Menu

6.2.17

{Resenha} Coração de Tinta


Título Original: Inkheart
Trilogia: Mundo de tinta #1
Autora: Cornelia Funke
Editora: Seguinte
Sinopse: Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição.
É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado "Coração De Tinta". Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de "Coração De Tinta" um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.
“O livro que ela começara a ler estava debaixo do travesseiro. Cutucava o ouvido dela com a ponta da capa, como se quisesse chamá-la de volta para suas páginas. ‘Oh, deve ser mesmo muito confortável dormir com uma coisa dura e pontuda debaixo da cabeça’, dissera seu pai na primeira vez em que encontrara um volume sob o travesseiro dela. ‘Confesse, à noite ele sussurra histórias no seu ouvido.’ ‘Às vezes, sim!’ respondera Maggie. ‘Mas só funciona com crianças.’ Em troca, Mo lhe dera um beliscão no nariz. Mo. Meggie nunca chamara o pai de outra coisa."
Coração de tinta. 

Todas as histórias possuem um coração de tinta, repleto de sentimentos de seu personagem, em minha mais humilde opinião. Mas, em Coração de Tinta, o termo é utilizado para definir um personagem...

Desde que assisti ao filme, lá há muitos anos atrás, eu fiquei encantada com a possibilidade de que a vida pudesse sair das páginas da história que estou lendo! Mas, talvez exatamente por ter assistido ao filme, minha leitura desta obra de Cornelia Funke demorou mais do que deveria, foi quase uma bedtime story pra mim!

Mo, apelido para Mortimer Folchart, é um homem apaixonado por livros. Não possui muitas atitudes, parece ser alguém ligeiramente letárgico e acostumado a sua vidinha de restaurar livros e viajar atrás de livros raros para cuidar deles... E atrás de um em particular. Mas sua letargia pode ser entendida também como precaução, pois perdeu sua esposa de maneira suspeita, então cuida da filha de modo superprotetor.


Sua filha, Maggie, é a personalidade contrária dele. Uma menina muito ativa e atenta a tudo a seu redor e observa cada atitude do pai, analisando-a e tentando entender suas razões de fazer as coisas do jeito que as faz. Ela não se lembra de sua mãe... E também não se lembra da última vez que seu pai leu para ela antes de ir para a cama. Mas é corajosa, espoleta e não deixa o medo lhe dominar: ela sabe o que precisa fazer (mesmo que seja uma atitude impulsiva) e simplesmente o faz.

Estão em uma noite comum quando um homem com uma expressão estranha, com olhos em chamas e marcado pelo sofrimento surge no jardim da casa. Depois de vê-lo, a vida de Mo e Maggie não seria mais a mesma.

A história segue um ritmo cadenciado e tranquilo. São capítulos curtos e nomeados de acordo com seu acontecimento principal. A cada início de capítulo temos uma citação de um livro diferente, que nos dá um pequeno spoiler se você souber ler nas entrelinhas do mesmo. 
“Alguns livros devem ser degustados,
Outros são devorados,
Apenas poucos são mastigados
E digeridos totalmente.”
O livro todo é um ode à leitura. São amantes de livros vivendo uma história eletrizante, dignas de serem lidas. Mo e Maggie viajam pelo mundo (quando não é período escolar... Mas isso também não os impede, sempre podem dizer que Maggie estava com alguma doença contagiosa!) atrás de livros para ler e reformar, dar vida novamente a uma história que está quase sendo destruída. Histórias são o que os mantém vivos e é uma tradição de família.

