Menu

4.4.17

{Resenha} O lado feio do amor (Ugly Love)


Título Original: Ugly Love
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera
Ano: 2015

Sinopse: O maior best-seller de Collen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless, chega ao Brasil
Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.• Colleen Hoover é fenômeno editorial no Brasil e no mundo, com as séries Slammed e Hopeless.• O livro teve os direitos comprados para o cinema e tem data de estreia prevista para 2016.• A autora já alcançou a marca de 70 mil exemplares vendidos apenas no Brasil.• Todos os seus livros chegaram à lista do New York Times.• O lado feio do amor chegou ao Top 5 do Goodreads Choice Awards de 2014, na categoria romance, e no Top 100 dos melhores da Amazon no mesmo ano.



“Sinto como se tivesse acabado de ganhar livre acesso a todos os seus segredos.”

Primeiro livro que li da Colleen Hoover. Assim que vi a capa, eu o quis. Não sabia muito sobre o que era (siiim, sou daquelas pessoas que se apaixona pela capa antes). Assim que o comecei a ler, fiquei “Hum. Não sei...” Achei que seria só mais um romance, sabe? Estilo homem durão que muda no momento em que se apaixona pela mocinha. Muitos livros tem esse formato, eu sei, eu sei... Não posso criticar, gosto da maioria deles.

Assim como acabei gostando de Ugly Love.

Tate Collins é uma jovem de 20 e tantos anos que se muda para a casa do irmão para fazer mestrado
em anestesia (ela é enfermeira) e estudar. Sua vida estava bem. Tem uma poupança legal, pais que a amam. Sua vida amorosa não foi tão boa, mas mudou-se para aquela cidade para estudar e trabalhar. É segura de si e aparentemente sempre soube o que quer.

São momentos bonitos como esse que compensam o amor feio. 
Já havia tentado morar com Collins, seu irmão poucos anos mais velho que ela, mas disse ser difícil a convivência com ele, uma vez que é exageradamente protetor. Ficava controlando os caras com quem ela saía e coisas assim. Mas se amam, oras. Normal desejarem proteger um ao outro e ela até gosta da proteção oferecida.

Collins é copiloto de avião. Foi o único dos dois (irmãos) que conseguiu realizar seu sonho de voar e Tate o admira demais por isso. Como trabalha em uma companhia aérea, tem direito a um apartamento legal no centro da cidade. Ali, moram muitos pilotos e copilotos e suas famílias, todos tem algum tipo de vínculo de amizade, que se reúnem para assistir jogos na TV quando estão de folga. Os amigos de Collins são Ian, Dillon e Miles.

Miles.

Melhor amigo de Collins, eu suspeito. É nele que ele confia até mesmo a proteção de sua irmã quando um bêbado fica na porta do apartamento dele que não a deixa entrar. E é ele quem liquefaz Tate. Aquele o qual lhe tira todas as estruturas, lhe faz repensar tudo o que acreditou sobre si mesma durante toda sua vida.

Eu não me apaixonei por você. Eu voei.
E ele é um canalha.

Ela lhe deixa fazer tudo o que quer, apenas para não perdê-lo.

Miles é alguém completamente contrário a Tate. Fechado, preso num passado de sofrimento e simplesmente não deseja sair dele. Não quer ter um futuro, não quer amar. Só quer transar com Tate. E ela aceita isso, uma vez que o desejo entre os dois é avassalador, irresistível. Ela o deseja desde o primeiro instante em  que o viu no apartamento do irmão.







“- Acho que se um homem presenciasse o lado mais feio do amor, nunca mais iria querer senti-lo novamente.”

Não sei, mas acho meio difícil não começar a sentir algo depois de transar tantas vezes com alguém. Mesmo que você saiba que não deveria, você sabe que não conseguiria mais ficar longe, não importa o quanto te machuque. Pode tomar a decisão de um dia se afastar... Mas basta uma troca de olhares para toda sua vontade ir por água abaixo.

Acho que é esse o lado feio do amor, o momento em que você anula sua vontade pelo medo da perda. Há concessões, é claro... Mas quando o amor te destrói, ele se torna feio. Quando tudo o que o amor te faz é sentir dor, não há saída senão criar uma armadura para nunca mais senti-lo novamente.

"Quando a vida te der limões, é melhor saber nos olhos de quem você precisa espremê-los."

E, temos o Cap. É um senhor octogenário responsável pelo elevador do prédio. Ele dá lições importantes e é bem sábio. E nos faz rir. Gostei dele.

O livro é, a cada capítulo, o presente e depois o passado de Miles, intercalado. No passado, a escrita se torna poesia.  A escrita é boa e não é muito cansativa, mas o começo é meio devagar na minha humilde opinião.

Claro, tem o sexo. Muito sexo. Sexo a lot.


Não me decepcionei com o livro, então recomendo a leitura.

Booktrailer: 


Eeee acharam que o post acabou? Nãaaao! 

Haverá uma adaptação cinematográfica, com data prevista para 9 de novembro de 2016. 

Confiram o trailer: 

Obs: o ator escalado para Ugly Love é o bonitão Nate Bateman!

