Menu

16.3.17

{Resenha} O Bebê de Bridget Jones




Autora: Helen Fielding
Editora: Paralela
Sinopse: Depois de muita pressão dos amigos e familiares (e do seu próprio relógio biológico), Bridget está grávida! Como não poderia deixar de ser, esse não era exatamente o seu plano. Agora, ela vai ter que enfrentar os mil conselhos das amigas solteiras (e frequentemente bêbadas), assim como os de mães esnobes e cheias de regras. E, entre aulas de maternidade, toques de romantismo, batatas gratinadas, ondas de hormônios e muita felicidade, ainda vai precisar encontrar a resposta para a pergunta que todos parecem fazer: “Quem é o pai?”

Depois da minha maratona Bridget Jones - li os livros e revi os filmes nos últimos 2 meses -, era inevitável não desejar avidamente pelo próprio volume, O Bebê de Bridget Jones, que dá (ou não) fim à série da nossa loira atrapalhada favorita.

Sinceramente, após a loucura que foi o volume passado, eu, sinceramente, já não sabia o que esperar. Pra começo de conversa, Bridget termina o livro anterior noiva e, abracadabra, começa O Bebê de Bridget Jones solteira. Bem, eu não sabia o que esperar mas... por essa, eu não esperava MESMO. Gente, essa mulher tem sérios problemas com relacionamentos! Chega aqui que eu vou explicar melhor.

Bem, na noite de casamento com Mark Darcy, o homem de seus sonhos, Bridget bebe todas e acaba caindo na conversa de um ex-affair, Daniel Cleaver. Fazendo uma breve retrospectiva da participação de Daniel na trama, é suficiente dizer que ele era chefe da nossa protagonista no primeiro volume, fez Jones achar que estavam namorando e, enquanto isso, saia com outras - o que rendeu boas risadas por mais trágico que fosse.

Daniel deixou de ser relevante logo no primeiro livro e suas aparições no resto da série foram irrelevantes. Agora, ele reaparece dizendo estar arrependido por tudo que fez com Bridget e com as outras mulheres que enganou, triste por não ser considerado uma pessoa confiável, bla-bla-bla. Nos fim das contas, acaba agarrando Bridget, Mark chega no exato momento em que isso acontece e acaba interpretando mal a cena. 

Como vocês podem suspeitar, é aí que o sonho de fadas começa a ruir. Mark desconfiado, Bridget sem saber explicar-se, a distância cada dia aumentando entre os dois até que, finalmente, temos o divórcio. Anos após um luto desgraçado pelo fim de um relacionamento que tinha tudo para dar certo, Bridget reencontra seu ex-amor e uma recaída não demora muito a acontecer. Entretanto, reatar não seria tão fácil assim - Darcy não havia esquecido os motivos que o levaram à vida de solteiro. 

No outro lado de Londres, longe de todo o drama Bridget-Darcy, Daniel Cleaver supera o fundo do poço e lança sua carreira como estrela de TV e romancista. Bridget, por acaso, encontra-o num simpósio literário. A surpresa de Bridget em vê-lo requintado e renovado acaba superando o asco natural que nossa protagonista associa à sua figura. E aí, queridos, temos a segunda recaída amorosa do livro. 

Apesar das recaídas, nada reergueu-se. As relações afetuosas com Mark e Daniel já estavam desgastadas ou eram inviáveis - vide o histórico mulherengo do segundo rapaz. Jones tenta seguir em frente, esquecê-los e enterrar esses amores fracassados de uma vez por todas. Mas a vida não poderia facilitar para ela, não é mesmo? Enjoos, vômitos, ciclo irregular. Uma suspeita. Um exame no banheiro de casa. A confirmação. 
"Você está...""... meio que grávida", concluiu Tom. "In-crí-vel", falou Miranda. Não dava para acreditar. Meus amigos continuavam conversando, mas eu já não escutava com muita clareza: "Mas ela continua bebendo e fumando." "Ai, meu Deus, é verdade... Deve ter matado o bebê." "Já era." "Ela não sabe nem quem é o pai." "O que a gente faz?"   Mas nada disso fazia diferença. Para mim, era como ouvir o som de trombetas e harpas celestiais. As nuvens se abriam, o sol brilhava, os passarinhos cantavam radiantes. Eu ia ter um bebê.
E é em torno do drama "oh-meu-deus-vou-ser-mamãe" que o livro gira. Quem é o pai? Como vou contar a minha família? Será que meus amigos solteiros vão mudar comigo? Vou virar uma bem-casada e passar o resto da minha vida falando apenas sobre meus filhos num monólogo sem fim? Novamente: quem é o pai? Como vou falar a Mark e Daniel que talvez um deles seja papai? Será que eles são capazes de assumir essa responsabilidade? E se ninguém assumir, sou capaz de criar esse bebê sozinha? Muitas, muitas perguntas. Pouquíssimas respostas úteis.

