Menu

2.6.17

{Dica de Jogos} Danganronpa Trigger Happy Havoc




Título: Danganronpa Trigger Happy Havoc
Data de lançamento: 18 / Fev / 2016 (Steam)
Gênero: Anime, aventura, mistério, romance visual, detetive.
Desenvolvedor: Spike Chunsoft Co., Ltd., Abstraction Games.
Distribuidor: Spike Chunsoft Co., Ltd.
Sinopse:  Um grupo de 15 estudantes colegiais de elite são reunidos em um colégio muito especial. Se graduar neste colégio significa que você essencialmente terá sucesso na vida, mas se graduar é muito difícil. O colégio é dirigido por um urso chamado Monokuma, e ele explica que se graduar gira em torno de cometer um assassinato. O único jeito de se graduar é matando um de seus colegas de classe e se safar. Se outra pessoa descobrir a identidade do assassino, o assassino será executado. No entanto, se falharem em pegar o assassino, apenas o assassino se graduará e os outros são punidos. Qual dos 15 sobreviverá ao banho de sangue que está por vir?

 Nunca sei como realmente começar uma resenha (risos). Bom, Danganronpa é um jogo um pouquinho complicado, você precisa prestar atenção em todos os detalhes que o jogo te dá, porque serão cobrados mais tarde. 

 O jogo começa meio parado, cheio de diálogos, nos mostra o personagem principal, Naegi Makoto, ilustrando como a escola funciona, somente o melhor dos melhores em alguma coisa podem entrar e se graduar já com o melhor futuro garantido.

 Mas assim que Naegi pisa na escola, ele desmaia. Algum tempo depois ele acorda em uma das salas de aula, com as janelas todas lacradas, câmeras de segurança por todos os lados e um bilhete, que o manda ir para o ginásio. 

 Seguindo as instruções do bilhete, ele segue para o ginásio, onde encontra 14 outros estudantes o encarando, e um ursinho branco e preto, Monokuma aparece, dizendo ser o diretor da Kibougamine Kaguen ( o nome da escola, em português seria algo como "Escola da Esperança" ), e para se formarem e saírem da escola onde estão todos presos, precisam matar uns aos outros. Quando um assassinato acontecer, iram passar por um "Class Trial", onde iram debater a forma que a vítima morreu para encontrar quem foi o assassino. Se o palpite do assassino estiver correto, todos os outros sobrevivem e o assassino é executado, agora, se o palpite for errado e não descobrirem o verdadeiro assassino, todos são executados e o assassino se forma e pode sair da escola. É complicado entender, não? Mas é isso que deixa o jogo legal.

 A jogabilidade é em primeira pessoa, você pode andar pelos corredores explorando a escola, desde que obedeça as regras impostas. No decorrer do jogo, acontece alguns "Free Time", onde te dá a liberdade de sair explorando (se sair explorando, vá na "Store", lá tem uma maquina onde em troca de moedas, ganha presentes para dar aos personagens, mas para isso precisa encontrar moedas escondidas na escola ), conversar com os outros personagens para os conhecer melhor ou pular isso e dormir. Eu recomendo conversar com os personagens e logo, antes que algum morra, o que acontece bem rápido (risos).

 Nosso personagem principal, desde o inicio é contra o jogo, é do tipo "mas é claro que ninguém faria isso". Até que começa realmente. Se não acontece nenhum assassinato, o diretor fica entediado e dá motivo à eles. Dinheiro, segredos, amizade, etc, usa tudo que pode para fazê-los se matar.

 Explicando um pouco mais sobre a jogabilidade, temos os Class Trial. Quando alguém morre, e duas ou mais pessoas descobrem o corpo, um tempo é dado para você investigar tudo, juntando pistas para mais tarde usá-las no debate. Findado esse tempo, todos seguem para um elevador em direção a uma sala, onde, em circulo, tentam descobrir o que aconteceu.

 De dão várias opções de "Truth Bullets", que são as pistas que você descobriu, e então, os personagens começam a falar, a intenção é você descobrir qual frase está errada e rebater com o que realmente aconteceu.

Geralmente, as frases que precisam de atenção estão destacadas em amarelo (como na imagem ali do lado <--- ), se descobrir quem e qual frase dita contradiz os acontecimentos, você atira uma Truth Bullet e o personagem da sua opinião e todos vêem que o lado dele está certo e partem para outras evidências. 

