Menu

10.1.17

{Resenha} Último Turno


Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2016
Sinopse: Brady Hartsfield, o diabólico Assassino do Mercedes, está há cinco anos em estado vegetativo em uma clínica de traumatismo cerebral. Segundo os médicos, qualquer coisa perto de uma recuperação completa é improvável. Mas sob o olhar fixo e a imobilidade, Brady está acordado e possui agora poderes capazes de criar o caos sem que sequer precise deixar a cama de hospital.
O detetive aposentado Bill Hodges agora trabalha em uma agência de investigação com Holly Gibney, a mulher que desferiu o golpe em Brady. Quando os dois são chamados a uma cena de suicídio que tem ligação com o Massacre do City Center, logo se veem envolvidos no que pode ser o seu caso mais perigoso até então.Brady está de volta e, desta vez, não planeja se vingar apenas de seus inimigos, mas atingir toda uma cidade.Em Último Turno, Stephen King leva a trilogia a uma conclusão sublime e aterrorizante, combinando a narrativa policial de Mr. Mercedes e Achados e Perdidos com o suspense sobrenatural que é a sua marcar registrada.

Resenha:

Quero começar essa resenha comentando a dedicatória do livro (coisa que quase ninguém presta muita atenção, inclusive eu!). Geeeenteeeee, Stephen King dedicou Último Turno para Thomas Harris!!!! O criador do psicopata mais amado dos livros e do cinema, Hannibal Lecter!! (táaa, talvez o psicopata mais amado por mim, mas enfim...) Voltando ao livro...

Ahhhh! Que ingenuidade a nossa pensar que a Trilogia Bill Hodges seria apenas mais uma história de suspense policial comum, sem envolver eventos inexplicáveis e sobrenaturais dos quais Stephen King sempre faz uso em seus livros. Finalmente sua marca registrada apareceu no terceiro livro da série, que veio para fechar com chave de ouro as aventuras do psicopata Brady Hartsfield.

Senti um pouco de falta das mortes impressionantes e banhos de sangue, tão presentes nos dois primeiros livros da trilogia. Podemos dizer que Último Turno mexe mais com o lado psicológico de seus personagens (e nosso também).

No segundo livro, eventos estranhos já começaram a acontecer no hospital em que Brady estava internado, em estado semicatatônico. Torneira abrindo e fechando sozinha, foto caindo sem ninguém encostar... Qual será o segredo que Brady Hartsfield está escondendo dessa vez?

No geral, as mortes desse terceiro livro acontecem por suicídio. Então como poderíamos imaginar que Brady teria alguma coisa a ver com isso? Trancado dentro do hospital, sem acesso ao mundo externo e quase sem movimentos, não haveria como o assassino estar envolvido, certo? Mas sempre existe aquela pulguinha atrás da orelha de Bill Hodges, que investiga os suicídios por conta própria, já que a polícia não acredita que exista nada de estranho neles.

“Foi Hartsfield quem percebeu os pensamentos suicidas de Hodges e tentou dar uma mãozinha. Funcionou com Olivia Trelawney, afinal, e ele pegou gosto.”

Em todas as mortes que andavam acontecendo, havia um estranho objeto em comum nos locais: um Zappit, que era um aparelho eletrônico de joguinhos simples, um tanto quanto ultrapassado nos dias de hoje. Além disso, também havia um tipo de assinatura nas mortes, apenas a letra Z aparecendo em algum lugar próximo de onde o cadáver era encontrado.

Um dos jogos disponíveis no aparelho se chama Pescaria, onde peixes coloridos aparecem nadando na tela de demonstração, com uma musiquinha que torna tudo meio hipnotizante. Na investigação, Hodges descobre que vários desses aparelhos foram doados após o fechamento da empresa que os produzia. Inclusive o hospital em que Brady estava também recebeu algumas unidades, e ele passava horas olhando para a tal tela de demonstração do jogo de pescaria.

O médico de Brady, Dr. Babineau, escolhe esse paciente para testar uma nova droga experimental usada em casos de morte cerebral, e com isso, ele passa a ter uma melhora considerável, em relação a reflexos e movimentos, às vezes até soltando uma ou outra palavra. Em outros momentos, continuava naquele estado apático com o qual todos já haviam se acostumado.

