Menu

11.3.17

{O menino que vê filmes} Logan


Direção: James Mangold
Elenco: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen, Stephen Merchant, Boyd Holbrook, Richard E. Grant, Elise Neil
Sinopse: No futuro, quase todos os mutantes da terra foram erradicados por forças governamentais. Os poucos que restaram vivem na marginalidade, como é o caso de James Logan, outrora conhecido pelo codinome Wolverine, agora um mutante com seus poderes enfraquecidos e cujos dias se resumem a trabalhar como motorista a fim de conseguir um salvo conduto para si e seu amigo Charles Xavier, a mente mais poderosa do mundo, que agora sofre com a degeneração de seu cérebro.
Porém, a descoberta de uma pequena mutante em fuga mudará os planos de Logan e outra vez despertará toda a selvageria de Wolverine.

ATENÇÃO: Alerta de Spoilers! Se você ainda não assistiu ao filme, prossiga por sua conta e risco!

Resenha

Oi gente! A resenha de hoje é sobre um dos grandes lançamentos desse ano de 2017 (que pra mim já saiu na frente dos outros): Logan! Como assim você ainda não assistiu?


A primeira pergunta que me fiz logo nos primeiros minutos do filme foi: ONDE DIABOS ESTAVA ESSE WOLVERINE? Sério Fox, Por que demoraram tanto pra retratar o personagem a contento? Digo isso porque sempre acreditei no potencial de Hugh Jackman para o personagem! O cara tem talento, tem o fisique Du role... Mas de alguma forma o baixinho mais invocado do universo mutante SEMPRE parecia sair devendo alguma coisa de seus filmes... O ápice dessa sensação veio com o segundo solo dedicado ao personagem, Wolverine Imortal, que só não foi um fracasso completo graças à atuação do australiano. Acho que desta vez decidiram finalmente fazer um filme sobre mutantes voltados para o público adulto, que a bem da verdade compõe a grande maioria dos fãs dos X-Men, mais particularmente do Wolverine. 


De qualquer forma, o resultado foi um espetacular drama de ação envolvendo Hugh Jackman e Patrick Stewart, já veteranos na franquia, e a sensacional estreante Dafne Keen, na pele da mutante X-23.


Por fim, não posso negar o grande alívio que senti ao final do filme sabendo que minhas expectativas não foram em vão. Afinal, assim como muitos cinéfilos e fãs de HQ’s por aí, eu sofro de SES - Síndrome de Esquadrão Suicida – que deveria ter levado Oscar de melhor trailer e melhor divulgação, porque o filme em si foi uma bela de uma decepção...

O mutante envelhecido

O filme retrata a decadência de um mutante que nunca fez muita questão de ser herói. Resumidamente falando, Logan é um mutante com poderosíssimo fator de regeneração celular, propriedade esta que o transformou em alvo de um ambicioso projeto militar (Arma X), que injetou Adamantium (metal praticamente indestrutível) em seus ossos, transformando-o em uma poderosa máquina de matar.

Ocorre que, com o passar de várias décadas, o metal começou a envenenar o sangue de Logan, reduzindo seu fator de cura, tudo isso sem contar com sua mente perturbada, uma vez que o mutante vaga pela terra há centenas de anos, sem conhecer muito bem sua origem.

Nessa versão do futuro (quem acompanha o universo das HQ’s sabe que há várias outras versões de futuro para os mesmos personagens), Logan é um dos poucos mutantes que restaram na Terra e tem como missão cuidar do telepata Charles Xavier, que sofre de degeneração mental, o que faz com a ajuda de Caliban, um antigo mutante farejador de outros da sua espécie.

O filme faz uma clara referência à saga dos quadrinhos intitulada Velho Logan (2008).

X-23

Os planos de Logan acabam se cruzando com uma pequena mutante em fuga, conhecida como Laura (X-23), cujo poder e fúria muito remetem a ele próprio.