Isso não é só o que acontece nesse "tribunal", tem outras formas, todas acontecem dependendo do caso apresentado, por exemplo, em um, te dão uma frase incompleta, e você precisa saber qual é a frase ou palavra e atirar nas letras que vão aparecendo para completar a frase ou palavra. Em outro, precisa rebater um personagem, que não concorda com seu testemunho, e o meu favorito é no final, quando todos sabem o que aconteceu mas precisam juntar tudo, escolhendo as imagens certas para formar a história completa do caso. Como na imagem abaixo:

 Nossa mas é muito complicado! É, realmente, mas o jogo é muito bom, compensa, e no decorrer, o próprio jogo ensina como jogar e o que tem que fazer. 
  Acima de todos os assassinatos, tem mais mistérios cercando esses alunos, por que ninguém de fora foi salvar eles? Por que estão presos? Joguem para descobrir :3

Vou apresentar os personagens para vocês:


Da esquerda para a direita: Hagakure Yasuhiro: "Ultimate Clairvoyant";
                                           Aoi Asahina: " Ultimate Swimmer" ;
                                           Owada Mondo: "Ultimate Biker Gang Leader";
                                           Byakuya Togami: "Ultimate Aflluent Progeny";
                                           Kyoko Kirigiri: Não se sabe qual é seu "ultimate", é falado no final só, não                                                                       vou falar spoiler (risos);
                                           Ishimaru Kyotaka: "Ultimate Moral Compass";
                                           Leon Kwata; "Ultimate Baseball Star";
                                           Makoto Naegi: "Ultimate Lucky Student";
                                           Maizono Sayaka; "Ultimate Idol";
                                           Chihiro Fujisaki: "Ultimate Programmer";
                                           Celestia Ludenberg: "Ultimate Gambler";
                                           Toko Fukawa: "Ultimate Novelist";
                                           Yamada Hifumi: "Ultimate Fanfic Creator";
                                           Sakura Ogami: "Ultimate Martial Artist";
                                           Junko Enoshima: "Ultimate Fashonista".

E não posso esquecer do Monokuma, o suposto diretor:


Tem muitos personagens, eu mesma demorei para aprender quem é quem, as vezes nem dá tempo, mas ainda tem uns que conseguem conquistar quem joga. Minha personagem favorita é a Sakura Ogami, seguida pela Toko Fukawa, cada uma tem personalidades bem diferentes, mas ambas me conquistaram (risos).
 Danganronpa tem várias outras franquias, algumas interligadas como o 1 e o 2, e outras que não tanta ligação mas tem a mesma base, como o Despair Girls, que ainda vai sair na Steam e o V3.

 Vou deixar a opening do jogo aqui embaixo:

                                       
Ainda não joguei o dois, mas já estou com ele no computador, só preciso criar coragem para jogar logo (risos). Ah sim! Quem está com preguiça de jogar, tem os animes baseados nos jogos, todos são bons resumos de cada jogo.

 Danganronpa Trigger Happy Havoc está disponível na Steam, não tendo com legendas em português, apenas em inglês. Recomendo a quem for jogar, que escolha o áudio em japonês, as legendas virão em inglês normalmente. Somente o áudio que virá com a dublagem original dos personagens.





1.6.17

{Lançamentos} Maio: Planeta de Livros Brasil



Já viu os lançamentos de maio da Editora Planeta de Livros Brasil
Muitos deles me conquistaram só pela capa!

Confira abaixo todos os lançamentos, divididos 



VIVER EM PAZ PARA MORRER EM PAZ

SE VOCÊ NÃO EXISTISSE, QUE FALTA FARIA?
MARIO SERGIO CORTELLA


NÃO FICÇÃO
ISBN: 978-85-422-0976-1
Páginas: 176
Preço: R$ 31,90
Se você não existisse, que falta faria? Para responder à essa pergunta, o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella discute o que é importante nessa vida. Não é ser famoso e nem acumular coisas e propriedades, em uma obsessão consumista.
Importante é ser importante para alguém, ou seja, fazer falta para alguém. Como? Neste livro, Cortella aponta alguns caminhos e nos faz pensar sobre as razões da existência.

A DESCONHECIDA

MARY KUBICA

Lançamento: 03/05/2017
352 páginas
ISBN: 978-85-422-0998-3
Coleção: Outros
Todos os dias, a humanitária Heidi pega o trem suspenso de Chicago e se dirige ao trabalho, uma ONG que atende refugiados e pessoas com dificuldades. Em uma dessas viagens diárias ela se compadece de uma adolescente, que vive zanzando pelas estações com um bebê. É fato que as duas vivem nas ruas e estão sofrendo com a fome, a umidade e o rio intenso que castigam Chicago.
Num ímpeto, Heidi resolve acolher Willow, a garota, e Ruby, a criança, em sua casa, provocando incômodo em seu marido e sua filha pré-adolescente.
Arredia e taciturna, Willow não se abre e parece esconder algo sério ou estar fugindo de alguém. Mas Heidi segue alheia ao perigo de abrigar uma total estranha em casa. Porém Chris, seu marido, e Zoe, sua filha, têm plena convicção de que Willow é um foco de problemas e se mantêm alertas.
Em um crescente de tensão, capítulo após capítulo a verdade é revelada e o leitor irá descobrir quem tem razão.

