Menu

2.5.17

{Resenha} Pecadora

Oie amores. 😊
Como fã assídua dos livros da Nana Pauvolih, hoje trago a resenha do novo livro publicado pela Editora Essência.
Livro maravilhoso gente! A pessoa ainda está louca aqui depois da leitura.


Pecadora deixa o leitor hiperventilando, Nana como sempre arrasando. 
Vamos conferir? Bora lá!


 Pecadora - Nana Pauvolih

Sinopse:

“Todos nós éramos pecadores. Somente uma coisa diferenciava um pecador: as escolhas. Saber o certo e escolher seguir pelo caminho errado em vez de fazer o que era correto. Fechei os olhos. Apesar de tudo que tinha feito naquela noite, não me arrependi. Era pecado, era perdição, mas também era mais do que eu já tinha sonhado em ter. ––– Entre a rígida criação religiosa e o desejo que sempre a consumiu, Isabel precisa se encontrar. Casada há quatro anos com Isaque, seu namorado de adolescência, a jovem sabe que a relação está longe de ser satisfatória. Mas é só quando Isaque fica amigo de Enrico, um publicitário solteiro e bem-sucedido, que a situação começa a ficar insustentável. Agnóstico, sem amarras e cheio de mulheres, Enrico é tudo o que Isabel acredita rejeitar, mas ela não consegue deixar de se sentir interessada pelas histórias que o marido conta dele. Para piorar, ela consegue um emprego na agência dele, e agora terá de passar os dias ao lado do homem que traz à tona seus sentimentos mais proibidos. Neste novo romance, Nana Pauvolih, uma das maiores autoras de romances eróticos do país, mostra que o certo nem sempre precisa ser aquilo que é imposto, e sim aquilo em que se acredita.”


Resenha

Pecadora é um livro maravilhosamente quente, com cenas que incendeiam a imaginação e personagens fortes cada um desenvolvendo a sua parte.
Ruth, Rebeca e Isabel, nasceram em um lar protestante, onde o pai era pastor e a mãe a sombra dele.
Mas a Igreja do Pastor Sebastião era fechada demais, radicalista demais. Tudo era pecado, tudo levava ao inferno e segundo o pastor a vida se constituía em orar a Deus, ir ao culto e ajudar os irmãos carentes.
Nada de felicidade, prazer, passeios, futebol, aniversários.
Tudo que o mundo oferecia, era passado pelo “crivo” do pastor, pra não perder a entrada do paraíso. Só haveria felicidade após a morte, no paraíso, junto a Jesus.

Com Ruth a “receita” do pastor funcionou, ela se anulou, teve filhos e viveu de cabeça baixa, sem vontade própria. Era a filha modelo.
Rebeca de natureza livre e ousada deu o fora daquele lar, onde não se ajustava.
Saiu da casa do pastor escorraçada e grávida. Somente Isabel se preocupou com a irmã, quando ela sumiu no mundo.
Isabel vivia insatisfeita, sabia que na sua vida tinha Deus, mas faltavam outras coisas.
O pastor a casou bem jovem por medo que ela seguisse o exemplo da irmã, pois eram muito ligadas.

Mas o casamento com Isaque era uma tortura monótona e em “alguns momentos”, até angustiantes.
Ela sabia que não iria aguentar esta vida que seu pai escolhera pra si. A mesma rotina todos os dias sem alterações. Para ela só obrigações, na casa, na cozinha, na cama.
E se culpava pelo que pensava. Mas cadê coragem, cadê apoio de uma irmã, de uma amiga que ela não tinha?


Com o orçamento familiar muito apertado, Isaque arranjou um emprego para sua esposa Isabela, com o seu amigo publicitário Enrico.
É um destemido que conseguiu reverter o horror da infância, com uma personalidade que conquista e é o tipo de Deus Grego que você ama de cara! 


Um mulherengo bem resolvido, que acreditava que Deus é felicidade, é amor, é bem estar, enfim o Deus dele não era o Deus de Isabel e sua família.
Quando Isabel começa a conviver com Enrico, antes de conhecê-lo ela já se questionava porque tanta submissão, porque tanta infelicidade?
O pensamento muda, outras vontades se estabelecem.
Como Isabel fez para sair do marasmo e romper a bolha da ignorância? Só lendo pra saber.
E quem a ajudou, quando tudo explodiu? Você não vai adivinhar!
Depois de duas filhas “deserdarem”, qual a atitude do pastor Sebastião, ante o fato consumado?