Como não poderia deixar de ser, acompanhar as trapalhadas dramáticas de Bridget é diversão garantida. É uma leitura leve e tranquila, deu pra devorar o livro em um dia sem nem perceber. Infelizmente, esse volume é bem mais fininho que os outros e eu senti falta das páginas a mais - acostumada com a média de 400 páginas dos outros livros, a gente estranha quando chega um de nem 200, né? 

Lembro que ao resenhar o volume passado, eu comentei sobre as referências antigas que eu simplesmente não entendia. Foi uma surpresa divertida ver que Bridget agora é uma personagem moderna e atualizada, usando facebook e mandando mensagens por aí como todas nós, haha. Além do mais, nossa protagonista cresceu! Tornar-se mãe fez com que ela aprendesse a dizer não, a pensar em si mesma e a ser (arrisco dizer) madura. Claro que isso não erradicou sua inclinação a se meter em confusões, mas deu pra perceber que a personagem evoluiu desde o primeiro livro. 

Chegando ao fim dessa série (e esperando que venham outros volumes), só posso dizer que acompanhar Bridget nessa longa jornada foi uma surpresa maravilhosa. Não esperava muito quando comecei o primeiro livro e agora, umas 1000 páginas depois, sou uma fã apaixonada. Recomendo a qualquer um, sem restrições; é um livro feito para agradar a todos os públicos - mesmo que você ache o contrário, vai concordar comigo quando lê-lo. 


20 comentários:

  1. eu acho a proposta bem legal, tenho curiosidade de ler os livros da série e me envolver nessa loucura que é Bridget Jones!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Confesso que fiz a leitura da sua resenha por alto com medo de pegar algum spoiler, mas achei a trama dessa obra bem interessante e instigante. Vou fazer a leitura das obras anteriores para poder ter a certeza se adiciono ou não o livro na minha lista de desejados, adorei sua resenha! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aryanna!
    Espera. Não estou entendendo nada!
    Esse livro é o terceiro ou quarto livro? Que confusão desse lançamento.
    Só pela confusão já me bate o desânimo de ler essa série.
    Nossa! Se já fosse um livro, eu diria que a vida de Bridget daria um livro. rsrs... É muita maluquice que acontece na vida dessa mulher. Apesar de ter esse tom engraçado, não gosto desse vai e volta de amores que a autora inseriu nos livros. Sinceramente, para mim dá a impressão que a autoria só queria vender mais um livro da Bridget.
    Mas fico feliz que você tenha curtido. ^^
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tuudo bem? Espero que sim. haha
    Adoorei sua resenha, e me deixou mais curiosa para assistir ao filme. Não sei se vou realizar a leitura do livro, pq ainda tenho que ler os primeiros. #semtempo
    Mas, dica anotada com certeza.
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  5. Adorei a sua resenha,mas Bridget Jones não me desperta muito atenção, acho ela atrapalhada demais, não sei se teria muita paciência com uma protagonista assim.

