Menu

21.1.17

{Parceria} Editora Sinna


É com grande prazer que anuncio a nova editora parceira do blog: Editora Sinna!

É uma editora dedicada a publicar autores nacionais realmente dedicados à escrita e oferta a eles o melhor do mercado editorial brasileiro: um trabalho diferenciado e de qualidade.

Conheça: Editora Sinna
Facebook: Editora Sinna

Catálogo

A Herdeira


Criada em um pequeno bairro chamado Forecast, Kate West nunca foi uma garota exatamente normal. Determinada, com segredos e um medo absurdo de se apaixonar, ela conseguia viver bem tendo apenas relacionamentos passageiros, os quais chama de R.A., mas a sua vida está prestes a mudar quando sua avó, já falecida há quatorze anos, lhe envia uma mensagem.
“Sua herança vai chegar. Aceite a mudança quando 21 primaveras completar”.
Curiosa, Kate tentará descobrir o que precisa aceitar, porém uma herança nem sempre é o que se imagina.
Em meio a rotina da faculdade, a chegada de um novo aluno e o misterioso homem de olhos azuis que sempre a salva nos pesadelos, Kate terá que lidar com os perigos que surgirão no caminho.
Descobrir a sua herança não será uma opção.

A Maldição Gricem
Saga A Herdeira - Livro II

Três despedidas. Uma decisão. Sacrifícios.
Kate aceitou sua herança, porém não tinha ideia do que o destino lhe reservava. Segredos perdem seus mantos, traições despedaçam corações, versões são contadas, mas em quais acreditar? Algumas descobertas podem ser perigosas, outras deveriam permanecer enterradas e, em meio a uma situação arriscada, a herdeira precisará tomar uma decisão importante.
“De que adianta a magia, senhorita Kate, se não for para salvar aqueles a quem amamos?”. Quem pagará o preço pelas suas escolhas? Até que ponto alguém iria para viver?
Você quer conhecer a Maldição Gricem? Abra este livro e descubra...
Mas se o segredo não puder proteger, um sábio conselho lhe dou:
“Finja não saber!”

Antologia Entre Amigos

Amigos são capazes de cometer loucuras.
Não devem, mas se despedem. Misturam as estações e se amam. São a salvação um do outro. Fazem sacrifícios. Colorem a vida. Mostram o que realmente importa para ser feliz e, às vezes, infelizmente partem para sempre ao cumprirem suas missões aqui. Mesmo assim, a vida Entre Amigos é
mais feliz.

A Acusada

Um bilhete, um diário, o que realmente há por trás dos alunos mais populares de um Colégio?
Aos 17 anos, Marina Moura consegue uma bolsa para realizar seu sonho do intercâmbio em Toronto, Canadá.
O que ela não esperava é que fosse obrigada a se enfiar em uma investigação para desvendar um assassinato e, menos ainda, que fosse ser a acusada pelo crime.
Todos são suspeitos. Como confiar em alguém? Será mesmo que ela é inocente? Marina conseguirá se livrar da acusação? Ou o assassino será mais esperto?
Era para ser o intercâmbio dos sonhos...

Na Mesma Página


Giuliana Gouveia, 22 anos, moradora da Tijuca, Rio de Janeiro.
Recém-formada em letras busca uma vaga como professora de português.
É dedicada, possui experiência em aulas particulares....
E blá... blá... blá... Nada disso estava sendo suficiente para que Giuliana alcançasse seu desejo de ser professora. Naquele instante, seu sonho era como um jardim repleto de flores mortas ou destroçadas. Seria ela capaz de recuperá-lo?!
Seu noivo, contador bem-sucedido de uma grande rede de hotéis, acredita que só podemos almejar uma coisa na vida, no caso dele o dinheiro, e que sacrifícios precisam ser feitos para que um de seus desejos seja alcançado.
O chefe tempo parece disposto a misturar o passado de Giuliana ao presente, trazendo oportunidades para o futuro e a empresa vida vai lhe mostrar, através de um certo alguém, que talvez possamos
ter tudo que quisermos, bastando que sejamos quem queremos ser.
Será mesmo que amor, sonho e sucesso não ficam na mesma página da vida?