OS FILHOS DA TEMPESTADE

RODRIGO DE OLIVEIRA

Lançamento: 03/05/2017
336 páginas
ISBN: 978-85-422-0995-2
Coleção: Outros
Uma aventura surpreendente, em um dos lugares mais misteriosos da terra
Um grupo de jovens deixa o Rio de Janeiro com destino aos Estados Unidos. O que seria apenas uma viagem de uma turma do conservatório de música acaba ganhando os contornos de uma tragédia: ao sobrevoar a misteriosa região do Triângulo das Bermudas, o avião é atingido por uma violenta tempestade e cai no mar.                                
Os sobreviventes agora se veem presos numa ilha deserta, perdendo o contato com o resto do mundo. Nesse lugar paradisíaco, habitado por uma força maligna ancestral e onde se esconde um terrível segredo envolvendo uma jovem bruxa do século XVII, os garotos precisarão lutar pela própria vida, superando grandes desafios e enfrentando seus piores medos.
Rodrigo de Oliveira, autor da saga As crônicas dos mortos, traz em Filhos da tempestade uma história repleta de ação, suspense e terror, de conflitos e descobertas, envolvendo um improvável triângulo amoroso que desafia a própria morte.

O SEGREDO ESTÁ NOS TELÔMEROS

RECEITA REVOLUCIONÁRIA PARA MANTER A JUVENTUDE, VIVER MAIS E MELHOR
ELIZABETH BLACKBURN E ELISSA EPEL


Todos desejam uma vida longa e satisfatória, viver melhor e sentir-se jovem por mais tempo, mas como a saúde das células influencia o processo de envelhecimento e a longevidade? Genes e meio ambiente. Criação, mente e natureza. A bióloga molecular Elizabeth Blackburn, premiada com o Nobel de Fisiologia e Medicina em 2009, e a psicóloga da saúde Elissa Epel uniram-se com a proposta de apresentar um novo modo de se pensar em saúde.
Em O segredo está nos telômeros – receita revolucionária para manter a juventude, viver mais e melhor, as pesquisadoras levam essa questão a nível celular, apresentando ao leitor os telômeros, cujo comprimento tem relação direta com a saúde. Telômeros saudáveis evitam até mesmo o câncer, e algumas práticas regulares, os Laboratórios de Renovação propostos ao final de cada capítulo, são capazes de aprimorar a saúde dessas estruturas e, consequentemente, o bem-estar cotidiano.
Best-seller do The New York Times, este livro é um mergulho fascinante no coração genético das células – os cromossomos – e leitura imprescindível para quem deseja combater o envelhecimento prematuro, revertê-lo ou simplesmente agir na manutenção de sua vitalidade. Ou seja: é a tão aguardada receita para manter-se jovem por mais tempo.

O ROMANCE DOS ESPÍRITOS

FICÇÃO BASEADA NA VIDA DE ALLAN KARDEC
PEDRO DOMENECH


Lançamento: 03/05/2017
240 páginas
ISBN: 978-85-422-0994-5
Coleção: Outros
Poucas coisas se comparam ao sofrimento da perda de um amor.
A francesa Amélie-Gabrielle Boudet, como tantas outras mulheres, de tantas outras épocas, precisa reaprender a viver depois da morte do marido, amigo e amante de uma vida inteira. Mas uma certeza lhe dá conforto: ela sabe que aquela é apenas uma passagem, e que o espírito do homem que ela tanto ama ainda tem uma longa jornada a seguir.
Seu marido era Allan Kardec.
Em uma sessão espírita conduzida por uma médium famosa, Amélie consegue se comunicar com o espírito de Kardec, sugerindo a ele que relembre a trajetória dos dois. Além da vida em comum com a mulher, o espírito passa a recontar as experiências que o levaram a ficar conhecido como o codificador do espiritismo, desde o tempo em que era estudante no instituto Pestalozzi, no castelo de Yverdon, Suíça, até o momento de seu retorno ao plano espiritual.
Embora seja uma ficção, O romance dos espíritos oferece um retrato fiel da vida de Allan Kardec, a partir de ampla pesquisa, abordando os episódios mais marcantes de sua jornada na Terra.

ENTRE BARDOS E DRUIDAS

GUILHERME DE SÁ E BRUNO FRANGUELLI

Eu, você, Deus, vida, morte, distâncias, mares e caravelas. Estes são apenas alguns traços desta valiosa prosa entre um músico e um jesuíta sobre tempos de difícil compreensão. Entre bardos e druidas é um livro tecido com emoções à flor da pele através de correspondências repletas de filosofias, metáforas e histórias ancoradas na misteriosa aventura da fé.
Guilherme de Sá e Bruno Franguelli apresentam um rico e inteligente diálogo, no qual o belo e o essencial tornam-se elementos fundamentais dentro de uma poesia vivida e experienciada na singular vida dos autores. Debaixo do véu da
amizade e do companheirismo, recorrem aos termos celtas “bardos” e “druidas” para revelar uma simples, porém inestimável versão da vida. Um livro para todos aqueles que possuem ousadia e coragem para prestar atenção na existência.


QUEM MANDA NO MUNDO?