16 comentários:

  1. Oi, Pri!
    Se rendendo à Colleen Hoover? hahaha...
    Adorei esse livro! O final é de partir o coração quando Miles vai... <3 Mas é lindo também! O Cap é muito fofo!!! Ôh velhinho maravilhoso! rsrs...
    Acho que o filme no sai esse ano não, Pri. :'( Nem começaram a gravar. :/
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi!!!
    Ainda não li esse livro, acho que não faz muito meu gênero ver uma mulher se colocar tão a disposição de um cara para que ele faça o que quiser com ela, mas nada como um dia após o outro. Vai que eu mude de ideia.
    Gostei da forma como você descreveu o livro e os personagens e logo de cara me simpatizei com Cap.

    ResponderExcluir
  3. eu ainda não li, aliás li poucos livros da autora, mas esse tem sido super bem comentado e me deixou brevemente curiosa
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Acho que est elivro é mais hot que tenho na minha estante... rs Por culpa da Colleen Hoover, porque amo seus livros e não é porque este aqui tem uma pegada mais erótica que eu não compraria. Não acho que o Miles é um canalha, porque ele deixa bem claro as regras no inicio, mas mega concordo com você sobre surgir sentimento sim, mesmo que tudo seja apenas físico. Ansiosa pelo filme a acho o Nick Batteman uma excelente escolha para o Miles.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Priscila,

    Nunca li nada da Coolen Hover acredita? Aliás, não sou muito fã de livros eróticos e vi que esse vai para esse gênero né? Livros com mulheres e homens submissos eu quero distância. Esse livro me atrai e prefiro não lê-lo por enquanto.

    Beijos e obrigada pela resenha
    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já li o ebook e sinceramente esperava mais,a Tate não é chata,mas achei ela muito passiva,do tipo que o cara podia matar ela e ela não faria nada para impedir,o sexo não tenho nada contra,mas em alguns momentos tive a impressão que o livro podia se resumir nisso,de tanto que falavam bem dele eu achei que fosse melhor,não que ele seja ruim de forma alguma.

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?
    Então, vejo muita gente falar desse livro e, desde então, coloquei ele na minha lista infinita, haha. Gostei da resenha.
    Obs.: Nate bateman? NOSSAAAAAAA! Quero! Hahahahaa
    http://oxenteleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bom?
    Primeiramente: EU AMEI ESSA URSULA, eu quero uma dessa pra mim a anos!! hahaha
    E eu tenho um livro da autora, porém ainda não dei uma chance a ele, chamado: Não conte a ninguém. Depois dessa resenha, vou ler assim que terminar o que estou lendo agora!! Não curto muito livros que tem MUIIITAS cenas de sexo, acho meio desnê. Mas, pelo que vc disse, é meio que um ponto positivo, então parece ser um bom livro :D

    ResponderExcluir
  9. Oie...
    Esse também foi o meu primeiro contato com a autora, e por mais que não gosto de livros cheio de cenas de sexo gostei bastante da história pelos personagens bem construídos, a história bem amarrada e uma escrita que conquista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Priscila, tudo bem?
    Eu só li um livro da autora e ele se tornou um dos meus favoritos, desde então ando desejando cada obra escrita por ela. Esse é um dos que está na minha listinha e admito que estava um pouco receosa para começar a leitura, tendo em vista que o protagonista masculino não é dos melhores.. pelo menos à primeira vista. Mas conhecendo a escrita da autora, sei que ela irá mudar minha visão sobre ele no decorrer das páginas. Adorei saber da notícia do filme e espero realizar a leitura antes de assistir.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Oooii, tudo bom? Então, não me interessei pelo livro, portanto passo a dica, mas gostei bastante da forma como você dispôs as ideias e comentou de forma clara o que o livro quer passar para o leitor. Assim como a Jéssica, eu amei a Úrsula ao lado do livro <3 Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  12. Oi Pri,
    Sou como você e quero ler os livros apenas pela capa.
    Esse livro está na meta desde que foi lançado, vê se pode?
    Gostei de conhecer suas impressões e fiquei contente por você ter dito que o lado feio do amor é quando você se anula em favor do outro. Tenho que concordar que esse é o lado feio do amor.
    Espero ler esse livro logo e curtir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oie! Tudo bem?

    Amo o Nick, e não vejo a hora de assistir a adaptação desse livro só por causa dele, não sei em que pé anda as gravações, mas não sei se sai esse ano ou se é que sai aqui no Brasil, sobre o livro acredita que ainda não li ele? Pois é, vou ter que mudar isso antes do filme! kkk

    Bjss

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu fiquei apaixonada pela Collen Hoover por causa desse livro. Sério, o li em apenas um dia e fiquei simplesmente apaixonada e devastada com a história de vida do Miles, e torcendo para que o casal tivesse um final feliz. Indico esse livro para todos os amantes do gênero.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Acho que eu sou uma das únicas pessoas que não gostou desse livro, nem chorou ou se apaixonou pelo Miles.
    Achei bem fraquinho, infelizmente, mas ainda quero ter outras experiências com a Colleen.

    Bjs

    Pipoca com Café

    ResponderExcluir
  16. Se não fosse as cenas de sexo, este livro seria perfeito,pois tem uma história que em encantou somente lendo sua resenha aqui. Mas infelizmente quando você falou que tinha cenas hot, acabei ficando desinteressado em ler o livro. Colleen tem uma escrita encantadora, parece que ela escreve com todo amor que tem no peito.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.