Esse livro pode ser uma ficção, mas acredite que pode ser a realidade de muitas famílias.
Parabéns a autora por essa joia!
Adorei que Rebeca e Isabel não se acomodaram com as regras impostas pelo pai e pela Igreja, fizeram valer seus argumentos.
Sinceramente mais um livro maravilhosamente bem escrito, pois Nana escreve com sabedoria sobre o assunto que aborda. Leia esse livro com mente aberta.

Sou muito fã dos livros, já li praticamente todos os que foram lançados em e-books, físicos e tenho todos! Muuuito amor por essa autora gente!


*livro cedido pela editora


Vou ficando por aqui amores. Até a próxima. Tchau!


Título: Pecadora
Autor (a): Nana Pauvolih
Editora: Essência
Número de Páginas: 384

26 comentários:

  1. Ola
    Eu li esse livro recentemente e agora quero poder ler mais títulos da autora, gostei bastante do desenvolvimento e elementos inseridos nas páginas. Adorei suas impressões e concordo plenamente que, pode ser uma história de ficção, mas diante de uma temática bem realista.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Olá adorei a resenha o livro parece ser muito interessante, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Não curto muito esse gênero, mas confesso que de tanto ver o banner desse livro na homepage do Skoob, e depois da sua resenha, vou acabar cedendo e lendo ele, haha.
    Adoro suas resenhas com gifs de kpop, haha <3

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Ah, querida!!! Amei a resenha. Muito obrigada pelo carinho com meu trabalho! Vou divulgar muito para meus leitores. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O-H M-Y G-O-D! *-*
      É um orgulho e um prazer enorme em conhecer e me aventurar nas suas estórias.
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha, e que tenha tirado um tempinho pra vir aqui no blog conferir. Me sinto uma resenhista e fã muito feliz. Obrigada pelos livros incríveis que proporciona a seus fãs. <3

      Excluir
  5. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro e devo dizer que nem mesmo a autora! :) ahah mas ainda bem que gostas tanto dos seus livros!!

    Enfim, a capa não me chamaria a atenção, nem a capa, mas acho ótimo que, mesmo sendo ficção, possa ser real em muitos casos..!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é destruidor mesmo, amei como a Nana soube mostrar como é difícil para uma mulher sair das amarras que lhe foram impostas a vida toda, principalmente quando ela sabe que não terá apoio de ninguém ao fazer isso.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lauri!
    Ainda não li o livro, só o conheço por resenhas. Sua resenha me deixou bem curiosa para saber tudo o que acontece nessa trama, viu? Achei bem convincente e instigante. Não sei quando, mas com certeza vou adiciona-lo na lista de leitura...
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Lendo esse livro, já poderia ter terminado.
    Mas não quero me despedir tão rápido da história.
    Algumas coisas em relação a família de Isabel me chocaram muito, principalmente por saber que isso é uma realidade.
    Tenho evangélicos na minha família, dos mais diferentes níveis, mas nunca ninguém foi tão radical quando o mostrado no livro.
    Estou amando o livro e o Enrico e já fui ler o final, me julg kkk, e adorei que a autora não anulou algumas coisas da vida de Isabel devido ao posicionamento religiosos do Enrico.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Estou com o livro aqui na pilha e será uma das minhas próximas leituras, acredito que vou gostar batante da história. eu adoro a narrativa da autora e cada vez que leio mais resenhas sobre os livros dela, fico ainda mais apaixonada.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Não curto o gênero, raramente abro excessão. Mas não encontrei na resenha de Pecadora um diferencial que levasse a leitura.
    Mas sua resenha está ótima, e o importante é que você se divertiu com a leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu conhecia a autora e sei quão boa ela é, achei bacana abordar esse tema, e como depois de um tempo os casamentos acabam esfriando. Me interessei, acho que justamente o que é capaz de curar minha ressaca literária. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Nunca li nada da autora, só ouvi falar de suas obras e sempre me falaram muito bem, sem falar que adoro o gênero erótico, então fiquei louca na sua resenha hahhaaha Achei bem interessante e diferente o tema, e super fiquei com vontade de dar uma chance para a leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Livro instigante esse, hein. O que me incomodou logo de cara foi o fato da Isabel ser casada, e pelo que pude constatar através da resenha é que ela irá trair o marido. Não sei se concordo muito com isso.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lauri!
    Eu até gosto dos romances eróticos, mas não nesse estilo onde o foco é o sexo em si e esse me pareceu ainda que tem traição, não de histórias nessa linha. Já li um livro da autora antes e não gostei da construção dos personagens e nem da narrativa. Mesmo assim parece uma boa dica para quem gosta do gênero.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Fiquei muuuuito curiosa pra conhecer essa história. Eu gosto do gênero, mas leio poucos, tento selecionar os que nao envolva cenas quentes demais, porque algumas me deixam encomodada. Mas eu fiquei curiosa por causa das irmãs que decidem não seguir as ordens rígidas dos pais. Vou anotar a dica e quando tiver a oportunidade lerei.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bom?
    Gente, confesso que teria medo de ler esse livro em publico por conta da capa, lembra MUITO a capa de Ninfomaníaca (até pensei que fosse sobre). E como n leio livros eróticos, acho que realmente não teria vontade de ler essa obra, apesar de compartilhar da idéia de Deus que Enrico tem, achei a premissa clichê 😕