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu vi que teve o filme desse livro, aí fiquei curiosa para ler ele. Pela sua resenha, me parece uma história contada de forma engraçadíssima, e eu amo histórias engraçadas, e então preciso ler esse livro (e os outros da série), para saber como acontece toda essa confusão na vida da protagonista.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu assisti aos dois primeiros filmes de Bridget Jones e gostei, mas acabei não me interessando em ler os livros. Parece que faltou algo para me deixar realmente com vontade de ler.
    No entanto, sua resenha me deixou curiosa e já estou pensando em dar uma chance para esses livros. Parece ser realmente leve e divertida, ideal para curar ressacas literárias ou intercalar com livros mais pesados.
    Não sei se vou ler, por enquanto, mas adorei sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem?

    Eu li o primeiro livro da série e amei, me diverti a beça com as loucas da nossa protagonista, mas acabou que quando fui realizar a leitura da continuação não senti a mesma diversão e vontade de antes e acabou que só li o primeiro livro mesmo, acompanho as resenhas dos livros, mas não sinto vontade de ler, por isso passo a dica! Mas tenho certeza que a sua leitura deve ter sido bem divertida!
    BJss

    ResponderExcluir
  9. Oii
    Li a resenha meio por cima para não pegar spoilers. Eu li o primeiro livro da série este ano e não gostei... Sei lá, a Bridget não conseguiu me agradar, mas ainda quero ler os outros volumes para ver se mudo esta visão da personagem.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  10. Sempre quiser ler algo sobre a Bridget Jones e fiquei bem curiosa com esse livro mesmo tendo pego alguns spoilers. A personagem parece ser hilária e acho que vou adorar ler toda a série. Já deixei anotado aqui.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Oie...
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas, lendo sua resenha fiquei com muita vontade de ler! Adoro leituras leves e divertidas e tenho certeza que essa será especial ;)
    Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Se já não tivesse virado filme, eu diria que esse livro daria um filme rsrs Bem... já tinha ouvido falar de Bridget Jones, mas ainda não tinha lido detalhes do enredo e parece super divertido. Com tantas reviravoltas e confusão realmente deve render boas risadas e a personagem parece ser cativante. Fiquei curioso pra saber de quem enfim é o bebê. rsrs Ótima resenha.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  13. Oi Aryanna, como está?
    Eu vou parecer ignorante se disser que seriamente pensei que "O bebê de Bridget Jones" era um filme baseado em roteiro original? Não tinha a mínima ideia de que fosse o último livro da série. Especialmente porque conheço muito mais os filmes do que os livros.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Aryanna! Eu não li nenhum livro dessa série ainda, porém tenho grande interesse, ainda mais depois da sua resenha, rs. Quem sabe esse ano eu não comece?! Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Ainda não li nenhum livro da série, mas vi o primeiro filme, e achei bem legal.
    Coitada... Me senti na pele da personagem. Sendo "abandonada" por um engano, e que nem foi culpa dela.
    Espero que dê tudo certo no fim(ou não) do livro.

    ResponderExcluir
  16. Todo mundo fala bem da série, mas ainda não a li. Ainda assim, tenho muita vontade. Parece ser engraçada, é isso mesmo produção?! Haha. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Já ouvi recomendações da série, mas após ler sua resenha quero mesmo ler. Gente, é spoiler? É, mas eu amei mesmo assim.
    Gosto de livros descontraídos e engraçados e esse parece ser tudo isso numa série maravilhosa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oii!!
    Não conhecia esse livro. É o tipo de livro para ler a qualquer hora, me parece apesar das trapalhadas da personagem, um livro bem divertido e uma leitura bem leve. Fiquei bem curiosa para ler, nem que seja o primeiro volume para conhecer melhor a Bridget. Gostei muito da sua resenha, demonstrou bastante entusiasmo, o que me fez ficar curiosa para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. OI!!

    Esse livro está na minha lista há tempos e adoro as confusões de Bridget e também me divirto com os filmes. Espero que no final tudo seja resolvido e que ela fique com o Mark, tenho uma queda por ele rs.... Enfim, fiquei mais entusiasmada ainda para saber mais sobre esse volume. Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Esse é um daqueles livros que eu sempre quis ler, mas que o tempo foi passado e de certa forma caiu no esquecimento. Sempre que vejo uma nova resenha ou comentário, fico desejando ler essa série, porém acabo não o fazendo. No entanto, não irei desistir, quero muito ler esse livro.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.