NOAM CHOMSKY


POLÍTICA
ISBN: 978-85-422-1019-4
Páginas: 400
Preço: R$ 59,90
O mais importante ativista intelectual do mundo oferece neste livro um aprofundado exame das mudanças do poder norte-americano, as ameaças à democracia e o futuro da ordem global. Meticulosamente documentado, Quem manda no mundo? é um guia indispensável para entender a situação internacional atual. Com clareza e oferecendo diversos exemplos, Chomsky mostra como os Estados Unidos continuam sendo a voz mais forte, mesmo com a ascensão da Europa e da Ásia. O envolvimento americano com China e Cuba, as sanções contra o Irã, os conflitos no Iraque, Afeganistão e Israel/Palestina, a relação com a América Latina e África e o aquecimento global são alguns dos pontos discutidos no livro. Chomsky escreveu um posfácio sobre a eleição de Donald Trump, o referendo Brexit e a ascensão dos partidos ultranacionalistas de extrema direita na Europa. Sua conclusão é alarmante e preocupante sobre o futuro do mundo.

OS DIÁRIOS DE ALFRED ROSENBERG -1934 - 1944

JÜRGEN MATTHÄUS E FRANK BAJOHR


NÃO FICÇÃO
ISBN: 978-85-422-0929-7
Páginas: 664
Preço: R$ 99,90
Conheça a cabeça e entenda a alma do pai do nazismo
Publicado pela primeira vez, o diário de Alfred Rosenberg representa um documento fundamental sobre a segunda guerra mundial e o nazismo. Um dos fundadores do partido nazista, Rosenberg era chamado de pai do nacionalsocialismo pelo próprio Hitler. Não é para menos: ele foi o principal ideólogo do Holocausto e de sua proposta de exterminar o povo judeu. Acreditava na supremacia branca, em particular dos alemães e escandinavos, e considerava os negros e judeus como uma raça inferior. Tornou seu pensamento em ação particularmente depois que foi apontado ministro do Reich para os territórios ocupados do leste, em 1941. Foi responsável por incitar o ódio, o genocídio e, pessoalmente, mandou executar milhares de homens, mulheres e crianças – algo que relatou em detalhes nos
seus escritos. Também organizou o roubo de quadros e outros bens culturais em toda a Europa. Este diário estava desaparecido desde o julgamento de Nuremberg, quando Rosenberg foi condenado à morte por crimes de guerra.
Descoberto em 2013, está sendo lançado mundialmente com comentários e explicações dos organizadores, dois estudiosos do nazismo.

PRESOS NO PARAÍSO

CARLOS MARCELO


FICÇÃO
ISBN: 978-85-422-0987-7
Páginas: 288
Preço: R$ 39,90
“O mar de fora e o mar de dentro” é a expressão usada em Fernando de Noronha para diferenciar as águas que separam o arquipélago do continente e as que se abrem para o Atlântico. Além disso, resume o embate que dá força ao ótimo Presos no paraíso, romance de estreia de Carlos Marcelo.
O passado e o presente se enfrentam a todo instante no conjunto de ilhas, que também é um microcosmo do Brasil: a beleza natural e o frenesi dos turistas convivem com as mazelas sociais e políticas do país.
Tobias, historiador que vive entre a expectativa do futuro e as angústias do passado, narra em primeira pessoa sua incursão no arquipélago para elaborar roteiros turísticos. Ele integra a bem montada galeria de personagens na qual se destaca o delegado Nelsão, responsável pela investigação de duas mortes misteriosas, com seus cacoetes investigativos e sua compulsão gastronômica.
A riqueza das subtramas e dos personagens secundários, contudo, exigia ponto de vista menos limitado. Assim, o grande lance literário do romance é deslizar, em certos momentos e sem solavancos, para a narração em terceira pessoa.
Presos no paraíso é um mergulho inesquecível para os amantes da boa literatura policial. Mas atenção: os tubarões de Noronha estão à solta!

MEU MAIOR PRESENTE

MILA WANDER


Lançamento: 03/05/2017
352 páginasISBN: 978-85-422-1020-0
Coleção: Outros
Lucas – “Não escolhemos o amor, é ele quem nos escolhe. Mas e se essa escolha estiver errada?”A história de um amor proibido, escrita pela mesma autora do sucesso O Safado do 105
Lucas foi abandonado num orfanato e só aos nove anos de idade ganhou o presente que mais desejava: uma família.
Mel nasceu na família perfeita. Seu pai, sua mãe e seu irmão, dez anos mais velho, a amavam. Ela era o xodó dos Carvalho Lemos. O que ninguém esperava era que, na adolescência, Mel começasse a olhar de um jeito diferente para Lucas, seu irmão adotivo, seu protetor, seu motorista de baladas, seu confidente.
Ele também a percebeu diferente, a desejou e seu amor fraterno se transformou em outra coisa.
Lucas, porém, não podia deixar que esse novo e assustador sentimento arruinasse seu sonho de ser amado por uma família. Mas o que fazer com a vontade de seu coração e seus desejos? Mel, com certeza, sabia o que fazer.
Mel – “Só me sinto viva com você. Só me encontro em você.”