Ao mesmo tempo, Hodges estava sentindo dores fortíssimas, e apesar de adiar seus exames, acaba descobrindo um câncer no pâncreas, já em estado um pouco avançado demais para deixar pra lá. Porém, cabeça dura que é, convence Holly que em até três dias ele resolveria o caso e se internaria para o tratamento.

Barbara (irmã de Jerome), hipnotizada pelo tal jogo, quase morre atropelada por um caminhão, se não fosse um rapaz empurrá-la mais para frente, deixando-a apenas com alguns ossos quebrados. Barbara relatou aos investigadores que ouvia uma voz em sua cabeça dizendo coisas que a deprimiam, e tentava convencê-la a se matar, mesmo que ela nunca tivesse pensado no assunto.

“Ele não consegue dizer em que está começando a acreditar: que são máquinas de suicídio.”

A trama se desenrola com essa investigação, talvez a última da carreira de Hodges, que já não tem saúde para continuar. Mas como sempre, ele conta com a ajuda de Holly e Jerome, e conseguem desvendar o mistério, que apesar de não ser a versão oficial divulgada pela polícia, foi solucionado.

No final das contas, eu esperava mais desse livro. Gostei tanto de Mr. Mercedes e Achados e Perdidos, que achei que esse fosse me impressionar ainda mais. Mas confesso que ele é o que menos gostei dos três, o que não o torna um livro ruim, de maneira alguma. Apenas faltou um pouco de sangue e ação pro meu gosto.


De qualquer forma, Stephen King conseguiu prender minha atenção do começo ao fim, atiçar minha curiosidade quanto à telecinesia e controle da mente, e manter minha ansiedade quanto ao final da trilogia. Isso fez toda a espera valer à pena. Trilogia recomendadíssima!!!



41 comentários:

  1. Olá Amanda
    Eu não conhecia esse título, mas adorei poder conferir suas impressões a respeito. Ainda mais por ser do autor, o que por si só já desperta muito o meu interesse. Achei legal essa questão da telecinesia e controle da mente, só por isso já gostaria de conferir muito.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fer!! Tem a resenha dos dois primeiros volumes da trilogia aqui no blog tb. Dá uma olhada ;) beijos!

      Excluir
  2. Oie! Tudo bem? Eu tenho um livro do tio King aqui em casa, mas ainda não o li! Nunca tinha lido uma resenha desses livros e ler a sua me deixou bem curiosa! Ainda mais por ficar sabendo agora que esses livros são parte de uma trilogia (só havia visto eles separados), vou dar uma olhadinha no seu blog para achar as resenhas dos outros dois, pois fiquei bem atiçada para ler!
    Bjss http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/01/o-par-perfeito.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nay!! Procura sim pq é bem interessante. Espero que goste!! Um beijoo!!

      Excluir
  3. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura e que o autor te prender do inicio ao fim da trilogia! :)

    Eu pretendo ler!! Quero ler algo do Stpehen King há algum tempo e parece uma boa pedida, ate porque gosto disso da telecinesia e assim..! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb sempre tive curiosidade quanto aos livros dele. Acredito q essa trilogia seja um pouco diferente do que os fãs estão acostumados. Quero ler outros dele tb! Um beijo

      Excluir
  4. a proposta é interessante, mas não me atrai em potencial, King não é um autor que figura na minha lista de favoritos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Thaila... acho uma leitura super gostosa e dinâmica. Um beijo!

      Excluir
  5. Olá! "...psicopata mais amado por mim..." ri 😂 Eu também gosto de ler as dedicatórias. Que bom que no terceiro livro o autor trouce sua marca para fechar com chave de ouro. Ainda quero ler os livros dele, vejo bons comentários. Que chato que você sentiu falta dos banhos de sangue, acho que é algo que eu não sentiria falta. Haha' A trama parece ser interessante. Mas que pena que você esperava mais. Apesar disso que bom que prender sua atenção do começo ao fim. Anotei a dica. Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Hannibal é amor <3 Senti falta do sangue pq estavam bem presentes nos primeiros livros e achei super legal!! Hehehe mas o drama psicológico desse último tb é ótimo!! Um beijo!!