Estamos felizes com essa nova parceira do blog! 

Muito obrigada pela confiança, Editora Sinna!

E vocês, o que acharam do catálogo da editora? Deixe suas impresões nos comentários!

20.1.17

{Dica de Leitura} Vidas Roubadas


A nossa Dica literária de hoje é da autora Ana Cláudia Esquiávo! Ela está divulgando seu primeiro livro, que já é sucesso no Wattpad e agora está indo para sua versão física!

Vidas Roubadas
Ana Cláudia Esquiávo

Editora: Multifoco
Joana Prates torna-se uma revelação no mundo da moda ao desenhar e costurar vestidos de presidiárias para um desfile na cadeia, onde fora presa injustamente aos 33 anos. Acusada de sequestrar um bebê, após uma armadilha plantada pela irmã mais velha, ela encontra a consagração ao sair da penitenciária, mas precisa lidar com os fantasmas do passado e traumas causados pela sua conturbada família.
O reconhecimento profissional traz inúmeras entrevistas onde ela é obrigada a explicar os motivos que a levaram à prisão. Durante seu primeiro desfile, ela conhece Alexia Soares, uma respeitada jornalista do jornal Diário Mundial. A repórter foi obrigada por sua editora-chefe a abandonar o jornalismo investigativo ao iniciar uma intrigante e terrível investigação sobre tráfico de bebês, que causou riscos a própria vida.
Obrigada a entrevistar Joana, Alexia descobre elos entre a injusta prisão da estilista, a matéria que estava investigando e a promessa feita a sua mãe, que nunca conseguira cumprir, de encontrar a irmã desaparecida.
Para limpar sua honra, Joana aceita ajudar Alexia a concluir a reportagem para desbaratar a perigosa quadrilha e mergulham em um mundo onde verdades que ambas nunca pensariam ter que enfrentar são reveladas.
Wattpad: Link
Página: Vidas Roubadas

Sobre a autora







Ana Cláudia Esquiávo, 35 anos, é carioca, formada em comunicação pela Universidade Estácio de Sá e recebeu um prêmio de Menção Honrosa pelo documentário “Filhos da Grade” durante a faculdade. Trabalhou como assessora de imprensa e assistente administrativo. Hoje publica seu primeiro livro “ Vidas Roubadas”.








19.1.17

{Lançamentos} Janeiro: Penguin Companhia


Admito que não li muitos livros que envolvem Sherlock Holmes, apenas um que nem é do dignissimo Sir Arthur Conan Doyle. Mas que também é dedicado a Moriarty e sem dúvidas é o melhor vilão!

Esse novo lançamento da Penguin está muito bonito, a capa é de arrasar!

O livro de Moriarty
Arthur Conan Doyle

Cinco contos e um romance que reúnem todas as histórias do maior vilão de Sherlock Holmes
O Napoleão do crime. É assim que Arthur Conan Doyle define o professor James Moriarty, arquirrival de Sherlock Holmes e um dos grandes vilões da literatura universal. Não há crime em Londres, do mais banal dos roubos ao mais terrível dos assassinatos, que não tenha sua mão.
Na obra de Doyle, Moriarty aparece como uma sombra: raramente o protagonista de uma história, sempre atrás das cortinas, em breves menções e alusões. Este volume reúne todas as histórias de Sherlock Holmes em que o professor dá as caras. São cinco contos e um romance que mostram a construção deste que acabaria se tornando um modelo de vilão e o personagem mais emblemático de Doyle depois do seu rival Sherlock Holmes e de James Watson.

{Resenha} Em Suas Mãos



Autora: Bianca Briones
Editora: Independente
Sinopse: Luiza é uma advogada bem-sucedida que busca crescer mais a cada dia, sem abandonar seu principal objetivo: ajudar pessoas. Ela sabe o quanto precisou lutar para conquistar sua posição e valoriza muito sua vida profissional. André é um paisagista apaixonado pela natureza e pela vida. Apesar das mágoas causadas por um casamento fracassado, ele ainda acredita que o amor está por aí, esperando para germinar, como as sementes de suas flores. Luiza se fechou para o amor. André tem o amor na ponta dos dedos. Quando seus caminhos se cruzam, cabe a Luiza escolher se deve se abrir e a André aceitar ou não a proposta que vai mudar a vida de ambos para sempre. Mas antes ele precisa decidir até que ponto iria para salvar sua família. 'Em suas mãos' conta a história de um amor improvável e ao mesmo tempo destinado a acontecer.