O CÓDIGO DA MUDANÇA

COMO MUDAR HÁBITOS E CONQUISTAR SEUS OBJETIVOS
OTHON GAMA

Em O código da mudança, Othon Gama decifra, de forma surpreendente e inovadora, os processos de transformação de hábitos e desenvolvimento de excelência, para quem está cansado de belas ideias que não saem do papel e busca resultados concretos.
A maioria das pessoas falha ao tentar alcançar seus objetivos porque não trabalha as três dimensões do processo de mudança, ou seja, a dimensão da sabedoria (a ciência dos hábitos), a dimensão emocional (competências emocionais) e a dimensão executiva (como transformar o conhecimento em prática).
O método 3D da mudança de hábitos é pioneiro por ter uma abordagem completa e vem conquistando cada vez mais adeptos, de atletas de alta performance a empresários, de concurseiros a profissionais liberais, de pessoas que desejam emagrecer àquelas que querem parar de fumar, de beber ou melhorar suas finanças.
Neste livro, você aprenderá não só o que e como fazer, mas também a desenvolver as competências emocionais necessárias
para passar por todas as fases da mudança e, o melhor, a permanecer nela.

31.5.17

{Resenha} Ricos & Reclusos - Kristi Gold/ Susan Crosby/ Michelle Celmer


Oie amorecos! 💗
Fui enganada com esse livro! 


Fui pela capa, achando que as 3 estórias seriam de grávidas e só tinha uma. Fiquei na bad durante a leitura, mas pelo menos as duas outras estórias eram maravilhosas e meio que compensou.
Vamos conferir? Bora lá!


Resenhas

AMANTE DA MEIA-NOITE - Kristi Gold

 “Selene Winston sabe que foi contratada para remodelar a mansão de Adrien Morrell, não para ter um caso com ele. Ainda assim, seu recluso chefe assombrava seus sonhos mais escaldantes; fantasias enlouquecedoras povoavam sua mente. E não demora para que Selene sucumba a essa atração. Porém, se ela deseja algo mais do que apenas um amante, precisa domá-lo também além das quatro paredes.”


Selene Winston saiu de um divorcio frustrante, porque não existe divorcio festivo, não querendo voltar pra família, decide encontrar um emprego na sua área (restauradora de prédios antigos).
Selene desceu do carro e se aproximou da mansão (conhecida como a casa da meia noite) e sentiu um calafrio, que não tinha nada de boas vindas, mas continuou mesmo assim.
Ella a secretária da Maison, propriedade de Adrian Morrell, abriu-lhe a porta com um sorriso convidativo.

Durante a entrevista ela estranhou o dono não estar presente. Selene não sabia que Adrian era um homem excêntrico, reservado e amargurado, trazendo consigo lembranças e fatos dolorosos. Mas isso já começara a intuir com visões rápidas que atravessavam a sua mente.
Selene tinha o dom de ler pensamentos. E ela “deveria” estar preparada, porque Adrian, lá do lato da janela do seu quarto, observava-a e ele não gostou, de “ter” gostado tanto de Selene em sua casa.

Numa noite, com insônia querendo afastar a imagem de intensos olhos azuis que lhe vem à mente, ela sai pra varanda do seu quarto (só de camisola) por causa do calor reinante, e qual não foi sua surpresa, depois de muitos dias sem vê-lo, quando a figura de um homem lindo e jovem se “materializa” na continuidade da sua varanda.

E fazendo um comentário, como se tivessem se visto sempre, ele diz:
Com muito calor pra dormir? Além do susto é claro, Selene viu que ele devia ter trinta e cinco anos, alto, lindo enfim um belo exemplar masculino.
Mas o que a espantou demais foram os olhos azuis possessivos, predadores que ela vira nas suas visões. Olhos que a deixavam muito inquieta.
Na apresentação, as mãos se estendem se apertam e Selene sente emanar dele uma dor profunda, e larga-lhe a mão e se afasta.

Adrian tem uma “aura” sensual e a observa com destreza. Selene sabe que terá sérios problemas com ele, mas isso não a afasta, ao contrário e Adrian não se julga capaz de abrir seu coração atribulado, soturno.
Quem dará o primeiro passo para “engatar” aquela atração que crepita entre os dois?
Selene permanecerá na mansão? Descobrirá o que faz o coração dele ser “negro”?
O seu amor o contaminará? O salvará?
Estória que fala de um amor poderoso que humaniza um coração doente. Muito bom!


SENHOR DO DESEJO - Susan Crosby

Julianne se sentia uma prisioneira no remoto castelo de Zach Keller. Ele deveria ser seu protetor, mas Julianne ficava totalmente exposta sob seu olhar. E, para piorar, Zach insiste que a única forma de mantê-la em segurança, é se ela se tornar sua esposa. Agora, Julianne precisa encontrar uma maneira de fugir. Afinal, está a um passo de dizer sim para tudo o que ele deseja…”


Julianne tem um irmão super encrencado com a justiça e para não sofrer represálias durante o julgamento, ela precisava de proteção.
Jamey seu melhor amigo, consegue com Zach Keller o dono de uma ilha remota, uma estada para ela, até que tudo tenha se resolvido. O acesso à ilha é de barco ou helicóptero.
Ao chegar no castelo ela não conhece ninguém e durante muito tempo só tem contato com um casal serviçal. O dono da ilha não dá as caras.
Se sentindo sozinha, abandonada, sem futuro, pede a Jamey que a conduza de volta.
E Zach dá as caras, no jantar e Julianne se surpreendeu pela beleza loura de olhos azuis e muita juventude.

