martírio aumenta quando os boatos de que seu ex e Rebecca estão saindo juntos começam a surgir.

Tentando superar o término, resgatar Darcy e mostrar que está muito bem sem ele - tudo ao mesmo tempo, por mais estranho que pareça -, Bridget se envolve em muitas confusões. Não bastasse toda essa confusão em sua vida amorosa, a loira ainda tem que lidar com seus dramas familiares e as loucuras de seus amigos. E, nossa, vocês não vão acreditar em como isso é divertido, haha! Não de uma maneira sádica, é claro. O jeito desengonçado e atrapalhado com que nossa protagonista lida com os problemas diários acaba deixando tudo muito engraçado, por mais trágico que o final seja..

O livro todo consiste em um compilado de tropeços e recomeços hilários de Bridget. Escrito há mais de 20 anos, algumas referências são totalmente estranhas pra mim (como Colin Firth e seu filme Febre de Bola, por exemplo), mas após a metade do livro eu já tinha aprendido a ignorar esses fragmentos da história - não ia alterar a graça mesmo, então foi sem peso na consciência. E mesmo vindo de uma época diferente, os dramas vividos por todas as personagens poderiam muito bem se passar na atualidade - exceto a parte da fita cassete e do 1471 para secretária eletrônica.

Foi uma leitura muito divertida que superou minhas expectativas; após O Diário de Bridget Jones e toda aquela confusão em sua vida amorosa, pensei que no segundo volume ela tivesse aprendido alguma coisa e reaparecesse mais séria, tirando um pouco do humor da narrativa... Ledo engano, haha. Nunca imaginei que fosse me apaixonar de tal maneira por esse tipo de leitura - mais feminina, mais humorística -, mas hoje posso dizer que sou fascinada pela Bridget, do jeitinho que ela é. Não vejo a hora de ler o próximo volume - O Bebê de Bridget Jones, lançado em Novembro - e matar a curiosidade sobre como será nossa loira favorita numa versão mamãe! Enfim, cenas para um próximo capítulo... 

29 comentários:

  1. Oi, Aryanna!
    Já vi os dois filmes e os acham bem divertido.
    Tenho curiosidade de ler os livros. Adorei sua resenha e vejo que o filme é bem o estilo do livro. Bridget é mesmo muito doida! haha...
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Ai, eu já quis ler livros da Bridget Jones, parecem muito divertidos, assim como os filmes. Não sabia que eles eram "antigos" e creio que pegar as referências seria melhor ainda. Um dia ainda leio, com certeza, obrigada pela dica :D

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Eu acho Bridget Jones sensacional, pelo menos os filmes né ?! Comprei o primeiro livro e pretendo ler em breve.
    Gostei de sua resenha, me reforçou apenas que devo ler o quanto antes.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. Eu já li alguns livros da Bridget, mas não todos, quero poder fazer isso em algum momento. Gosto muito doesrilo de narrativa da autora e tenho certeza que é diversão na certa! Que bom que superou suas expectativas..
    Boas leituras :)
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  5. Oie tudo bem?
    Quando li o primeiro livro da Bridget eu amei, dei risada igual a uma louca e esperei pela continuação, quando eu consegui ler esse livro, pensa em alguém que se decepcionou? Foi eu, sla se o li num dia errado ou se fui com muita cede ao pote, só sei que não curti a leitura, mas fico feliz de saber que ele superou suas expectativas e que a sua experiencia com ele foi melhor que a minha!
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow, Nay! Fico triste com sua experiência negativa; me diverti TANTO lendo esse volume e os outros que nem consigo imaginar outra reação a não ser uma risada louca quando lembro da leitura hahaha
      Talvez um dia você possa relê-los e mudar esse sentimento de decepção, né? beijo!

      Excluir
  6. pelo filme dá pra ver que a história é bem legal e hilária, gostaria de ver na integra, pelas páginas do livro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. oie, que bacana saber que o livro foi bem divertido, e que teve essas partes de conflitos da personagem, eu já li um livro da autora e não gostei muito, mas gosto dessas obras mais femininas e quem sabe posso voltar a dar uma chance.

    ResponderExcluir
  8. Já olhei os filmes, o mais recente não e me diverti bastante com as adaptações, mas nunca parei para ler o livro, por algum motivo não bateu a curiosidade sabe? Mas sua resenha mostra que é um livro muito divertido que causa boas risadas e com certeza vale a leitura! ^^

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas já ouvi falar da autora! :) Que bom que gostaste de fazer a leitura! :) Fiquei curioso...

