Menu

8.4.17

{O menino que vê filmes} TOP 5 FILMES ESTRANGEIROS QUE TODO MUNDO DEVE ASSISTIR



Oi gente! Eu sei que tem um monte de séries novas bombando na Netflix (sua linda), tais como Punho de Ferro e 13 Reasons Why, mas confesso que ainda não tive tempo de assistir a nenhuma delas (comecei Punho de Ferro, mas estou na metade). E eu sei também que ainda demora um pouco pra estrearem os lançamentos mais aguardados de 2017 depois de Logan.

Fiquei pensando em algum filme antigo pra resenhar, mas ao invés disso lembrei que nunca joguei uma luz sobre os chamados filmes estrangeiros, ou seja, aqueles produzidos fora dos EUA e que pertencem a uma categoria específica para fins de premiação, como acontece no caso do Oscar.

Obviamente existe todo um universo de filmes fantásticos não produzidos nos EUA! Pelo Que soube, a safra de 2017 tem várias pérolas vindas de vários locais do globo, como Irã e França.

Contudo, escolhi 5 clássicos mais antigos pensando em você, que ainda não despertou muito interesse por filmes estrangeiros. Depois destes, garanto que você não vai mais querer parar!

Vem comigo?

ATENÇÃO: ALERTA DE SPOILER! Este post contém revelações sobre o enredo dos filmes relacionados. Se você ainda não assistiu aos mesmos, prossiga por sua conta e risco!

Uma breve nota sobre o cinema brasileiro

Quando eu era garoto, lembro que meu pai olhava pra gente com um olhar incisivo dizendo “vão pra cama” sempre que anunciavam um filme nacional, o que geralmente acontecia tarde da noite. 

Ora, quem é da minha geração sabe que naquela época filme brasileiro era sinônimo de sexo, nudez e uma profusão de palavrões de deixar qualquer filme norte-americano parecendo uma missa.

É minha obrigação esclarecer aqui que esse tipo de cinema nacional não existe mais e deu lugar ao novo cinema brasileiro, que conta com excelentes obras, algumas delas já resenhadas aqui no blog.

E, como filme brasileiro também se enquadra na designação de “cinema estrangeiro”, vou começar com um clássico que foi um marco divisório do nosso cinema, já que concorreu ao Oscar de melhor filme estrangeiro, tendo perdido para “A Vida É Bela”, de Roberto Benigni.

CENTRAL DO BRASIL 

(Brasil, 1998)


Roteiro: Marcos Bernstein, João Emanuel Carneiro
História: Walter Salles
Elenco: Fernanda Montenegro, Vinícius Oliveira, Marília Pêra, Othon Bastos, Otávio Augusto, Matheus Nachtergaele
Dora (Fernanda Montenegro) é uma ex-professora que trabalha como escrevedora de cartas na Estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro. Sua vida sofre uma reviravolta quando ela encontra o pequeno Josué, um menino que acabara de perder a mãe num atropelamento ali mesmo, nos arredores da Central. Juntos, Dora e Josué partem numa jornada para o nordeste brasileiro numa tentativa de encontrar o pai do garoto. Essa viagem mudará a vida de ambos para sempre.

CORRA LOLA, CORRA

(Lola Rennt, Alemanha, 1998)




Direção: Tom Tykwer
Elenco: Franka Potente, Moritz Bleibtreu, Heino Ferch
Quando Manni, mensageiro de um mafioso, perde uma maleta com vultosa quantia em dinheiro e tem apenas vinte minutos para recuperá-la antes de confrontar seu chefe. Para tanto, ele vai contar com a ajuda de sua namorada, Lola, que terá vinte minutos para conseguir o dinheiro e atravessar Berlim para tentar salvar a vida de seu amado. A estória mistura elementos de cartoon e realidade, regada a muito rock e musica eletrônica, contando com três possíveis finais para a saga de Lola. Recomendo demais!



O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE POULAIN

(Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain, França, 2001)

Direção: Jean-Pierre Jeunet
Elenco: Audrey Tautou, Mathieu Kassovitz
Conheça a adorável estória de Amélie Poulain, uma jovem que cresceu isolada do mundo em virtude de uma suposta anomalia cardíaca (que na verdade não existia) e que, depois de adulta, descobre a beleza da vida no que viria a ser sua missão: proporcionar às pessoas ao seu redor pequenas alegrias, ajudando-as a resgatar sua criança interior. 




A EXCÊNTRICA FAMÍLIA DE ANTÔNIA

(Antonia, Países Baixos, 1995)




Direção: Marleen Gorris
Elenco: Willeke van Amelrooy, Els Dottermans, Veerle van Overloop, Jan Decleir, Mil Seghers, Dora van der Groen, Thyrza Ravesteijn
Este premiadíssimo longa metragem conta a estória de Antônia, uma mulher que retorna ao seu antigo vilarejo na Holanda quase 40 anos após o final da 2ª Grande Guerra, estabelecendo uma comunidade com sua filha. Pouco a pouco, mãe e filha acabam por acolher moradores da vila em sua fazenda, pessoas de alguma forma marcadas por traumas pessoais. Há que se ressaltar também a amizade de Antonia com o pessimista filósofo Kromme Vinger. As premiações deste magnífico filme podem ser conferidas aqui.