Por ser rebelde e está muito sozinha, não o recebe com sorrisos, nem ao menos pega a sua mão estendida em cumprimento.
Zach entende e fica deliciado pela visão, que ultrapassou as suas expectativas. A atração é reciproca.
Julianne o enche de perguntas e Zach sempre evasivo. Mas vão se conhecendo e ela sempre curiosa, por identificar sons de passos e conversas, Zach tem muitas saídas, passa dias fora e não dá satisfação.
E a atração cresce, juntamente com a curiosidade. E ela se pergunta o que Zach faz... Porque tantas saídas? Até que uma noite ela descobre que uma das torres do castelo não é realmente o que parece. Não é somente uma torre, que guarda por dentro a deixa pirada. Fica aterrorizada.

É quando Zach chega, da ultima viagem, “descobre” que Julianne já sabe de tudo.
Para salvaguardar a integridade dela, por não “ter” que testemunhar contra ele, Zach soltou a bomba – “Você vai ter que se casar comigo!”.
E aí? Vai ter casamento? Em que clausulas? E aquela atração, ajuda ou atrapalha?
Estória fabulosa, trazendo numa ficção, fatos que podem ser reais.
Diálogos com algo não dito e situação que o leitor não esquecerá.
Gostei demais! Recomendo!


MESTRE DA PAIXÃO - Michelle Celmer

“Uma intensa noite de paixão abalou Tess McDonald tão profundamente que ela fugiu do hipnotizante desconhecido que a levou para a cama. Mas existem coisas das quais ninguém pode se esconder. Tess não fazia ideia da reação que o milionário Ben Adams teria quando soubesse que seria pai. Certamente não esperava que ele a convidasse para morar em sua luxuosa mansão. Ou que ambos desejariam transformar esse caso passageiro em uma união eterna.”


Tess McDonald é uma mulher forte, não corporalmente.
Quando pequena o pai a abandonou, o padrasto que a mãe lhe arranjou era um cafajeste que só a mãe dela merecia.
E aos quatorze anos largou a escola, procurou emprego para poder pagar outra moradia e sair da “mira” do padrasto.
E numa noite, no bar seus olhos se encontraram com os de Bem Adams, acontecendo uma conexão imediata. Ben estendeu a mão e ela a segurou e foram pra pista dançar.
Depois o beijo que trocaram consciente ou inconsciente terminaram na cama sem conjecturar o amanhã, ou seja, decidiram que seria apenas aquela noite.

Mas estava escrito que não seria apenas aquela noite, pois Tess se descobriu grávida.
As dificuldades foram se acumulando e aos quatro meses Tess resolveu pensando mais no bebê e sem “pensar” muito na reação de Ben, bateu a sua porta e jogou a novidade e pediu ajuda para criá-lo.
É preciso que o leitor saiba algo de Ben. Num acidente, ele acabara de perder a mulher grávida e consequentemente um filho.
Estava num momento negro da sua vida e agora? Como encarar essa?

Resolvei não fazer parte da vida da mãe e muito menos do filho. Apenas providenciaria a parte financeira.
Tess aceitou vir morar com ele, mas o que nenhum dos dois, é que aquele acordo era impossível de ser cumprido.
Com os dias na mesma casa, as situações, os encontros sem planejar, as afinidades que descobrem nos dão, a nós leitores a vontade de chegar ao fim do romance, para saber o que acontece quando o bebê nasce.
Ótima estória!
Argumentos humanos e desfecho comovente. Parabéns a autora.
Vou indo amores. Até a próxima. Tchau!


Título: Ricos & Reclusos
Autor (a): Kristi Gold/ Susan Crosby/ Michelle Celmer
Editora: Harlequin
Número de Páginas: 536

30.5.17

{Resenha} O Filho da Natureza


Autor: Isis L. M. J.
Editora: Arwen
Ano: 2016
Sinopse: Em um passado não muito distante, a natureza decidiu varrer a humanidade da face da terra e assim deu-se início a um período de horror e devastação. Porém, uma pequena parcela da população sobreviveu, mostrando que não iriam desistir tão fácil.
Adaptando-se ao ambiente que se tornou radioativo, os humanos lutam pela sua sobrevivência, rendendo-se a um governo opressor que se formou a fim de restaurar a ordem, mas será que em meio ao caos é possível se ter ordem?Um grupo “rebelde” acredita que não e eles são conhecidos como Os Filhos da Natureza. Sam, um garoto aparentemente normal, que vivia na Aldeia apenas como mais um trabalhador humilde a lutar pela sua sobrevivência, descobre coisas inacreditáveis ao receber uma missão de seu pai. Tais coisas podem mudar o futuro de toda a Nova Era. Será que ele vai conseguir dominar aquilo que está dentro de si? Será que Sam é um verdadeiro Filho da Natureza?Aventure-se por estas páginas e descubra junto com Sam que, para superar desafios, é preciso lutar e ser persistente.