Luiza é advogada, mas não uma advogada qualquer. Ela trabalha no escritório Albuquerque e Filhos, um dos mais conceituados escritórios de advocacia. Ela sempre lutou para ganhar sua atual posição, mas sem nunca esquecer aqueles que são injustiçados. Por ser negra, Luiza já sofreu muito preconceito e ainda sofre, no entanto, ela não é mulher de se deixar abalar e corre atrás de seus objetivos.

Mas no amor, Luiza ao invés de se abrir, ela se fecha. As marcas do passado não a permitem deixar alguém se aproximar suficientemente. Aos nove anos, quando seu pai fez sua mãe sofrer, Luiza decidiu nunca se apaixonar. O trabalho é seu verdadeiro foco de vida, até um encontro bastante inesperado e regado a muita areia mudar tudo. rsrsrs...


“Ouvi uma amiga da mamãe dizendo que o amor a deixou doente, que quando a gente se apaixona pela pessoa errada, a consequência é sempre dor.”

André era dono de um bar bastante famoso em São Paulo, mas uma esposa e um amigo traíra mudaram tudo. Sem dinheiro no bolso, ele volta a morar com a mãe e a irmã. E para se sustentar estava sempre fazendo bicos, até que uma boa proposta de trabalho aparece. A partir daí ele pode se erguer e abrir sua empresa de paisagismo.

“Da forma que as pessoas em que mais devemos confiar podem nos trais, o universo trata de equilibrar as coisas trazendo para perto de nós aqueles que nos fazem bem porque isso é certo a se fazer.”

Luiza e André tem muitas cicatrizes do passado e os dois acabaram se encontrando. O destino quis juntar esses corações arrasados e fazer muita coisa boa poder brotar dele. É muito lindo vermos o destino querendo uni-los e de quebra com a ajuda da família mais intrometida. Os dois ainda tem muito o que superar com seus passados, mas um bom passo é a união dos dois. <3 Com isso, será que tem mais desses dois vindo por aí?


Para mim, Bianca Briones é dona das melhores frases de livros. Sempre tem uma que nos arrasa, para logo depois nos consolar na medida em que os personagens vão crescendo e aprendendo com a vida. É impossível não ficar emocionada!

Para quem está ambientado no mundo da série Batidas Perdidas, sabe que o escritório a qual Luiza trabalha pertencem ao pai de Branca e Bernardo. E óbvio que eles vão dar o ar de graça nessa história! E não só eles, praticamente a família inteira. Um destaque especial para meu tatuado favorito: Rafa. É sempre com uma enxurrada de palavrões que esse personagem tão marcante aparece para dar uma de suas palavras de sabedorias. Mais Rafa, por favor!

Em Suas Mãos é um conto que lemos em uma sentada de tão curtinho e maravilhoso que é. A escrita da Bianca Briones é sempre muito fluida e gostosa de se ler. Quando a gente percebe já está no final e com gosto de quero mais. Fiquei muito viciada nessa família intrometida e amorosa. Todos estão sempre se metendo na vida dos outros para que esses possam encontrar a felicidade. Que família!


E fiquem ligados que em breve tem mais novidades. 

18.1.17

{Lançamentos} Janeiro: Editora Paralela


O lançamento deste mês da Editora Paralela é um livro de romance com quê de mistério.  A capa está maravilhosa e o local em que se passa a estória não poderia ser mais exótico!!!

confira!
Dinah Jefferies


Um homem atormentado por seu passado. Uma mulher diante da escolha mais terrível de sua vida.


Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurencek no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império.

Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos.

Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita.

{Canal} Agora temos um canal no Youtube!!!


O ano de 2016 para nós foi um ano de plantar sementes. De sentar com calma e planejar o que queríamos com o blog e como o faríamos.

