Menu

2.3.17

{Resenha} Escândalos na Primavera




Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Sinopse: Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braçaisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa. Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift. Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado? Fechando com chave de ouro a série As Quatro Estações do Amor, Escândalos Na Primavera é um presente para os leitores de Lisa Kleypas, que podem ter certeza de uma coisa: embora as estações do ano sempre terminem, a amizade desse quarteto de amigas é eterna.

Após três anos do encontro de Annabelle, Lilian, Evie e Daisy, onde elas fizeram um pacto de arranjar maridos um para outra, finalmente chegou a vez da mais nova encontrar seu destino em Escândalos na Primavera.

Daisy Bowman está na Inglaterra há bastante tempo e até agora não se interessou por nenhum homem para futuro marido. Sempre sonhadora, ela quer se casar por amor com um homem que combine com ela. Mas essa tarefa parece ser impossível. Até receber um ultimato de seu pai Thomas Bowman: ela casa com algum pretendente aceitável com sua condição social até o fim de maio ou ele a forçará a casar com Matthew Swift.


Daisy conhece Matthew há anos, sempre frequentou sua casa nos EUA. Ela o detesta. Sempre foi muito parecido com seu pai, ambos são gananciosos e frios. Matthew não parece ter um coração batendo do lado esquerdo do peito. Ele é a última pessoa com quem ela quer se casar. Então decide pedir ajuda de suas amigas para encontrar um homem, qualquer um que possa lhe fazer minimamente feliz.

Matthew Swift vem dos EUA e não faz ideia dos planos de Thomas Bowman para ele e Daisy. Sua chegada à propriedade do conde Westcliff, que é marido de Lilian, em Stony Cross Park, já é regada a um embate verbal com Daisy. Ela o acusa de saber sobre o casamento dos dois por parte do pai dela. Então, para contrariá-la, ele não diz se deseja negar o pedido. A partir daí alguns conflitos são inevitáveis a acontecer.

A capa está no mesmo padrão que as outras da série e está linda! Não consigo decidir qual a mais bonita. Mas infelizmente, nessa edição encontrei alguns erros. Sejam falas e narrações misturadas como, por exemplo, espaçamento de palavras errados. Para mim isso incomoda, sou um pouco chatinha com isso.  Não sei como a Editora Arqueiro que é maravilhosa e conceituada no mercado, não percebeu esses erros bobos. A narração é em terceira pessoa com foco em Daisy e Matthew, mas sem nunca esquecer os outros personagens maravilhosos dessa série.


Matthew Swift, com um passado obscuro, sabia que não poderia se dar ao luxo de se aproximar daquela que era o seu amor. O medo de ser descoberto sempre o rondou e não poderia colocar Daisy em risco. Quem diria que por baixo daquela fachada pragmática e ambiciosa, existia um homem tão bom e amoroso.

Daisy Bowman é uma figura. Muito avoada e sonhadora, ela conquista os leitores por seu jeito de dizer o que se passa em sua cabeça, ela não tem muito filtro. Rsrs... Ela ainda é uma leitora voraz, adora livros de romance, mas também gosta quando o livro tem aquele toque de reviravolta. Muito criteriosa, ela espera o seu “feliz para sempre” e só quer se casar com o homem certo. Isso é o que deixa as peripécias dela no livro bem divertidas.

O romance entre Matthew e Daisy é muito fofo e cheio de pequenas intrigas. Fiquei encantada ao descobrir que Matthew era apaixonado pela Daisy desde que a viu pela primeira vez há uns sete anos. Ele sempre foi tão ambicioso e frio e nunca deu nenhuma demonstração de seus sentimentos. Ela nunca imaginou que poderia bater um coração ali. Lindo de ver como só o amor de Daisy poderia trazer vida ao coração duro de Matthew.