A ONDA 

(Die Welle, Alemanha, 2008)



Direção: Denis Gansel
Elenco: Jürgen Vogel, Fredrick Lau, Max Riemelt, Jennifer Ulrich
O filme mais recente do nosso Top 5 aborda um assunto sério: o totalitarismo do Estado. A trama gira em torno do professor Reiner Wenger, que propõe aos seus alunos uma experiência que consistia em fazer da classe uma projeção de um Estado totalitário fictício, com o objetivo de chamar a atenção dos alunos para a gravidade dos acontecimentos que atingiram o povo alemão (e o mundo) durante a 2ª Grande Guerra. No decorrer da estória, a experiência foge do controle e acaba de forma trágica. Um filme que recomendo em especial para os educadores, como forma de enriquecer o debate do tema com os alunos.

Conclusão

Bom gente, nesta semana que passou completei um aninho (ownt) como resenhista aqui do Blog d'As Meninas. Os leitores mais assíduos da minha coluna de filmes sabem que o ano passado foi um ano difícil pra mim, em muitos sentidos e só eu sei como a oportunidade de escrever aqui foi e tem sido importante pra mim. Agradeço de coração! Espero estar fazendo um bom trabalho!

No mais, espero que vocês tenham gostado da minha pequena seleção! E se tiverem sugestões, por favor, deixem aqui nos comentários! 

Até a próxima, gente!

21 comentários:

  1. central do Brasil é o único que conheço e que adoro, a trama é ótima!
    obrigada pelas demais dicas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. OLa
    Já assisti Central do Brasil e gosto bastante de O fabuloso destino de Amélie Poulain. Faz tempo que não tinha lido nada a respeito destes filmes, mas também recomendo bastante.. Sobre os outros, ainda não tinha ouvido falar, mas parecem ser interessantes.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filmes estrangeiros oferecem uma perspectiva diferente da 7a arte. Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  3. Olá,

    Eu não sou de assistir muitos filmes, apesar de tentar. Anotei todas as dicas para tirar um final de semana e assistir pelo menos um, o meu tempo está muito curto, mas a minha vontade de sentar e relaxar assistindo um bom filme está bem grande. Caso eu assista retorno aqui e comento com você como foi a minha experiência! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  4. Oie! Tudo bem?

    Não sou fã desse tipo de filmes que você indicou, mas conheço alguns por cima tanto de blogs quanto do instagram, o único que tenho curiosidade em assistir é o: O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE POULAIN *--*

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belíssimo filme! Assista quando tiver tempo!

      Excluir
  5. Amei as indicações! Delas, assisti somente "Central do Brasil" e me emocionei bastante! Vou assistir os outros, sem dúvidas. Obrigada! Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garanto que não vai se arrepender Rebeca! Bjo!

      Excluir
  6. Olá!!
    Ainda não vi nenhum dos seriados mais bombados da Netflix por falta de tempo mesmo..mas tem vários que quero ver!!
    Dos filmes listados só vi Central do Brasil e fiquei bem curiosa pra ver A Excêntrica Família de Antônia..parece ser bem interessante!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/04/resenha-simplesmente-o-paraiso-quarteto.html

    ResponderExcluir
  7. Oi Lucas, Central do Brasil é um dos meus filmes favoritos da vida!!! Amo de verdade. Já assisti todos da sua seleção e sem dúvida, você tem um maravilhoso gosto para filmes.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo receber pessoas de bom gosto por aqui! Seja sempre bem vinda! 😘

      Excluir
  8. Olá!!!
    De todos os filmes apresentados aqui só assisti à Central do Brasil e devo dizer que me emocionei em muitos momentos e devo essa emoção a interpretação magistral da Fernanda Montenegro e do então estreante Vinícius Oliveira. Já os outros filmes conheço de nome embora nunca tenha sentido vontade de assisti-los e são eles LOLA e Amélie Poulain, já os outros não conhecia nem de nome até você citá-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto "Lola" quanto "Amelie" são garantias de diversão e encantamento 😉

      Excluir
  9. Oii Lucas, tudo bem? Adoro suas indicações, e não foi diferente com esse post. Os únicos que assisti foram o da Amélie e Central do Brasil. O Fabuloso Destino é um dos meus filmes favoritos da vida, e adorei vê-lo aqui nesse top 5 <3 Run Lola Run, eu já ouvi falar, mas ainda não tive a oportunidade de conferir. Farei isso em breve!! :D
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gaby! Feliz que tenha curtido! Espero que vc goste dos outros, são garantia de diversão e fogem um pouco da mesmice dos filmes norte-americanos... Bjos!

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Adorei a ideia da sua postagem. Como dois dos filmes mencionados eu já assisti e gostei, acredito que os outros três valham a pena de serem aproveitados também. Com certeza começarei por Corra, Lola, Corra, que me parece ser uma história bastante movimentada e cheia de ação. Geralmente não gosto de finais abertos, mas a curiosidade falou mais alto. De vez em quando eu adoro conhecer filmes estrangeiros e como vi que você gosta também, fica a minha indicação de um filme polonês que se chama "O Quarto do Suicídio", muito bom para aqueles que se interessam especialmente por psicologia.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    De todos os filmes mencionados, o único que assisti foi Central do Brasil, que é simplesmente maravilhoso e consagrou a Fernanda Montenegro como a minha atriz nacional favorita. Tenho muita curiosidade com Amélie Poulain, que já vi várias pessoas falando super bem. Adorei essa sua postagem e essas dicas de filmes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oiee Lucas ^^
    Dos filmes mencionados eu só conhecia o da Amélie, mas minha irmã disse que era cansativo, então até agora não o vi...haha' "Central do Brasil" parece ser interessante, gostei da premissa. Andei vendo alguns filmes bem bacanas nas últimas semanas, e o que mais me chocou, até agora, foi "La piel que habito", do Pedro Almodóvar.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.