    Mesmo assim, não faz muito o meu tipo de livro. Mas aprecio bastante o facto de ser divertido. Compreendo que algumas referencias sejam impercetíveis..!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, sempre vejo comentários sobre o que a Bridget fica aprontando e ver suas impressões só ressaltou o quão divertido e o quão conturbada é a vida dela. Acho que é aquele tipo de livro que te faz dar risadas, e que te encanta e se faz se apaixonar. Fico feliz que esse livro tenha superado até suas expectativas e que você tenha gostado tanto. Eu não sei se eu leria, porque nunca me encantei muito com a vida e o jeito da personagem, mas é algo que eu manterei em mente!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Conhecia o livro, mas nunca tive oportunidade de lê-lo, porém sua resenha me deixou ainda mais interessada na história. Parece mesmo ser um livro engraçado e personagens atrapalhados sempre nos tiram boas risadas. Adorei a resenha e não vejo a hora de ler!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  12. Eu sou apaixonado por este livor, na verdade tudo da Bridget me encanta. Dei boas risadas com as situações que ela passa, e realmente como você disse, ela parece não ter aprendido nada com suas outras desventuras. Compartilhamos muitas opiniões sobre o livro. É uma leitura gostosa de se fazer, por ser bem leve e rápida.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu conheço a história apenas pelo filme, no entanto nunca tive vontade de ler os livros, não sei porque. Achei muito interessante todas essas referências feitas as coisas de 20 anos atrás, e ao contrário de você, acho que procuraria sobre elas, ao invés de ignorar. Adorei a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá eu quero muito ler os livros da Bridget Jones porque eles me parecem muito divertidos, assim como os filmes, que por sinal ainda não li. Um dia ainda eu irei ler, com certeza, obrigada pela dica. Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Aryanna

    Eu assisti aos dois filmes e me diverti muito, adoro a Bridget e me diverti muito com as confusões em que ela se meteu. Entretanto, não sei se leria os livros,pelo menos os dois primeiros, pois sei mais ou menos a história. O terceiro acho que leria!

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Sabe que eu não curto muito a personagem? Ok, ela é divertida, dá para rir com a história e suas trapalhadas, mas acho Bridget muito superficial e se mete em umas enrascadas desnecessárias. Estou em clima de amor e ódio com essa série, e também estou curiosa para conferir ela como mãe, quero ver no que vai dar, rs.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, Aryanna!
    Eu sou apaixonada pela Bridget dos cinemas, e sou louca para conhecer a Bridget dos livros, sou amo esse gênero de leitura, sempre é garantia de boa diversão. Quero muito me envolver com as confusões da protagonista! Hahaha
    É um livro que está na minha lista de desejados faz um bom tempo!
    Parabéns pela resenha, me deixou mais empolgada.

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  18. OIe,
    Eu assistir aos filmes, mas nunca tive contato com os livros físicos. Gostaria muito de obter e ler. As confusões em que ela se mete e as dificuldades é maravilhoso. Os filmes em si me arrancaram boas risadas.
    Beijos

    ResponderExcluir

  19. Oie, tudo bem? Sabe aquele livro que de tanto ouvir falarem você já acha que leu? Pois é, é assim com o diário de Bridget Jones kkkk eu ainda não li, mas já me sinto íntima da personagem. Embora não seja meu gênero preferido, eu adoro fazer leituras leves e engraçadas pra quebrar um pouco a rotina de suspense e terror sempre! Talvez eu assista antes de ler, de repente é uma boa pedida! Bjossss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oie
    Tudo bom?
    Eu não li esse livro, mas só você dizer que se divertiu lendo conta pontos pra mim.
    Assim que possível vou comprar e ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Ola lindona
    Eu amo essa série, já assisti tantas vezes os filmes, adoro as confusões que ela apronta e a forma como lida com tudo. Darcy é um lindo e paciente homem. As capas dessa nova edição estão lindas. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Eu li o Diário de Bridget Jones e foi bem decepcionante porque eu amo os filmes (principalmente por serem releituras dos livros da JA), não rolou pra mim. Tenho No limite da razão aqui também, sua resenha até me animou um pouquinho pra conferir se eu vou gostar da continuação. Amei a resenha!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  24. Oi Ary, tudo bem?
    Eu tenho uma prof que sempre falava de Bridget Jones, tanto dos livros como dos filmes, e por causa disso eu tinha uma certa curiosidade. Ainda não fui atrás de ler ou ver, mas lendo a resenha ou pude perceber que a obra mesmo tendo os seus clichês tem um lado engraçado e divertido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Italo, tudo bem! E com você?
      Olha, eu me surpreendi positivamente com essa série. Tinha um certo preconceito por ser um estilo não muito a minha cara... Aliás, eu não conseguia nem me imaginar lendo o coitado, haha. Mas desde o primeiro volume eu me apaixonei! É muuuuito divertido! Espero que você veja pelo menos os filmes e quebre esse gelo, haha! Abraço!

      Excluir
  25. Eu sei que filmes nunca são tão bons quando os livros, mas para mim, esse tipo de história funciona muito melhor nas telas do que na leitura. e eu acho um certo exagero a personagem passar por tanta coisa no primeiro livro e meio que não aprender nada pois passa por muitas coisas nesse que poderiam ter sido evitadas...
    Mas gostei da sua resenha, me fez repensar se de repente não seria uma boa arriscar novamente a leitura :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  26. Oláaa!!!
    Ri demais com a sua resenha menina haha as vezes os livros de mulherzinha podem nos fazer um bem danado né?
    Sempre assisti aos filmes da Bridget, mas nunca tive uma curiosidade muito a fundo de conhecer os seus livros, mas a sua resenha me aguçou viu? hahaha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  27. Olá,
    Amei sua resenha divertida!
    Confesso que ainda não li nenhum dos volumes sobre a Bridget, mas fiquei mega curiosa a partir das duas resenhas suas que acompanhei.
    Fico feliz que nesse segundo volume a personagem seja divertida, pois amo leituras assim.
    A capa é muito bonita e fico feliz que tenha gostado de fazer a leitura.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.