Resenha:

Antes de começar essa resenha, quero apresentar a autora, Isis L. M. J., para que vocês guardem esse nome, pois tenho certeza que ainda ouviremos falar muito dela.

Conhecida também como Isis Luiza, mora na cidade de São José do Rio Preto – SP, onde nasceu dia 21 de fevereiro. É formada em Produção de Moda mas escolheu os livros ao invés das roupas. Apesar de quase nunca sair de casa, ela já viajou o mundo em leitura. Quando não está especulando sobre universos paralelos de super-heróis, está assistindo filmes de dinossauros.
Isis me pareceu uma autora muito jovem, mas com uma mente e criatividade incríveis! Como fã de distopias, no estilo Divergente, não pude deixar de comparar as histórias no início do livro. Mas após alguns capítulos compreendi que o que Isis criou é muito diferente, um mundo totalmente novo, um conceito e uma ideia totalmente novos, e eu amei!

O Filho da Natureza é o primeiro livro de uma trilogia que tem início com um mundo pós-apocalíptico onde muitas pessoas são afetadas pelo forte grau de radiação. Encontrei um pequeno errinho nesse início, já que a data no prólogo é 15 de outubro de 2114 e no primeiro capítulo, que deveria ser 50 anos depois, a data está 29 de abril de 2050. Mas nada que afete a compreensão da história.

Nesse caso, o que ocorreu foi uma série de desastres naturais durante um dia, que ficou conhecido como Devastação. Poucas cidades sobreviveram, entre elas, Suvers, que recebeu esse nome devido à palavra Survivor, que significa sobrevivente. Os poucos sobreviventes se dividiram em grupos, onde os governantes e os mais ricos ficaram com os poucos prédios altos existentes na cidade, os comerciantes com as casas ao redor dos prédios, e mais separados ficaram os sobreviventes mais pobres, que viviam em um conjunto de casas bem simples e próximas da floresta, local que ficou conhecido como Aldeia.

Sam Shaw é um jovem de aproximadamente 19 anos que vivia na Aldeia, onde as pessoas sentiam-se protegidas das “Coisas”, e de todos os outros perigos conhecidos e desconhecidos da floresta. Porém, Sam vivia quebrando as regras, pois tinha uma certa obsessão por liberdade, e vivia entrando sozinho na floresta, onde tinha o sonho de morar um dia.

“”Coisas” era como nos referíamos às pessoas que foram deformadas pela radiação. Eles eram expulsos da Aldeia por se tornarem um tanto agressivos, então viviam escondidos na floresta e normalmente só saíam após o pôr do sol. Havia boatos de que eles se tornaram canibais, mas ninguém ficava fora de casa depois do anoitecer para descobrir”.

Porém, a radiação não afeta negativamente a todas as pessoas, pois algumas já nasceram imunes a ela, outras se acostumaram com sua existência, outras sofrem deformações mais leves, mas também existem aqueles que não sobrevivem.

Após o desaparecimento de seu pai, Sam e sua mãe partem em busca do acampamento dos Filhos da Natureza, um grupo de confiança de seu pai. Eles eram considerados rebeldes pelos líderes, porém Sam ainda não compreendia bem o porquê. No caminho, sua mãe é assassinada, e Sam também é baleado, várias vezes, mas não morre. Ou morre, apenas temporariamente.

Quando acorda, ele dá de cara com uma garota, que explica que provavelmente ele seria um mutante, seres que também foram criados pela radiação. Animais mutantes podem ter uma pata a mais ou dentes no lugar dos olhos, mas em humanos, essa mutação criou super-habilidades. E parecia que Sam tinha a habilidade de se curar. Já a habilidade de Cat era um tipo de teletransporte, que ela chamava de “puff”.

Sammy e Cat vão juntos para o acampamento e se tornam grandes amigos, ou talvez um pouco mais do que isso.

“Cat é importante agora e a ideia de perdê-la me afeta mais do que deveria. Sua mão ainda está em meu rosto, nos seus olhos encontro um brilho diferente que nunca vi antes nos olhos de ninguém e nossos lábios estão a centímetros de distância. Eu me aproximo mais, consigo sentir o calor de seu hálito. Deus, eu não sei o que estou fazendo!”

