Menu

17.4.17

{Resenha} O Estranho



Título: O estranho
Autora: Camilla Lackberg
Editora: Planeta
Sinopse: Uma mulher é encontrada morta, aparentemente vítima de um acidente de carro. Este é o primeiro de uma série de eventos inexplicáveis em Tanumshede e marca o fim de um inverno tranquilo para o detetive Patrik Hedström e seus colegas.Ao mesmo tempo, um reality show está sendo gravado na cidade. As câmeras captam cada movimento das estrelas e as relações com a população local ficam cada dia mais tensas. Quando uma festa termina com o assassinato de um concorrente impopular o elenco e a equipe de produção são os suspeitos óbvios. Poderia haver um assassino ali?
Enquanto o país fica atento ao que está acontecendo pela televisão, mais corpos aparecem. Sob o olhar intenso da mídia, Patrik precisa enfrentar a investigação mais difícil de sua vida.

Hoje eu trago um livrinho diferente (pelo menos pra mim, rs). Quando eu peguei esse livro foi totalmente aleatório, estava procurando um livro diferente dos que já tinha lido. Encontrei esse e minha curiosidade foi mais pelo país natal do livro, Suécia. Nunca li livros suecos e fiquei interessada, mas então encontrei outro problema, é um romance policial e nunca fui muito fã desse tipo de romance. Ainda sim arrisquei em pega-lo, e foi uma ótima escolha.

“O Estranho” nos coloca em diversas “vidas”. Temos em primeiro lugar, Hanna, a nova policial que entra na delegacia de Tanumshede, e logo é recebida com o primeiro caso, um acidente de carro que tudo indica ser causado por uma motorista embriagada.

Temos Patrick, chefe de Hanna, que toma o caso para si, investiga a morte da mulher envolvida no acidente e ainda precisa cuidar de sua família, Erica, sua esposa, Maja, sua filha ainda bebê e Anna, sua cunhada que passou por difíceis momentos com seu marido e seus filhos e encontra-se em depressão.

Martin, Mellberg, Annika e diversos outros personagens da delegacia, cada um com uma história de vida que nos é apresentada e nos envolve em seus dramas.

Juntamente com o assassinado, acontece um programa de televisão equivalente ao big brother para gente aqui no Brasil. E os personagens desse programa também nos prende em suas próprias tramas. E nesse programa, Lars, o marido de Hanna, é contratado como psicólogo desses adolescentes participantes, ajudando cada um com seus problemas pessoais.

O caso inicial nos apresenta as pessoas na vida da mulher que morreu, e nisso surge divergências na forma como ela morreu e nos depoimentos da família, Marit, a mulher, nunca encostou uma gota de álcool na boca, como poderia morrer devido a um acidente embriagada?

O pessoal da delegacia investiga mais a fundo o caso, e um novo assassinato acontece, um dos participantes do programa é assassinado. Então a história se desenvolve. Com esses dois assassinatos desenterram antigos casos semelhantes. 

Não posso esquecer de mencionar que em alguns capítulos, dois personagens, crianças que parecem estar confinadas, aparecem contando seu dia a dia e sua confusão por viverem sendo proibidas de sair, mas que amam a pessoa que cuida delas.

É preciso ler o livro para entender certinho, e não posso contar demais, embora queira (risos). Esse livro me prendeu de tal forma que várias vezes eu o abandonava por dias tentando eu mesma resolver esse mistério. 

Lendo outras resenhas sobre ele, confirmei que infelizmente é muito óbvio quem está por trás de tudo, não fui a única que descobri rapidamente (risos).

Acabei de terminar de lê-lo e as últimas linhas acabavam de um jeito que dava sinal de continuação. Intrigada, pesquisei sobre na internet e, sim, é uma série de livros e infelizmente comecei a leitura do oitavo! Mas não parece que todos os livros são ligados, apenas usam os mesmos personagens principais, Patrick e Erica.