Crescemos muito no ano de 2016. Foi um trabalho de formiguinha, de horas a fio fazendo posts, criando novo conteúdo, lendo para sempre trazer uma boa resenha para o blog.

Trocamos o layout para algo que seja a nossa cara e ficamos com tanto orgulho do resultado.

Não poderíamos estar mais felizes, olhando para trás e ver nosso avanço.


E este ano, estamos começando a colher o que tão carinhosamente plantamos.

Chegamos, orgulhosamente, a mais de 5mil seguidores em nossa página no Facebook, já ultrapassamos a marca de 3,7mil seguidores no blog e muitos mil mais em nossas outras redes sociais. Não esperava um desenvolvimento tão grande em tão pouco tempo, mas tinha a esperança de que conseguiríamos chegar onde chegamos hoje.

E agora, queremos ultrapassar e ir ainda mais longe.

Agradeço muito a todos que nos acompanharam em 2016 e as meninas e menino que estão conosco nesta caminhada! Vocês são muito importante para nós!

Nossos agradeciemntos também vão para nossas editoras parceiras e nossos autores parceiros, por sempre estarem conosco em nossas empreitadas! <3

E, para comemorar todo esse avanço, nós decidimos começar o nosso Canal no Youtbe!!!


Foi muito divertido fazer esse primeiro video. Eu e a Amanda rimos demais, nos divertimos muito fazendo o video, embora pareça que estamos completamente duras. E estamos! Isso vai mudar com o tempo, basta nos acostumarmos em estar na frente da câmera para vocês!

E não sou metida, eu juro!!!

Acesse, curta, inscreva-se! Faça parte também dessa nova empreitada do blog!

Quando completarmos 500 inscritos no canal, vamos sortear um livro e 10 marcadores de página sortidos!


Quando a meta de 500 inscritos ser atingida, sortearemos entre aqueles que comentaram no vídeo!

Falaremos o resultado em um novo vídeo, mostrando a carinha e o nome do ganhador! A pessoa precisará entrar em contato nos enviando seu endereço completo via e-mail (asmeninasqueleemlivros@gmail.com) para que assim seja possível enviar seu prêmio, okay?

A única regra, além de curtir o canal, é residir em território nacional.

Chame seus amigos, convide-os a se inscrever no canal também! 

Participe do nosso sorteio!

E obrigada ao pessoal da Incube por nos ajudar em nosso canal! Sem vocês, isso não seria possível nesse momento!

17.1.17

{Lançamento} Janeiro: Companhia das Letras


Este mês a Companhia das letras nos apresenta um clássico húngaro!!!

Só para quem quem pode, beibê!

Os meninos da rua Paulo

Ferenc Molnár

Clássico da literatura infantojuvenil húngara em nova edição pela Companhia das LetrasPublicada em 1907, a história dos meninos que travam batalhas pela posse do “grund” da rua Paulo, um pedaço de terra cercado onde se brinca à vontade, é conhecida por leitores de todo o mundo. A luta pelo “grund” vai além da vontade de comandar o local: ali, infância e fantasia prevalecem sobre as imposições do mundo adulto. O espírito de aventura, amizade e heroísmo presente nesta obra é capaz de transpor qualquer barreira de tempo, espaço ou idade. Esta nova edição conta com, além dos textos presentes na anterior, uma orelha assinada por Luiz Schwarcz, um posfácio de Michel Laub e um glossário.

Só tem nome de peso marcando essa nova edição de Os meninos da Rua Paulo!!!

{Parceria} Autor Parceiro: André Souto


Temos o grande prazer de informar que somos parceiras do autor André Souto!

André é autor de romances policiais, um gênero muito adorado aqui do blog! As Primeiras Impressões de seu livro Osso do clima, você pode ler aqui.

Sobre o autor


André Souto nasceu em 1982 em Minas Gerais. Com formação em Geografia e Direito, diplomou-se Mestre em Geotecnia pela Escola de Engenharia Civil da UFG. Atua como servidor público do Judiciário Federal e professor universitário. Morou em algumas regiões do Brasil antes de retornar à Brasília, palco de seus textos, que envolvem subgêneros da literatura policial em um ritmo moderno e instigante que deram origem às obras Ossos do Clima e Cubos de Marfim, terceiro lugar e menção honrosa do Prêmio Literário e Audiovisual Mark Wertz.