A tia-avó de Maggie, Elinor, herdou uma biblioteca de seu pai com obras raras. E ela mesma viu nos livros a sua vida: fechou-se em um mundo recluso de história e compra livros ao mesmo tempo que respira. Não gosta de crianças, pois elas estão sempre com seus dedinhos melados de algum doce – ou mesmo de baba – que podem sujar dilacerar seus bebês de papel! Ela tem habilidades sociais quase nulas e não tem papas na língua: se não gosta da sua cara, seu desgosto fica estampado em sua expressão. Acredito que ela foi a personagem que teve uma maior evolução no decorrer de toda a história! Como seus sobrinhos, ela enfrentou todos os seus medos e soube blefar como ninguém!
“Sinto muito, Língua Encantada, não acredito em ninguém por princípio, você já deveria saber. Somos todos mentirosos quando nos convém.”
As coisas pioram quando Mo é sequestrado pelo maior vilão que se tem notícia em Coração de Tinta: Capricórnio deseja duas coisas que somente o pai de Maggie pode oferecer: um objeto e a sua habilidade de ler. Vejam só, quando Mo se põe a ler em voz alta, é como se você estivesse dentro daquele mundo que o homem está transmitindo... O cheiro, as vozes... Tudo se torna real. Então tudo vai mais além quando algo – ou alguém – é trazido para fora daquilo que é lido, simplesmente surge no mundo real. 
“- Coração de Tinta – Fenoglio esfregou as costas doloridas – Ele se chama Coração de Tinta, pois trata de alguém cujo coração é negro de tanta maldade. O título ainda me agrada.”
Capricórnio é o pior dos vilões... Sabem por que? É um vilão que pode muito bem ser real. Se adaptou muito bem em nosso mundo, construiu para si um pequeno império que está em plena expansão... E tem planos terríveis, que são colocados em prática por seu bando de seguidores nefastos que se divertem em torturar e matar. E deseja invocar um amigo que é ainda pior.

Ficamos a par também de como um autor pensa em todos os aspectos de seu personagem, esta foi uma parte que me deixou encantada, pois o modo como o lemos muitas vezes é incompleto e só seu criador o conhece em seu íntimo.

A história é completamente envolvente para os amantes de livros. Há diversos personagens que já moram em nossos corações, as quotes selecionadas pela autora nos dão vontade de procurar os livros para ler, grande parte são clássicos!

As páginas são amareladas, letras de tamanho médio e com bom espaçamento. Há ilustrações no final de cada capítulo, mostrando os personagens ou os locais onde eles estão, tudo muito bonito.


O filme, lançado em 2008, tem Brendan Frasier como Mo e Eliza Bennett como sua filha Maggie. Há muitas coisas que ficaram diferente, acho que... Não precisavam ter mudado tanto, já que coisas importantes foram modificadas para parecer mais atrativa ao público. Mas ainda assim é um bom filme, nos mostra bastante a realidade de Coração de Tinta. Acredito no entanto que Capricórnio poderia ser melhor e Basta poderia ter sido mais explorado. O romance ficou em segundo lugar, coisa que no filme foi ligeiramente explorado. A atriz principal também canta a trilha sonora utilizada no filme:

A série Mundo de tinta conta com 3 livros: 


Coração de tinta, Sangue de tinta e Morte de Tinta. Há um e-book que traz três contos que contam o que aconteceu com os personagens, chamado Mundo de Tinta e é gratuito na Amazon!
“Como Mo dissera: o ofício de escrever histórias tem algo a ver com a magia.”

32 comentários:

  1. é uma trama bem legal, eu ó vi o filme, mas tenho vontade de ler os livros
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pri!
    Nossa! Faz muito tempo que li esse livro. Lembro que gostei bastante na época, apesar do livro ser bem extenso. Não tive a oportunidade de ler os outros livros, mas quero. ^^
    O mundo do livro é muito mágico. Ter personagens em um mundo real, deixa tudo mais encantado e sombrio também. Adorei o detalhe de uma citação em cada início de capítulo, além das imagens incríveis!!!
    Não sabia que tinha uma música cantada pela atriz principal do filme. Que voz linda ela tem!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Estou surpresa com essa resenha, porque eu não sabia que havia continuações desse livro. Na verdade, eu nunca nem tinha ouvido falar nele, mas é claro que já assisti ao filme uma centena de vezes. E se o filme já é tão lindo, fico imaginando o livro que, obviamente, tem muitos outros detalhes. Sério, estou muito surpresa mesmo por saber de tantas continuações. Amei ler sua resenha!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  4. Ola
    Ha muito tempo atras eu também assisti o filme e fiquei curiosa em relação ao livro. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de conferir. Eu adorei poder ler suas impressões a respeito e fiquei realmente surpresa ao saber que se trata de uma série: que demais!!!!
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Priscila,
    Já assisti ao filme Coração de Tinta e morro de curiosidade de ler os livros, mas ainda não tive oportunidade. Gostei de saber que a obra é um ode aos fãs de livros e me sinto exatamente assim sem ter lido \o/
    Também gostei muito de saber que temos personagens que estamos acostumados a ver por aí e trechos que nos fazem sentir vontade de ler outras obras.
    Como não poderia ser diferente, termino esse comentário querendo comprar meu exemplar para ONTEM.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Como não amar muito este livro? Eu pelo menos, caí de amores já nas primeiras páginas e embora não tenha seguido com a serie, o primeiro livro ocupa um lugar de honra no meu coração.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Ah esta série de livro é muito amor né ?! Sou completamente apaixonada e me deu até vontade de ler de novo. Eu tenho os outros livros aqui mas ainda não os li, acho que preciso mesmo reler o primeiro e pegar tudo.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Eu tenho muita vontade de ler essa série, pois vi o filme é achei muito legal (apenas de não ter seguido em frente com as sequências) vi ele na 7° série e me apaixonei. Essas capas são coisas bem lindas e a leitura deve ser bem legal também. Fico feliz que tenha gostado do livro e espero ler ele em breve. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Que ótimo saber sua opinião sobre essa leitura, pois sempre pensei em fazê-la. É a primeira resenha que leio a respeito dela e, uau, não me decepcionou em nada. Acho que é o tipo de livro que encanta quem ama ler e, ao mesmo tempo, enche de curiosidade sobre como as coisas vão se resolver. Eu anotei a dica, com certeza!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie! Tudo bem?
    Eu amo demais esse livro e o filme baseado nele, e meu amor maior fica para o Dedo Empoeirado, foi uma das primeiras fantasias que li e não me arrependo, estou louca para ler a continuação deles, e te-los na minha coleção também!
    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Oi! Quanta informação nessa resenha! Em primeiro lugar, eu nem sabia que o livro tinha continuação, muito menos um filme! Isso parece ser perfeito! Além de a história ser super interessante e envolvente, a editora caprichou nessa edição, pelo que pude perceber. Dica mais que anotada. Espero ler em breve!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Interessante ver como, apesar da história ser fantástica, o vilão pode ser real.
    De fato parece uma narrativa muito atraente para fãs de livros e com muitos ensinamentos, mas ainda faltou algo para me convencer a fazer essa leitura.
    Talvez um dia :D



    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso TOP COMENTARISTA valendo um livro JANTAR SECRETO do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  13. Ahhhhhh socorro, eu já queria muito ler esse livro, depois de ler sua resenha agora quero ainda mais, imagine quão fantástico é trazer personagens a vida só em llê-los em voz alta, mas imagino o quaão problemático seja também kkk adorei!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia nem os livros e nem o filme e fiquei encantada. Ë tão bom ser surpreendida com uma resenha diferente e com livros que não estão entre os circuitos comerciais. Achei bem interessante e fiquei curiosa. Vou já procurar o filme pra assistir a noite!
    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Já tinha assistido o filme e tenho muita curiosidade de ler o livro.
    Apesar de ter achado o filme até legal, pela sua resenha eu tenho certeza de que o livro é bem melhor. Adorei saber que há citações de outros livros, é uma ótima oportunidade de conhecer outros títulos que ainda não li.
    Gostei muito da resenha, me deixou ainda mais curiosa para ler este livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Eu amo o filme, e amo também este livro.
    Realmente os personagens são cativantes e encantam o leitor, ao ponto de nos apegarmos a cada um, pelas características diferentes que cada um traz. Sua resenha me deixou ainda mais encantado pela obra, vocÊ trouxe detalhes que eu mesmo não me atentei durante a leitura, obrigado.

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Só via adaptação desse livro e acho que por não ter me animado tanto, por isso nem me interessei em ler. Mas eu vi uma época em que não estava muito voltada para a leitura e nem sabia o quanto um filme poder mudar em relação ao livro.
    Sua resenha e animou a conferir a versão em livro, vou dá uma buscada neles, e por ser uma ode a leitura já fico bem mais feliz, acredito que dá para conhecer mais da literatura atreves dele.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Confesso que só conhecia a história por causa do filme, que eu já assisti várias vezes e adorei. Esse estilo de narrativa com capítulos pequenos me chama muito a atenção porque acho que deixa uma história muito mais fluída.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oi, eu ainda não li e nem vi o filme, mas gostei dessa ideia. Realmente para quem gosta de ler é impossível não imaginar o quão incrível seria ter esse mundo assim dessa forma. Mas como você mesma falou, eu acho que o livro seria um pouco arrastado para mim e por um milagre do universo dessa vez me sinto tentada a ver o filme do que lê-lo. De qualquer forma, sei que nesse momento essa não é uma história que iria me cativar e me fazer ler sem parar, por isso deixarei mais para frente. Mas preciso dizer que sua resenha está incrível e que me chamou a atenção para história.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  20. Olá
    Quando assisti esse filme fiquei maravilhada, ate por que era onça e sempre curtir ima ótima fantasia.Fiquei surpresa ao saber que tem mais livros, sabia que tinha um, mas não sabia dos outros.Narrativa com capítulos pequenos me agrada. Acho que para mim a leitura também seria um pouco arrastada, mas mesmo assim ainda tenho uma grande curiosidade referente a esse livro. Amei a resenha, beijos !