      Excluir
  6. Não li muitos livros do King, mas todos que li, amei demais. Achei bem bacana esse detalhe da dedicatória. Par ao leitor que prestar a atenção nisso, já terá uma previa do que o livro aguarda.
    Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ivi! Espero que goste dessa trilogia tb!! Um beijoo!!

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Então, eu ainda não conhecia essa trilogia e confesso que ainda não li nada do Stephen King, mas quero mudar isso e já estou até com Sallen pra mim lê, não sei se é a melhor opção, mas... Adorei poder conferir a sua resenha, fiquei bem intrigada com a obra, e vou deixar anotadinho aqui pra mim lê futuramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brenna!! Eu também nunca tinha lido Stephen King até essa trilogia... Espero que goste!! hehehe um beijo!

      Excluir
  8. Oii!!
    Confesso que nunca li nada do Stephen King por ter receio do que vou encontrar kkkk. Não gosto muito de livros que tenham muitas mortes nem que envolvam espíritos. Sou medrosa, essa é a verdade kkkk. De qualquer forma, gostei da sua resenha, eu vou indicar para amigos a trilogia. Uma pena o terceiro livro não ter sido tão bom quanto os dois primeiros.Psicopatas sempre são sinistros, mas esse me parece que tinha algo de especial nele.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Criiiiis! rs
      Pra quem não gosta desse tipo de tema, dificilmente King vai agradar né? hehehhe
      No meu caso, já me atrai bastante hehehe
      Um beijo!

      Excluir
  9. Olá Amanda,
    Que pena que da trilogia esse é o livro que você menos gostou.
    Estou bem curiosa para ler esses livros e minhas expectativas estão altas, confesso. Achei interessante essa poder ser a última investigação do investigador por conta da sua saúde e gostei dessa ideia de dúvida.
    Claro que anotei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eei Bruna!! Espero que goste... Volta aqui depois e conta pra gente o que achou!! Um beijo!!

      Excluir
  10. Oi Amanda
    Eu sempre leio as dedicatórias. Inclusive é uma das minhas partes favoritas do livro.
    Gostei de conhecer esse livro. Nunca tive oportunidade de ter contato com a escrita de King, mas sei que esse cara é simplesmente genial. Adoro livros com investigação e a mistura de tantos elementos me deixaram curiosa. Espero ter oportunidade de ler, pois só pela sua resenha, já adorei.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rízia!! Então, às vezes as dedicatórias escondem alguma personalidade conhecida né? Essa, por exemplo, me surpreendeu hehehe
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, espero que gostei dos livros também!!
      Um beijo!!

      Excluir
  11. Olá!
    Estou muito animada para ler essa trilogia, amo tudo o que o King escreve, se ele escrevesse uma lista de compras, com certeza eu leria; que pena suas expectativas não serem superadas, mas adorei sua resenha e espero ler tudo o mais breve o possível.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Lari!!
      Eu ameeei a escrita do King, ameeei a trilogia...
      Só o último livro que faltou um pouquinho de sangue hehehe
      Espero que goste!!
      Um beijo!!

      Excluir
  12. Olá!
    Ainda não tive a oportunidade de ler essa trilogia. Mas adorei a resenha, e por ela pude ver que vou amar os livros. Adoro todos os assuntos que envolvem psicopatas, mortes sangrentas, etc...
    Obrigada pela indicação.

    http://feliciity-unjourdepluie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Feliciity!!
      Compartilho desse seu gosto para psicopatas e mortes sangrentas hehehe
      Espero que goste da trilogia tb!!
      Um beijo!

      Excluir
  13. Olá,
    Menina fiquei com um pouco de medo dessa trilogia hein, afinal você fala que os dois primeiros volumes apresentam várias vítimas e também banhos de sangue!
    Ainda não li nada do autor e fiquei curiosa para me aventurar nessa trilogia e achei super legal você comentar sobre a dedicatória!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eei Michele!!
      Esses foram os primeiros livros que li do autor e ameei a forma como ele escreve!
      Espero que goste também...
      Um beijo!