Sobre o livro Ossos do Clima

Ossos do Clima é o primeiro romance de André Souto, publicado pela Editora Arwen (2017).


A trama do romance é centrada na pesquisadora da UnB Alice Gianne, portadora de Alexitimia, um tipo de autismo que inibe as respostas emocionais, no entanto, com o desaparecimento do renomado cientista Caio Sodré após um incêndio criminoso, ela tem motivos suficientes para encontrá-lo, lançando-se em um tormento de evidências e mensagens enigmáticas. Em paralelo, Amilton Vidal, um especialista em roubo de artes, que, ao encontrar um artefato dentro de um museu em Londres, se vê em uma espiral mortífera que o faz enfrentar seus fantasmas do passado. Ossos do Clima parte desse momento, quando tudo parece aleatório em um vórtice que permeia a Organização das Nações Unidas, onde as migalhas colocam os dois na mira de grupos militarmente treinados que iniciam uma caçada pelas ruas de Brasília, prestes a sediar a Cúpula Mundial do Clima. Entre inúmeras perguntas sem respostas, as estórias dos dois se cruzam e ambos são enredados em uma conspiração internacional que entremeia assassinatos brutalmente cometidos com dados que questionam algumas das nossas mais íntimas certezas, despertando a curiosidade para seus significados em episódios onde as investigações e conflitos são alimentados por uma complexidade moral orquestrada sobre uma teia eletrizante repleta de intrigas, reviravoltas e mistérios.

Pré-venda: www.arwenbooks.com.br/ossos-do-clima

Muito obrigada pela confiança, André! 

Que nossa parceria seja duradoura!

16.1.17

{Resenha} Filho das Sombras - Sevenwaters #2


Título Original: Son of the Shadows
Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Sinopse: Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões.
A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido
como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram...

“É preciso ter muita força para sobreviver aos jogos dos Seres da Floresta.”
Filho das Sombras, segundo livro da trilogia Sevenwaters, se passa alguns anos depois de Filha da Floresta que já foi resenhado aqui. Vi que algumas pessoas dizem que não é sequencial... Mas acredito que é sim. Então, se você pretende seguir essa trilogia, já aviso que a resenha pode ter spoilers do primeiro livro (e talvez um pouquinho do segundo), ok?

Sorcha e Iubdan – Hugh de Harrowfield - estão casados há muitos anos. Vivem em Sevenwaters junto de Liam, um dos irmãos mais velhos de Sorcha que lidera o exército e o castelo. O casal tem três filhos: um casal de gêmeos, Liadan e Sean, e Niahm, uma linda e mimada jovem. A vida foi boa com eles, embora a guerra pelas ilhas ainda não tenha cessado. Dois irmãos de Sorcha e Liam foram perdidos para ela...

Connor é um druida da floresta e traz alguns de seus companheiros para a comemoração de Imbolc. Entre eles, o jovem Ciarán, que causa um rebuliço danado com sua presença entre as jovens do castelo. Muitos amigos da família estão presentes, entre eles Eamonn e Aisling, amigos de infância das crianças. Eamon, porém, já o líder de seu clã.

Liadan é a cara de sua mãe e também possui seus dons de cura e consegue fazer contato com os seres da floresta. É uma menina simples, que se contenta em ficar no jardins ou correr pela floresta de Sevenwaters... Não tem desejos de se casar com um homem poderoso ou ser dona de seu próprio castelo. Contenta-se em ajudar as pessoas, tal como a mãe o faz. 
“Aprendi a crer que os seres da floresta guiam nossos passos. Que é através de nós que eles concretizam seus grandes planos. Mas você não faz parte desse esquema. Talvez você seja especial.”
Mais uma vez, a roda gira. Os Seres da Floresta sempre tramam com as vidas humanas, e Liadan conhece uma profecia: a profecia de que um filho de duas raças irá reconquistar as Ilhas Sagradas e ela logo aprende que não há como esquivar-se de seu destino.