Escândalos na Primavera não foi meu romance preferido da série, mas não deixa de ser menos maravilhoso. A escrita da Lisa Kleypas continua muito leve e fluida, me deixando sempre apaixonada por suas histórias. Também gostei do fato dela ter abordado de maneira mais direta em uma determinada cena o fato das mulheres que não fazem parte da aristocracia serem tratadas como meros objetos. Mas claro que nossos personagens favoritos estão ali sempre para contradizer esses argumentos inválidos e retrógrados.

É de dar nos nervosos também como os homens naquela época visavam o casamento como um mero comércio. As mulheres eram muito mal tratadas, sendo apenas um objeto de decoração e procriação de herdeiros. Deveria ter no mínimo um filho homem para que a linguagem fosse repassada com orgulho. Não me admira que Daisy tenha se rebelado contra o pai.

Ah! Um fato curioso, que eu tenho quase certeza já ter lido em algum lugar antes, é que não era de bom tom as mulheres exibirem sua gravidez, mesmo que estivessem todas cobertas. Elas ficavam isoladas quando a barriga começava a apontar e não podia mais ser disfarçada. Poucas eram as interações com as pessoas.

Aqui me despeço dessas quatros Flores Secas. Porém... Ainda temos um bônus maravilhoso! A autora Lisa Kleypas escreveu um conto de natal voltado para o irmão da Lilian e Daisy, o Rafe Bowman. A Editora Arqueiro pretende ainda publicar essa história nesse ano. Então vai ser o último gostinho da série. Estou louca para fazer essa leitura. <3


19 comentários:

  1. Daisy é uma querida! adorei a história de amor dela e claro que me diverti muito com a leitura!
    Lisa Kleypas ja deixa saudade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Li apenas o primeiro livro desta serie e apesar de muitas pessoas falarem que foi um livor fraco, eu gostei muito e pretendo seguir com a serie. Que bom que é encerrada de forma brilhante, isso só me deixa ainda mais empolgada em conferir todas as histórias.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!! :)

    Eu ja conhecia este livro e ainda bem que gostaste de fazer a leitura. A autora e a coleção esta muito conhecida mesmo!

    Mas não lerei, por não gostar de romances de época, de momento. Mas não sabia isso das gravidas, nem mesmo do conto extra..! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  4. Oie! Tudo bem?

    Já perdi as contas de quantas resenhas já comentei sobre essa série de livros, amo as capas das obras dessa autora, mas ainda não encontrei uma que realmente me chamasse a atenção para realizar a leitura, mas fico feliz que tenha gostado e sim sobre as gravidas eu sabia, meio estranho isso, mas em alguns livros notamos isso sutilmente!

    BJss

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bem? Eu amooo romances de época, mas ainda não consegui ler nada dessa autora, infelizmente, pois sempre leio comentários elogiosos sobre sua escrita. As Quatro Estações do Amor é uma série que quero iniciar ainda esse ano, espero conseguir :D Sua resenha ficou ótima!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bom?
    Sou apaixonada por essa série e,ao contrário do que foi para você, este livro se tornou o meu favorito da série! Acho que fiquei tão empolgada com a história que não reparei esses erros que você falou... mas acontece né?
    Enfim! Ainda que isso tenha te incomodado um pouco, fico feliz que tenha gostado do livro! Tenho um carinho muito grande por essa série <3 Mal posso esperar pelo conto de natal! Queria que fosse lançado em livro físico rs
    Ótima resenha, super bem escrita!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Realmente antigamente as coisas eram bem diferentes, mais rígidas, e os pais controlavam mais a vida dos filhos, inclusive a vid amorosa. O Romance de Matthew e Daisy é muito lindo e surpreende pelo o que você descreveu. Este livro parece nos envolver a cada página, parece uma leitura leve e maravilhosa, gostei bastante da resenha, com certeza quero ler esse livro, bjs.