Vou deixar aqui embaixo a série certinha desde o primeiro livro:

Patrick Hedstrom Series (em inglês) e Fjällbacka series ( em sueco):

#1 The Ice Princess (2008) – Publicado pela planeta como “A Princesa do gelo”
#2 The Preacher (2008) – Publicado pela Planeta como “Gritos do Passado”
#3 The Stone Cutter (2009) – Publicado pela Planeta como “O cortador de pedras”
#4 The Gallows Bird (2011) – Publicado pela Dom Quixote como “Ave de Mau Agoiro”
#5 The Hidden Child (2011) – Publicado pela Dom Quixote como “Diários Secretos”
#6 The Drowning (2012) – Publicado pela Dom Quixote como “A Sombra da Sereia”
#7 The Lost Boy (2013) – Publicado pela Dom Quixote como “ A Ilha dos Espiritos”
#8 The Stranger (2013) – Publicado pela Planeta como “O Estranho”
#9 Buried Angels (2014) – Publicado pela Dom Quixote como “O Olhar dos Inocentes”
#10 The Ice Child (2016) – Publicado pela Dom Quixote como “O Domador de Leões”

Lembrando que a Dom Quixote é uma editora portuguesa, então os únicos livros da série publicados no Brasil são pela Planeta.

~Livro cedido em parceria com a editora Planeta de Livros Brasil~

10 comentários:

  1. a trama parece ser bem intrigante, mas não tem elementos com os quais me identifico por gostar de ler, então creio que não leria
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    É muito bom quando nós encontramos um livro para ler do "nada", saímos da nossa zona de conforto e, além disso, fazemos uma leitura muito agradável, é uma sessão maravilhosa, parece até o destino. Eu adorei a sua resenha e a trama da história, amo um romance policial, sem dúvidas irei fazer a leitura dessa obra! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Estou precisando sair da minha zona de conforto, ler algo diferente e me empolgar com uma boa leitura. Adorei a premissa deste aqui e acho que talvez, ficaria confusa, mas quero me arriscar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura!! :) Eu fiquei algo curioso... hehe Mas não muito, devo dizer!!

    A verdade e que fico bastante desiludido pela previsibilidade da obra, e por todos terem descoberto o "vilão"... E uma pena mesmo!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, e que pena que você descobriu o mistério rapidamente, haha.
    Nossa, odiaria ter começado a ler do oitavo livro, mesmo que não tenha ligação, pois gosto de ordem, haha.
    Mas mesmo com a previsibilidade, fiquei curiosa pra ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  6. Oi Nicoli,
    Não conhecia esse livro e o gênero muito me agrada. A premissa é interessante, mas já desanimo quando você sinaliza que a mente por traz dos acontecimentos é muito obvia.
    Nunca li nenhum livro de origem sueca então também séria uma novidade para mim.
    Se eu ler vou tentar seguir a série certinha. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto muito do gênero, mas infelizmente esse não me chamou atenção. Que pena que é bem óbvio descobrir o mistério, mas eu geralmente não descubro, então não seria de se estranhar se eu não descobrisse mesmo com as pistas na minha cara! hahaha
    É uma série bem grandinha, nem conhecia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Heey, tudo bem? Eu adoro romances policiais, muito mesmo, então qualquer livro do gênero já me deixa curiosa e interessada na leitura, e não foi diferente com O Estranho. Adorei saber que possui tantos pontos de vista assim, acho que dá muito o que pensar ao leitor e torna ampla as possibilidades no enredo. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oooi, tudo bem?
    Não sou fã de romances policiais mas estou sempre lendo um ou outro de vez em quando pra fugir da rotina. Gostei bastante da premissa desse, apenas não gostei de ser série mas como você leu o oitavo sem problemas, creio que posso ler apenas ele também, anotei a dica pra quando fugir da rotina, procurá-lo. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi.

    Não sou muito de ler livros desse gênero, nunca consigo continuar com a leitura. Ainda não encontrei um que me prendesse na história. Este parece ser interessante, mas vou passar a dica dessa vez.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.