Durante uma viagem, Liadan é sequestrada por ser uma excelente curandeira. Mal sabia ela que, ao cuidar do enfermo, sua vida estaria mudada para sempre. Está presa entre mercenários, que não possuem espaço para mulheres. Sabem como o mundo medieval nos tratava: somos inúteis, feiticeiras que tiram os homens de seus destinos e é assim que ela é tratada pelo líder do bando.



Bando este que ela sabe que tem prejudicado o reino de Eamonn, aquele o qual sua família possui aliança. E alianças em tempos de guerra, são a potência de um reino.

Embora preocupada com os seus, em especial com sua mãe, ela faz o trabalho para o qual foi sequestrada. E, nesse meio tempo, descobre que os mercenários podem ser pessoas também. Exceto pelo Chefe que, desde o primeiro instante, não ocultava o fato de que o destino da moça era incerto. 
“Pois você deveria se preocupar – eu disse, agora com a voz mais calma. – Morrer sem conhecer a si mesmo é a pior coisa que pode acontecer.”
Esse livro é sobre como deixamos nosso orgulho nos vendar os olhos, como nossos julgamentos podem atrapalhar as relações que estabelecemos. 

Eu gostei de como os personagens secundários foram explorados, especialmente os mercenários. Sério, cada um deles possuía características únicas ligadas a seus comportamentos e habilidades – e geralmente nomes de animais, como Dog, por exemplo. Leal, extremamente leal. Pessoas de diferentes nacionalidades se uniram a esse bando e são os melhores no que fazem.

E é isso que leva Sean a pensar em contratá-los, pois precisam das Ilhas... ou Sevenwaters perecerá. Há um grande mal e ele está muito perto, na face de alguém já conhecido no primeiro livro.

Há grandes revelações e tramas que são ligadas ao livro anterior. É um livro extremamente emocional, uma vez que tudo é narrado pela perspectiva de Liadan... E ela sente e vê muito. Alianças inesperadas são formadas e alianças que, uma vez firmes, foram facilmente desfeitas por conta do ego masculino. Mas é como dizem... Geralmente nos tornamos semelhantes a nossos pais.
“É cruel uma mulher ter que enganar para se proteger. Muitas fazem isso para tornar sua existência um pouco mais tolerável.”
É terrível a forma como a violência doméstica é retratada... E como isso pode fazer uma mulher se sentir. Foi agoniante assistir a personagem (deixo claro aqui que não vou dar nomes!) definhar, desaparecer e achar que ainda era culpa sua.

Liadan é forte. E é isso que encanta os seus amigos e que os fazem protege-la. É forte e não hesita em ajuda-los, independente do que todos ao seu redor pensem. É corajosa, sincera e sabe o que quer, embora sofra muitas vezes, pois sabe que o que deseja pode não ser aquilo que terá. Nunca se sabe o que os Seres da Floresta estão tramando. E ela luta, luta contra tudo e todos que se colocam em seu caminho, entre os anseios de seu coração.

Apesar de ter enrolado um pouco para terminar a leitura, eu gostei bastante. Mais ainda do que do primeiro livro. Lhe pega de surpresa várias vezes, então você também acaba se sentindo pego nas manobras dos Antigos. 

A capa metálica em azul é maravilhosa, com um corvo na cama em meio as sombras de uma floresta. A diagramação é linda, segue os traços celtas que eu tanto gosto. Há penas de corvo desenhadas a cada início de capítulo e os erros de digitação são bem poucos. 

Gostei muito da história e achei uma continuação digna da história de Sorcha e os irmãos cisnes.


“Mas acho que o mundo é simples, em sua essência. Vida, morte. Amor, ódio. Desejo, realização. Magia. Talvez só esta última seja complicada.”
Nota no Skoob: 4 estrelas.

15.1.17

{Resenha} Jantar Secreto



Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia Das Letras
Sinopse: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.


Um convite muito especial está sendo feito a você leitor. Venha participar desse jantar secreto tão solicitado e requintado com pratos exóticos e de ótima qualidade!

Junte ser jovem de um país em crise com falta de emprego na sua área, não ter reconhecimento, não estar satisfeito com um emprego que paga mal e adicione tudo isso ao desespero com a situação financeira. Essa história pode acabar muito mal...

