Menu

12.9.17

{As Meninas Recomendam} Setembro Amarelo: Animes!


Olá! Como devem saber, estamos no mês de Setembro. O mês Amarelo. O mês de falarmos de suicídio. Claro que não deveríamos reconhecer e abordar o assunto somente nessa época, afinal todo mês é ótimo para podermos nos conscientizar e conscientizar os outros sobre transtornos mentais, aqueles que são tão "menosprezados" pelo mundo, enquanto que a maior parte da população já tenha enfrentado ou ainda enfrenta esse mal diariamente, direta ou indiretamente.

Bom e já que estamos no assunto, eu gostaria de fazer algumas indicações de animações que eu conheço que abordam o tema. Sei que não são todos que se interessam por animes ou mangás, mas vou pedir à vocês, especialmente os que acham que não será "a sua praia", dê uma chance a pelo menos um dos filmes que eu vou indicar e aí você pode me dizer se realmente não foi "tudo isso" que eu disse.

Então, vamos pras indicações!

Colorful:


O primeiro é um dos meus favoritos! Meu queridinho! Que inclusive tenho que procurar para rever, já que faz um tempinho desde a última vez que assisti haha.

De acordo com a história, aqueles que cometem algum tipo de pecado em vida, ao morrer, não terão direito ao ciclo da vida, ou melhor: à reencarnação. E esse é exatamente o caso do nosso protagonista em Colorful, um espírito que está prestes a embarcar no tal trem que leva ao "destino final". Porém um "anjo" aparece e lhe diz que é um dia de sorte, afinal ele foi escolhido para uma segunda chance na Terra! Mas para isso, ele vai ter que se lembrar desse tal pecado cometido em sua vida para poder realmente garantir esse "prêmio".

O teste é aparentemente simples: o espírito terá que viver no corpo de um menino de 14 anos, chamado Makoto, que tentou se suicidar, enquanto tenta recuperar suas memórias de vida.

Mas as coisas não serão tão fáceis e o nosso "Makoto" terá que se esforçar muito para realmente ser o garoto que deve ser. Em meio à tudo isso, ele vai descobrindo as razões por trás da tentativa de suicídio, enquanto que aprende sobre a natureza humana.

O filme todo é muito interessante e nos trás uma mensagem bonita, nos ensinando que somos muito mais do que aquilo que falam ou até mesmo do que pensamos que deveríamos ser. Somos muita coisa pra ser uma coisa só. A vida não é "preto ou branco" a vida é uma mistura dos dois e de muitas outras cores, quantas cores for possível enxergar e está tudo bem ser assim.

Koe no Katachi: 



O segundo filme é bem recente, foi lançado em Setembro do ano passado e devo dizer que era uma das minhas grandes espera do ano todo, já que eu havia lido o One Shot dele (uma espécie de capítulo piloto do mangá) por alguma página do Facebook e eu tinha me apaixonado instantaneamente!

Koe no Katachi, ou A Voz Silenciosa, em uma tradução mais livre para o português, nos traz a história de um rapaz chamado Shouya Ishida, em seus últimos anos do Ensino Médio que está atrás de resolver seus assuntos pendentes e consertar erros passados, a fim de pôr fim à própria vida. Um desses erros se refere à uma menina surda que fez parte de sua classe quando estavam na 6ª série, com a qual ele cometeu diversos atos maldosos, juntamente com os colegas de classe.

Após a mãe da menina entrar em contato com a escola e transferir a filha, Ishida é apontado como único culpado da história e ao longo do tempo é deixado de lado por todos os outros alunos, sofrendo das mesmas punições ou até piores que aquelas que realizavam com Shouko.

A animação é muito linda, do começo ao fim. Acho que nunca fiquei tão encantada com uma animação antes. Além da história comovente e dos personagens inteiramente (e até mesmo irritantemente) reais em diversos aspectos. Eu devo dizer que demorei um ano pra finalmente ver o filme, apenas porque não tinha tempo e/ou a disposição para fazê-lo, mas no momento em que ele começou, eu só podia ficar me perguntando "por que diabos eu demorei tanto para ver esse filme??"

O enredo é "pesado" no sentido de que você sente tudo aquilo pelos personagens, você se comove ao ver o quão difícil é para Shouko poder se enturmar de verdade e o quanto ela tenta se manter positiva em meio à tudo aquilo. Ela sempre sorri para os outros, mesmo quando não entende o que eles estão querendo dizer, além de tentar fazer com que eles também a entendam. Assim como ficamos um pouco simpatizantes ao ver como ao longo dos anos tudo isso que se voltou para o protagonista o afetou, de maneira que você consegue enxergar nitidamente os traços de ansiedade que ele apresenta nos anos atuais de escola.


Esse filme merece ser visto apenas pela linda animação que ele têm, mais ainda pela história e tenho que dizer que o desfecho me foi muito surpreendente, com certeza diferente do que eu esperava, mas também me deixou muito satisfeita de ter apertado o "play" pra começo de conversa.

Ah! Além disso, o filme conta com frases/conversações em línguas de sinais, o que acho que é algo bem interessante à ser mostrado, ainda mais em animações.

Orange:



O último indicado da lista, na verdade não é um filme, mas uma série curta de 13 episódios. Baseado em um mangá com o mesmo nome, Orange possui uma história comovente sobre seguir em frente, além de uma pitada de Sci-Fi no enredo.