    ResponderExcluir
  8. Oii
    Já ouvi falar muito bem tanto do livro quanto da autora. Literatura de época está super me foco atualmente e eu tenho vergonha de dizer que ainda não li nada do gênero, rs. Este livro parece retratar bem a realidade da época,e então já gostei. Alguns que ainda vendo resenhas por ai parecer fugir muito da realidade da época em que se passam.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Sempre ouço elogios para esses livros, mas ainda não tive oportunidade de lê-los, infelizmente.
    Gostei de conhecer suas impressões e fiquei ainda mais curiosa para ler, mesmo não tendo sido o melhor da série. Entendo seu nervoso com relação ao casamento ser apenas um comércio e me sinto muito mal por isso também.
    Dica anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Crislane, como está?
    Não é a primeira resenha elogiosa que vejo para esse livro e a série no geral e com certeza não será a última, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Como eu não sou ainda muito chegada em romance de época embora já tenha lido dois, da mesma autora, por enquanto a leitura não vai rolar, mas quem sabe futuramente.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Crislane!
    Acabei de ler esse livro, e confesso que a minha opinião sobre ele não foi diferente dos outros da série: AMEI!!!
    Pensei que não ia gostar da narrativa da Lisa, mas ela é muito divertida, e a leitura flui tão rápido que pensou que não o livro termina!
    Eu amo os mocinhos que ela cria, e a devoção que ele tem com as suas esposas, sem contar a amizade dessas quatro, que é linda demais!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, Cris

    Eu li apenas o primeiro volume da quadrilogia, e infelizmente não foi uma leitura tão boa. Annabelle me irritou profundamente. Mas cedo ou tarde darei continuidade e lerei os outros, e como curti as irmãs Bowman acredito que o livro de ambas me agradará. Como não se identificar com Daisy e seu amor pelos livros, não é mesmo? Que pena que vc achou esses erros, erros de diagramação não costumam de irritar, só erros de ortografia e coesão, por exemplo.


    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oiee...
    1º Esse blog é um mimo. <3
    Confesso que não sou muito de romances de época, todavia sua dissertação está digna da minha curiosidade ser instigada. Parabéns!! E com toda certeza eu já anotei a minha lista de próximas leituras.
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  14. Oi!

    Gosto muito da autora, mas ainda não li essa série dela. Acho a plot bem legal e amo romances históricos, minha amiga leu e ela amou essa, achou o favorito. Haha. E sim!! Os homens naquela época só pensavam nos negócios, no dinheiro, no título, triste. Adorei a sua resenha, bem sincera. Eu espero poder ler a série ainda esse ano.

    beijos :)

    ResponderExcluir
  15. Todos os livros são lindos.
    Daisy me pareceu um pouco ingênua, porém, ao mesmo tempo, sem papas na língua.
    E me pareceu estar a frente de sua época, ao querer se casar com alguém que ela queira, e não com quem sua família quer.
    Gostei bastante dessa iniciativa dela.

    ResponderExcluir
  16. Apesar de estar adorando ler romances de época, essa é uma série de livros que eu não tenho muito interesse. Não sei o que é, mas tem algo que me faz afastar dos livros.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  17. Oiee, tudo bem?? Acabei de fazer essa leitura e apesar de também não ter sido o meu livro preferido da série, achei que a autora conseguiu fazer um bom fechamento sim! Inclusive eu tô de coração apertado e querendo uma edição extra hahahahha. Também reparei alguns errinhos como você falou e estranhei porque NUNCA vi nada assim em livros da Arqueiro, embora não tenham atrapalhado a leitura. Bjosss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Eu já ouvi falar dessa série e acho que li a resenha do primeiro livro foi até aqui no seu blog, se não me engano. Eu fiquei doida pra ler esse livro, porque eu achei muito interessante essa questão das estações no nome dos livros. Muito bom saber que esse último livro, mesmo não sendo o seu preferido, também é maravilhoso, o que quer dizer que a série vale bastante a pena ser lida. Já estava na minha lista, então agora é aguardar a oportunidade para ler hahaha
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  19. Oie!!
    Ahhh que livro mais lindo!!
    Eu amo livros de época e essa capa simplesmente me conquistou de um modo que vc nao tem ideia!
    Serio que ele não é o seu preferido? Mas isso é normal em uma série né? O que importa é autora fechá-la com sabedoria. <3

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.