      Excluir
  14. Olá, Amanda! Tudo bom?
    Poxa, nem sabia que esse livro e outros citados eram uma série! Ainda bem que descobri, senão ia acabar lendo fora de ordem, rsrs.
    Nunca li nada de suspense do autor, nem de terror, então estou procurando obras que eu possa gostar muito! Pelo jeito da série só esse último livro deixou a desejar, né? Mesmo assim fiquei empolgada para conferir a série toda.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dessa!!
      Como eu disse, o livro não é ruim, só faltou um pouquinho de sangue hehehe
      Espero que goste da trilogia!!
      um beijo!

      Excluir
  15. Sou uma completa apaixonada por Stephen King, não li tudo dele "ainda", mas li a maioria, e confesso que todo me agradaram e muito. Esse, infelizmente eu ainda não li, mas tá na lista desde o lançamento do primeiro. King é meio assim, nem sempre o livro é 100% perfeito, mas quando chega no final, vale cada palavra lida.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Nelma!!
      Mesmo eu sentindo falta de uma coisinha ou outra, com certeza valeu a pena começar a ler King por essa trilogia... Espero ler mais livros dele!
      Um beijo!

      Excluir
  16. Apesar de sua decepção no que se refere a parte de ação da história, que é algo essencial para prender o leitor na leitura, King é King, e não tem como não amar cada uma de suas obras. Achei a sinopse bastante interessante e preciso ler correndo este livro, e vou fazer isso o quanto antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa!!
      Olhaa, a falta de sangue não afetou tanto assim não, o livro prende por outras características hehehe
      Espero que goste!
      Um beijo

      Excluir
  17. Oi Amanda,
    Sou bem curiosa para ler trilogia. A narrativa do King sempre chama a atenção e envolve. Entendo sua opinião, para quem já gosta de uma sequência mais sangrenta, com certeza sente um vácuo quando isso acontece. Muito legal a dedicatória. Eu sempre leio, RS.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tammy!!
      Pois ée.. Adoro um sangue kkkk Mas mesmo assim o livro é super envolvente...
      Espero que goste da trilogia!
      Um beijoo!

      Excluir
  18. Olá!
    Eu sou muito fã do King e estou louca para ler essa trilogia. Sabe o que eu não curti? A capa do terceiro livro, eu esperava uma capa mais parecida com a do primeiro e do segundo livro, pra ficar algo meio padrão (amo padrões). Eu vou comprar esse livro, o problema é que os livros do King são caros demais e não da pra eu ficar comprando assim.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Nayara...
      Sempre olho pra trilogia na minha estante e penso que as cores do Último Turno destoam dos primeiros hehehehe
      Mas enfimm... Tem um significado pra essa capa rs
      Um beijo!!

      Excluir
  19. AI MEU CORASSAUM!!!! (sic)
    Admito! Não li sua resenha porque não quero perder o elemento surpresa da trilogia!
    AAAAAAAAMOOOO King não vejo hora de chegar nesse livro!!! <3 <3 <3
    Sou uma kiguete!! huahuahuhauahua

    Juro que volto pra ler sua resenha!!! <3

    Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahha
      Olá Ana!!
      Espero que volte pra compartilhar comigo sua experiência com esse livro!!
      Um beijoo!

      Excluir
  20. Olá, tenho bastante curiosidade de conferir essa trilogia, adoro o estilo de escrita do autor e por essa ser uma temática diferente do que o mesmo costuma escrever, quero conferir.

    Adorei a resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raquel!!
      Espero que goste da trilogia tanto quanto eu...
      E eu espero que eu goste dos livros de terror do autor também... hehehe
      Um beijo!

      Excluir
  21. Oi Amanda, tudo bem?
    Eu quero muito ler essa trilogia do King(na verdade quero muito ler qualquer coisa dele, pois falam muuuito desse cara)Essa trilogia parece bem bacana, mas é uma pena que o terceiro livro decaiu um pouco. Acho as capas lindas e a terceira ter saído do padrão me chateou um pouco.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.