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?
    Nunca vi o filme, mas, tenho esse livro parado em minhas estante já faz uns bons cinco anos! Uma vergonha, eu sei, ainda mais após ler sua resenha e ver a maravilhosa história que estou perdendo. Curti saber que os capítulos não são muito extensos e que estes são nomeados de acordo com seu acontecimento principal. Fiquei muito curiosa com esse livro, principalmente com o vilão capricórnio, que já aprendeu a viver em nosso mundo e se assemelha muito ao real. Amei a resenha!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  22. Olá,

    Já vi o filme, mas tenho uma curiosidade imensa por esse livro. Achei incrível a premissa da história e principalmente o fato de dar vida a tudo que escreve, é realmente grandioso. Gostei muito de ler suas considerações, pois me empulsionaram a ler logo essa obra.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  23. Oi!

    Gente, que capa mais maravilhosa! Adorei.
    Eu já tinha ouvido falar, mas só do filme, faz muito tempo que não vejo o livro andando por ai. Adorei ver sua resenha, realmente me deu vontade de lê-lo, me parece ser mesmo muito envolvente. :D Parbaéns pela resenha. :D

    beijos!

    ResponderExcluir
  24. Oi Priscila,
    Adorei a resenha. Mas já li esse livro a muito tempo atrás. E também gostei dele, pois parecia uma história incrível, com um enredo encantador. Já assisti o filme, e também gostei. Acho que foram bem fieis ao livro (em certos pontos).

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  25. Oie
    Li esse livro há muitos anos atras e gostei mas não o suficiente para continuar a ler a trilogia, quero muito poder ver o filme e pois falam bem

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Que pena que a leitura foi um pouco demorada para você. Eu conheço o livro, mas nunca o li ou assisti ao filme.
    Essa ideia de ter coisas saindo das histórias é interessante e acho que me interessaria antigamente, mas hoje em dia não é algo que eu leria, pois tenho certeza que não me identificaria com a trama.

    Beijo

    ResponderExcluir
  27. oi, bacana que você gostou do livro, mas realmente uma pena mudarem tanta coisa do livro para o filme. Gostei de conhecer esse enredo, apesar de parecer bastante fantasioso, o que poderia me incomodar um pouco, mas espero ainda um dia ler.

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?

    Já ouvi muito sobre esse livro mas ainda não tive oportunidade de ler, não sabia que tinha filme! terei que ler em breve então!

    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oiee Priscila ^^
    Nossa, eu ainda lembro quando a minha irmã tinha colado a capa do DVD na parede, e sempre que eu entrava no quarto, dava de cara com ela...haha' sempre tive curiosidade de saber sobre o que se tratava, mas sempre me esquecia de pesquisar sobre *-* já anotei os três livros da trilogia aqui, e, como eu estou querendo fugir da minha zona de conforto, pretendo lê-los em breve :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Sabia que já tinha ouvido falar sobre esse título em algum lugar (hahaha). Não sabia que tinha o livro Coração de Tinta, achei que era só o filme. Eu nunca assisti, só ouvi falar mesmo. A história me chama bastante atenção e parece ser bem envolvente e diferente, fora que aventuras com amantes de livros, deve ser maravilhoso, né? Vou procurar pelo livro e tentar ver o filme.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Eu sou louca para ler essa série mesmo quando não sabia quase nada sobre ela (nem mesmo ver o filme), foi amor à primeira vista com essa capa. Não tem como não gostar de um livro sobre livros, adorei sua resenha, ela me lembrou de colocar na minha lista de compras, de 2017 não passa! :D
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  32. Oi, tudo bem?
    Eu lembro de ter visto o filme faz alguns anos e gostado muito, porque é tudo bem mágico, né? Mas por conta disso acabei não dando muita atencao para o livro, visto que já conhecia a história. No entanto, lendo sua resenha fiquei com vontade de ler o livro, pois já esqueci dá história do filme e creio que vou adorar o livro.

    Beijos :*

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.