Menu

17.5.17

{Resenha} O Guardião Invisível - Trilogia Baztán # 1




Trilogia: Baztán
Autora: Dolores Redondo
Editora: Planeta
Sinopse: Série que une fantasia e policial, teve mais de 1 milhão de cópias vendidas e chegou ao cinema.
O corpo de uma adolescente é encontrado às margens do rio Baztán, num pequeno povoado em Navarra, na Espanha, e para desvendar o caso a investigadora Amaia Salazar precisa voltar à sua terra natal,uma região da qual sempre tentou escapar – por motivos que nem seu marido conhece, mas que ainda a atormentam na forma de pesadelos. Amaia sabe que o local, marcado pela inquisição espanhola, é cheio de velhas crenças pagãs. O que ela não imagina é que, com o avanço da investigação e a descoberta de novos corpos, a fronteira entre mitologia e a realidade ficará cada vez mais tênue. O desafio agora é descobrir se os crimes resultam da ação de um serial killer ou de uma criatura mítica conhecida como basajaun, “O Guardião Invisível”.
Adaptado para o cinema em 2017, o romance O Guardião Invisível é um thriller impactante que une os misteriosos seres que habitam a mitologia basca com o rigor de uma investigação policial. Foi com este romance que a escritora Dolores Redondo se tornou best-seller internacional. Primeiro da Trilogia de Baztán, que já teve mais de 1 milhão de exemplares vendidos.



Amaia é uma investigadora que acabou sendo nomeada a investigadora principal em um caso estranho e curioso de adolescentes mortas próximo a sua cidade natal,na qual ela passa anos fugindo daquele lugar. Sendo assim ela terá que deixar esses pesadelos um pouco de lado se quiser resolver esse caso.

Com o aparecimento de novos corpos todos com o mesmo modo operandi (um doce local deixado em cima dos corpos),as crenças de anos sobre uma criatura guardiã da floresta começa a se propagar o que acaba gerando diversas opiniões entre os investigadores.

Além de toda essa comoção na cidade pela morte dessas jovens,Amaia tem que lidar com traumas pessoais e os dramas de seus familiares,ou melhor de suas irmãs,uma que está se separando do marido e a outra que seguiu com os negócios da família e é uma megera.Ao passo que a investigação vai tomando rumo Amaia descobre que coisas que ela pensava não existir realmente existem pra quem crê e mal sabe ela que está a um passinho de pegar o assassino dessas garotas.

Comecei a leitura com grandes expectativas por conter sobrenatural na estória,mas me decepcionei amargamente,a Amaia é bem chatinha,tem uma irmã megera,e uma que finalmente cansou de ser barriga branca e tomou as rédeas de sua vida e saiu um pouco do comodismo. A única que me cativou do inicio ao fim foi a tia da Amaia (quero essa senhorinha pra mim).

A leitura não foi fluida,na verdade foi bem arrastada e muito chato,muita encheção de linguiça,mas confesso que aquele final me surpreendeu,realmente não esperava aquilo e sinceramente não vejo necessidade de uma trilogia só esse livro já seria o suficiente... Primeira 1 estrelinha do ano.

Não vou dizer pra não lerem,porque nunca faço isso,um livro que não deu certo pra mim pode dar certo pra você. Então deixo que tirem as próprias conclusões e me digam se gostaram ou não :)

1 comentários:

  1. a capa é bem chamativa e super elaborada, mas o enredo em si não me atrai... no momento estou fugindo de séries, estou me ligando mais a livros únicos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.