Quatro amigos, Dante, Miguel, Hugo e Leitão vão morar sozinhos no Rio de Janeiro. Os quatro rapazes estão cheios de sonhos para realizar: cursar a universidade, conseguir um bom emprego e ser bem sucedido. Hugo que ser mestre de cozinha, Miguel quer ser médico, Leitão quer trabalhar na área da computação e Dante que ser administrador. Porém, cinco anos se passam e os obstáculos nesse período vão atrapalhando pouco a pouco o sonho de cada um deles e os deixando enfadonhos e desmotivados. Ser jovem e cheio de sonhos na situação atual do país não lhes trazem nada de bom.


“Uma vez formado, esperava trabalhar em uma empresa sólida, juntar dinheiro suficiente para capitalizar meu próprio negócio e conseguir realização profissional antes dos trinta. O sucesso só faz sentido quando se é jovem.” Página 24

“Muita coisa não estavam nos livros. [...] Não havia nada sobre ser jovem e formado em administração. Nada sobre buscar emprego na sua área e não conseguir. Nada sobre ser ignorado.” Página 24

Dante é formado em administração pela UERJ, mas não consegue arranjar emprego em sua área e tem que trabalhar em uma livraria onde os clientes vão a procura de livros sem saber o título ou o autor ou com as intermináveis lista de materiais escolares. Seus amigos também não estão em melhor situação. No entanto, a vida deles está prestes a mudar quando Dante recebe a notícia do corretor que o apartamento não foi pago nos últimos seis meses e que eles serão despejados em duas semanas. Leitão não estava pegando o aluguel, estava gastando tudo com a namorada/prostituta Cora.


Desesperado, Hugo tem a ideia de se cadastrar no site JantarSecreto.com onde o objetivo é fazer um jantar exótico para pessoas desconhecidas como uma espécie de aventura gastronômica para elas e poder ganhar um dinheiro para tentar saldar uma parte da dívida. Entretanto, além de acabar com o dinheiro do apartamento, Leitão decide fazer uma brincadeira e coloca no site que a carne servida será humana e cobra um bom preço pela refeição, porém o que ele e os outros não imaginavam era que pelo menos 10 pessoas ficariam interessadas e a partir daí suas vidas dariam uma volta de 360°.

A narração é em primeira pessoa e fica por conta de Dante. O acabamento do livro está muito bem caprichado. A lombada das folhas está vermelha e a capa com alguns respingos de sangue dão um toque a mais. Por dentro, o livro contém troca de mensagens no WhatsApp dos rapazes, cardápio do jantar e muitas mensagens deixadas em banheiros públicos. O livro não poderia estar mais caprichado!

“O cagaço motiva
O recalque constrói.” Página 182

                                         
Já tive a oportunidade de ler O Vilarejo do autor, tem resenha no blog, e eu adorei a experiência. Raphael Montes tem uma escrita única, ele escreve com muita precisão e talento. Tem uma leveza na escrita que me encanta e me faz querer sempre vir a ler algo que ele possa lançar.

Jantar Secreto é escrito com toques de ironia e humor negro que fazem a leitura fluir rapidamente. Mesmo a história contendo muito sangue, personagens fora de controle, ambiciosos e mórbidos, Raphael Monte é mestre em nos fazer assistir sua história de camarote. Foi impossível não parar de pensar em como esse livro iria terminar, mesmo com a primeira cena contendo um pedaço do final dessa história. Como dar um final digno a uma história tão bizarra? De fato foi O FINAL. Estou até agora chocada com tanta ousadia. Não sei se fico horrorizada com o final ou admirada com a genialidade do autor.

Além de a história ser fantástica, o livro me remeteu a reflexão. Quantas vezes não comemos com gosto a nossa carne de cada dia e nem por isso sentimos pela vaca ou pelo porco? Ou se sentimos, esquecemos logo depois de uma boa garfada. Isso me remete a ver como tratamos as pessoas e nossos próprios interesses em níveis diferentes. Quando não somos afetados diretamente, não percebemos que o próximo pode ser afetado. Além do fator da crise, que é muito real em nosso país e em como momentos desesperados exigem medidas desesperadas. A sobrevivência própria vem sempre em primeira instância.