Laura é fruto de um experimento baseado no material genético do próprio Logan. Passou sua vida na companhia de outras crianças que, como ela, foram geradas à partir do DNA de outros mutantes. 


A garota escapa com seus companheiros durante uma rebelião no laboratório e agora precisa se reencontrar com os mesmos a fim de chegar a um local denominado Eden, que seria um último refúgio dos mutantes na Terra.


Destaco aqui a brilhante atuação da pequena atriz Dafne Keen, que incorporou com perfeição toda a selvageria do personagem designado para ela, em perfeita harmonia com Hugh Jackman.

Os Carniceiros

Como acontece em todo laboratório a serviço do mal que se preze, o Dr. Zender Rice, criador da X-23, conta com uma equipe de mercenários denominados Carniceiros. Tratam-se de homens mecanicamente melhorados, chefiados por Donald Pierce.

A mente atormentada do Professor Xavier

Outrora a mente mais poderosa do planeta e mentor dos X-Men, o Professor Charles Xavier é agora um frágil nonagenário com sérios problemas de degeneração cerebral. 


Xavier sofre de convulsões que são capazes de suspender a animação dos humanos ao seu redor, causando genocídio caso não sejam controladas a tempo.

Caliban - O farejador 
Para tanto, o Professor depende dos cuidados de Logan e Caliban, outro velho mutante. 

Destaque também para a atuação impecável de Patrick Stewart na pele do Professor X. Houve uma clara reformulação do personagem para este longa, já que o cavalheiresco e intelectual telepata líder dos X-Men dá lugar aqui ao típico paciente com problemas mentais, por vezes praguejando ou se recusando a tomar seus remédios.

Trilha Sonora

A trilha sonora de Logan tem várias músicas bacanas, cujos vídeos podem ser conferidos aqui.

Só vou dar destaque mesmo à belíssima Hurt, canção da banda Nine Inch Nails que acabou imortalizada numa versão do meu saudoso Johnny Cash. A música tem tudo a ver com o filme, uma vez que é carregada de melancolia e traz em si um forte tom de despedida do cantor, coincidindo com o fato de que também Hugh Jackman está se despedindo do personagem, tendo interpretado Wolverine pela última vez neste Logan.

Johnny Cash 
Da mesma forma, não posso deixar de lembrar que o personagem foi dublado pela última vez pelo dublador e ator brasileiro Isaac Bardavid, que por 17 anos emprestou sua poderosa voz ao mutante em terras tupiniquins, tanto nas animações para a TV quanto nas telonas. Obrigado, Isaac!

Isaac Bardavid e Hugh Jackman 

Conclusão

Pra finalizar, queria reafirmar mais uma vez a grata satisfação que foi ver pela primeira (e última) vez o meu personagem favorito dos X-Men ser transposto para o cinema com tamanha fidelidade. Muito disso se deve ao próprio Hugh Jackman, que revelou em entrevista no programa The Noite que boa parte da caracterização teria sido ideia dele próprio.

Há especulações sobre um possível retorno do Wolverine na pele de outros atores, em outros universos, já que isso é algo comum no mundo dos quadrinhos, conforme já comentamos acima.
Fica aí a expectativa, pois várias pontas foram deixadas soltas de propósito, o que enseja prováveis continuações.

Até a próxima, gente!

25 comentários:

  1. Olá,
    acho que a pior parte é essa. Saber que o ícone dos XMen tem seu "fim", uma pena mesmo. Gosto muito de XMen desde criança e achei que este dia nunca ia chegar rsrsrs.
    Estou curiosa pelo filme e adorei suas considerações, devo assistir em breve.
    Abraço.
    Sorteio do Livro Louco por Você

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Adorei especialmente como a direção deixou de lado grandes efeitos e focou no drama pessoal de cada personagem ��

      Excluir
  2. o legal do filme é mostrar o que acontece depois, é dar uma continuidade ao personagem, ao mutante Logan, mostrar a vulnerabilidade dele
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lucas.... que resenha bem detalhada.... nunca gostei de Wolverine, mas essa versão dele me deixou encantada.. ... ainda mais com a filhinha dele que eh uma parada! Sim, realmente demorou pra fox lançar um Logan tão puro.... eu amei! Ótima indicação.... abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabi! Feliz que tenha gostado! Seja sempre bem vinda! 😘