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Já tinha visto uma resenha sobre esse livro e já está nos meus desejados.

    A sua opinião me deixou ainda com mais vontade, já quero! nunca li nada da autora mas fiquei bem curiosa para ler, parece ser incrível pois é um dos meus tipos de leituras favoritas.

    Beijos
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Lauri, como está?
    Essa é, sem mentira nenhuma, a terceira resenha que leio desse livro e ela foi tão positiva quanto as outras. A tua, porém, me deixou com séria vontade de conferir quem teria sido esse alguém ressurgido das cinzas para ajudar a nossa protagonista "pecadora", que disso não tem é nada. Sentir desejo e querer ter a própria vida não é pecado. Pois pecado é ser desonesto consigo mesmo e causar mal a outros por isso.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, Lauri

    Eu curto bastante o gênero e sempre leio coisas sobre os livros da Nana, o que desperta em mim grande curiosidade. Esse livro em questão me chama a atenção mas ao mesmo tempo não sei se leria, pous tudo leva a crer que rola uma traição aí no meio, e eu sou veementemente contra isso, é algo que realmente me tira do sério, então não sei se leria. Mas vamos ver...

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bom?
    Fiquei bem instigada com a premissa desse livro e já quero saber como o pastor reagiu quando duas de suas três filhas saem da bolha e das amarras que criou para elas! Fiquei curiosa em saber como vai se desenrolar a libertação dessa irmão casada, quem a ajuda e como ajuda.
    Já anotei a dica de leitura! Ótima resenha ^^

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Este livro é extremamente intenso!Eel mistura diversas coisas ao mesmo tempo
    Mas de uam forma surpreendente bem desenvolvida e isto é incrível
    O crescimento dos personagens tbm foi muito bom
    Quem não ar um Eurico na vida rsrsrs
    E está caso ficou maravilhosa mesmo

    ResponderExcluir
  22. Gente do céu, que livro incrível! Eu nunca imaginaria que ia ter uma história tão maravilhosa e apaixonante, e já fiquei curiosa para conhecer o Enrico e como ele irá mudar a vida dessa irmã e como tudo se desenvolverá. Gostei de ver essa questão da religião apresentada de uma forma boa, porque concordo plenamente que Deus é amor e não essas milhões de proibições. Realmente imaginava algo completamente diferente e encontrei uma história que eu me apaixonei! Obrigada pela dica!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  23. Oii
    Esse livro sempre me chamou atenção, e vamos combinar que essa capa é bem insinuativa kkkkk Nunca poderia imaginar que por trás das aparências o livro trás uma estória tão apaixonante assim, e como cristã, gostei de saber que trata de uma forma bem legal as formar de amor de Deus. Enfim, mais um livro que entrou pra listinha de leitura ♥
    Bjão
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá
    Assim que lançou esse livro já fiquei louca para ler por que já li outro livro da Nana e faz o gênero que eu gosto. Ela sabe muito bem como prender o leitor e os livros dela não é um todo hot ele tem uma estória maravilhosa por trás. A premissa desse livro realmente me deixou com mais vontade de ler até por que estou vendo só comentários positivos e isso aumenta mais ainda a minha vontade de ler. Sua resenha me deixou curiosa para saber um pouco mais sobre a a personagem principal. Já estou vendo que vou me apaixonar por esse livro, pois a Nana nunca decepciona. Beijos.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.