Um novo ano está começando e com ele o colegial também se inicia para Naho e seus amigos, porém logo no primeiro dia ela recebe uma estranha carta, dizendo ser de si mesma, do futuro. Nela estão escritos eventos que se realizam naquele dia e nos próximos e apesar de ela ainda não saber no início, seus amigos também receberam cartas similares de seus "eu's" de 10 anos no futuro.

Embora cada uma delas possuam "conselhos" um pouco diferentes a se seguir, por se tratar de pessoas diferentes e diferentes situações, todas têm um objetivo em comum: impedir que cometam os mesmos erros que os remetentes, erros estes que estão ligados com o novo aluno em sua classe, Kakeru, que em algum momento de seu ano letivo, comete suicídio.

A história é sem dúvida bem interessante e diferente, para dizer o mínimo. O desenrolar foi um pouco lento, ao menos, pelo que eu me lembro, mas eu acho compreensível, por conta da reação que se têm ao receber cartas supostamente do futuro.
O final me foi muito satisfatório e acho que uma coisa
 a se levar em conta, é que, ao pensar no personagem Kakeru, em todos os momentos (ou a maioria deles) ele sempre se mostrou sorridente e animado com seus amigos, apesar de tudo com que ele estava lidando em sua vida no momento. Com toda a certeza, a determinação de seus amigos em tentar ajudá-lo e estar ali para ele foi algo mais do que importante.


Bom, "peoples"! Essas foram as minhas indicações!! Espero sinceramente que gostem e, àqueles que ainda ficam um pouco com o pé atrás, se deem a chance de experimentar. Ao menos os filmes que indiquei. Sério, Koe no Katachi é a coisa mais linda pela qual você vai chorar (porque você vai chorar), confie em mim!

Eu provavelmente teria muito o que dizer em relação à essas indicações, mas eu acho que mal teria espaço pra eu escrever tanto haha! E bom, se você for mesmo se aventurar por essas lindas histórias, eles vão te dizer o suficiente.

 Acho que mais do que tudo essas animações servem pra mostrar algo óbvio que estamos cansados de ouvir ou ler pelas redes sociais e copiar e colar em nossos murais, mas nem sempre realmente tomamos como algo a praticar diariamente, que é: há mais acontecendo na vida, na mente, no coração de uma pessoa, do que aquilo que podemos enxergar, ou aquilo que ela escolhe nos mostrar. E que há consequências para tudo que falamos ou fazemos, às vezes podemos pensar coisas como "ah, mas isso é exagero" ou dizer algo como "existem pessoas em situações piores", mas adivinha só: saber ou lembrar que há pessoas em "situações piores" não faz a dor da pessoa desaparecer, no mínimo só vai fazê-la se sentir culpada por estar pedindo ajuda ou dizendo como se sente, o que provavelmente vai "forçá-la" a não fazê-lo de novo.

De verdade, não sejam esse tipo de pessoa...

Se alguém aí já chegou a assistir algum dos que eu indiquei, comentem o que acharam! E se conhecem alguma outra animação com a mesma temática, me falem, eu adoraria assistir!

Espero que tenham um ótimo dia e que continuem firme. O que quer que você esteja passando, eu tenho certeza que não vai durar para sempre. You got this!
Até a próxima! ( ´ ▽ ` )ノ

10 comentários:

  1. muito legal, fiquei curiosa, como ja disse não é algo que eu esteja acostumada a ver
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Bianca;
    Vi várias postagens sobre o setembro amarelo e a sua foi de longe a mais criativa.
    Não sou muito fã de animes, mas cai na bobeira de começar a ver Death Note e não consigo mais parar rsrs, simplesmente amei.
    Então vou ficar com suas dicas, vai que uma hora dessas rola.

    Beijão.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha fico feliz que tenha gostado. E dá uma olhada sim, daí me fala o que achou! Se acabar gostando posso até indicar outros :D

      Excluir
  3. Oi tudo bem?
    Confesso que nunca vi nenhum anime mas tenho curiosidade em um dia começar a assistir então já anotei Koe no Katachi.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filme lindo, vale a pena!! Acho que vai adorar! <3

      Excluir
  4. Oiee Bianca ^^
    Eu ainda não conhecia os animes que você indicou (até porque eu conheço muitos poucos haha'), mas fui imediatamente fisgada pela premissa de "Colorful", inclusive já anotei o título bem grande aqui no meu caderno pra não esquecer de procurar...haha' Quero muito ver "Orange", mas, primeiro eu estava querendo ler os mangás. A história de "Koe no Katachi" parece um pouco pesada mesmo, mas fiquei curiosa para assistir. Adorei as indicações!
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orange eu apenas li o mangá, pois já tinha ouvido falar, antes do anime, é muito bom mesmo!
      Koe no Katachi é um dos filmes mais lindos que vi recentemente! Espero que goste!

      Excluir
  5. Acho que a conscientização sobre o tema é extremamente pertinente e eu adorei o seu post e principalmente, a forma como você finalizou. Fique firme!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Bianca. :)
    Sou adoradora dos animes das antigas rs. Yu Yu Hakusho, Dragon Ball Z e Naruto.
    Pra ser bem sincera não vou atrás de novos animes, ao contrário do meu irmão que ama de paixão e está sempre assistindo um diferente rs.
    Adorei o post e conhecer um pouco desse anime, achei até bem legal. Vai que dou uma chance né?
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  7. oie, adorei as indicações, apesar de não assistir animes, séries, filmes e essas coisas. O suicídio e depressão infelizmente existe e precisa ser trabalhado, e é sempre bom nos conscientizarmos.

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.