      Excluir
  4. Oie, tudo bom?
    Eu ainda não assisti, então confesso que não pude ler as resenhas para não estragar a graça do filme para mim. Quero muito ver o desfecho de um dos meus mutantes favoritos 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garanto que não vai se arrepender Jéssica! 😘

      Excluir
  5. Olá!
    Eu não sou fã desse universo, pra falar a verdade. Não conheço nada sobre os heróis e na maioria das vezes fico boiando nas conversas dos amigos.
    Apesar de não conhecer a história de Wolverine, me interessei pelo filme, pois parece um mundo distópico onde até crianças viram experimentos.

    Beijos, Lara.
    Psiu, Vem Ler!

    ResponderExcluir
  6. Oie! Tudo bem?

    Li bem por cima sua resenha pois quero assistir ao filme, não conheço as histórias aprofundadas nos HQ, só dos filmes mesmo! Mas de qualquer forma todas as criticas que li sobre por enquanto foram positivas! Espero gostar do filme quando o assistir!

    BJss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nay! Na real nem precisa conhecer muito do universo não, dá pra se emocionar bastante! Bjos!

      Excluir
  7. Li só metadinha pra não pegar spoiler, vou ver o filme hoje a noite! Hahahah só vejo comentários positivos sobre o filme, e como ele foi impactante aos telespectadores e deu o devido merecimento que Logan merecia, já estava na hora, nao?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Tenho certeza de que vai gostar Dayhara! Bjos

      Excluir
  8. Oiii
    Li meio por cima para não ver os spoilers! hahaha
    Eu sou fã do Wolverine, mas não assisti aos filmes dele, só as participações e x-men. Ainda vou tirar um final de semana para colocar todos em dia!

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Carol! Wolverine é meu favorito também 😎

      Excluir
  9. Olá!
    Adorei poder conferir a sua opinião! Eu estou querendo ir conferir o filme no cinema mas ainda não tive a oportunidade, então não estou querendo pegar spoilers, mas mal posso esperar para ver o porque todo mundo está falando tanto desse filme.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    Eu não conhecia este filme mas ainda bem que gostaste tanto de assistir. EU gostei de acompanhar com as fotos também.

    Que bom que o personagem esta tao bem passado para filme, com tamanha fidelidade! E sempre fantástico! :P

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Oie
    esse ano o cinema está rrasando cheio de filmes que quero ver mas infelizmente esse não está na lista haha eu veria mais pelos emus amigos mas não é um filme que veria por vontade própria apesar dos mil elogios

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus, Lucas...
    Lendo a sua resenha aqui tive vontade de pegar minhas bolsa e correr pro shopping para assistir esse filme.
    Sou apaixonada pelos X-Men, mas confesso que me senti meio desanimada com os ultimos filmes e por conta disso não me interessei em assistir Logan de imediato, mas que erro o meu!!!!!!!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Já ouvi falar muito desse filme e ele está no cinema aqui na minha cidade, quero ver se vou assistir pois adorei ver sua opinião e saber que ele agrada mesmo. Adorei!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu fui no cinema assistir Logan, pouco depois da estréia e eu não tinha tantas expectativas, admito, mas eu amei a história, o drama, a ação, tudo. Achei o filme incrível e me emocionei muito no final de tudo. Valeu muito a pena ter ido, foi um filme que entrou para a lista dos meus preferidos.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Não fui ver o filme ainda, mas tenho ouvido falar muito bem dele, realmente por essa fidelidade tratada com o personagem vindo dos quadrinhos, que é dificil acontecer. Apesar de não gostar muito de herois, a historia deste me chama atenção por ele partir mais para o lado anti-heroi, o que me deixa bem curioso. Vou seguir a dica.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.