Os mutantes eram classificados por Gerações. Quando um mutante nasce de pais normais, sua habilidade demora mais a aparecer, já na fase adulta, ou talvez nem apareça. Esses são mutantes G1. Quando um G1 tem um filho com outro mutante, essa criança já desenvolve sua habilidade na infância, aprendendo a controlá-la após um tempo de treino. Esses mutantes são conhecidos como G2, os mais comuns. Quando dois G2 tem um filho, a criança já nasce com sua habilidade desenvolvida e tem mais controle sobre ela, o que possibilita a ter uma habilidade mais abrangente, utilizando-a não só em si mesmo, mas também em outras pessoas. Alguns também nascem com duas habilidades, porém apenas uma se desenvolve corretamente. Esses são os G3, uma geração um pouco mais rara. Quanto aos G4, ninguém sabe como nascem, provavelmente de uma união entre dois G3, porém não se sabe da existência de nenhum. Os G4, em teoria, podem desenvolver várias habilidades e exercer controle sobre todas elas, podendo ser um risco para a sociedade, caso o governo conseguisse um G4 como aliado.

No acampamento dos Filhos da Natureza, Sammy descobre vários segredos de seu passado, de sua família, e até mesmo do governo, que vão se revelando aos poucos, enquanto ele se envolve cada vez mais com Cat, única pessoa em quem ele tem certeza que pode confiar.

“Afasto-me apenas o suficiente para olhar em seus olhos. O fogo que me atrai a ela é mais do que intenso, é como se fôssemos feitos um para o outro, como se algum tipo de imã me puxasse para ela. Eu vejo isso nos seus olhos e em seu sorriso.”

Quais segredos o governo esconde da população? E quais segredos os Filhos da Natureza escondem do resto do acampamento?

Isis criou um enredo maravilhoso e personagens que nos prendem e nos cativam, tornando quase impossível largarmos o livro até que terminemos. A história é narrada em primeira pessoa, por Sam, relatando como se sente a cada situação. Os personagens são muito bem construídos e podemos ver a evolução e amadurecimento de cada um deles em cada capítulo.


Eu realmente amei a escrita da autora!! Não deixa nada a desejar comparada a qualquer um desses autores internacionais que tanto valorizamos. Estou completamente apaixonada por essa história e muito curiosa e ansiosa pela continuação. Além disso, a capa está maravilhosa, e a Arwen como sempre deu show na edição!



29.5.17

{Canal} Unboxing - Bem-te-li de Maio!


Quem se lembra do Bem-Te-Li? Clube de assinatura que apareceu aqui no blog? 

Clique aqui para ver nosso post sobre o projeto, com todas as informações para ter uma caixa do Bem-Te-Li para chamar de sua!


Finalmente chegou a minha caixa, culpa dos Correios a demora por conta da greve. 

Como sempre, me enfiei numa fenda no tempo-espaço e me perdi no mês, huahuahua!

Enfim, tem video de unboxing para vocês apreciarem!

O que acharam dos itens da box? Deixem nos comentários suas impressões!

Se ainda não se inscreveu no nosso canal e achou legal meu jeitinho maroto de ser - cof cof - não deixe de se inscrever! Clique em Gostei se achou legal, é assim que sabemos se você está gostando dos nossos vídeos! Mostre para seus amigos o que veio nessa caixinha branca trazida pelo canto do bem-te-vi!!!

28.5.17

{Resenha} O Perfume da Folha de Chá


Oi amores, chegueeeeeei! 💗


Editora Companhia das Letras nos presenteia com um romance formidável, sofrido, mas formidável.
Vamos conferir? Let´s Go!


O Perfume da Folha de Chá - Dinah Jefferies

Sinopse:

“Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurence no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império. Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos. Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita.”


Resenha

Ao chegar a pagina vinte e um desse livro, pensei duas coisas e fui consultar o atlas:
1- Se na Escócia não tinha homens disponíveis;
2- Quem está desesperada para casar aos dezenove anos? Sem conhecer nada da vida, isso em 1925, e nada relaxante ter que atravessar meio mundo, para viver num lugar e com um homem desconhecido?
Por hora eu vou responsabilizar o amor, por esse ato impensado.
Sri Lanka, ex-Ceilão, ocupa a Ilha de Ceilão, situada no Oceano Indico, continente africano, ao sul da Índia, com o estreito de Palk separando-as.

Gwen para encontrar Laurence, desceu da Escócia, país de frente pro Polo Norte __ frio __ contornou a costa europeia, também a africana, entrou no Oceano Indico e subiu ate a Ìndia, onde se encontra uma ilha de 62.610 km², situada acima da linha do Equador __ quente __ chamada Ceilão, hoje tem o nome de Sri Lanka.
É muita coragem e muita vontade de ter um marido. Mas Laurence era o presente que toda mulher sonhava.
Eles se viram num baile em Londres, conviveram pouco, ele a pediu em casamento, ela aceitou, os pais dela “chiaram” bastante, por Laurence ser um viúvo de trinta e sete anos e levá-la para tão distante.
Mas ela foi.


Ao aportar em Ceilão, um cingalês exótico que conhecera no navio, e que mais tarde faria parte da sua nova vida e de uma maneira angustiosa.
Laurence chegou atrasado.
Gwen sentiu um impacto, com o calor absurdo, as vestimentas berrantes do povo, a língua de sons estranhos, os meios de transportes quase medievais, os insetos, os odores que enfestavam o ar. Mas Laurence valeria o sacrifício?
O seu novo lar, era uma fazenda que produzia e exportava chá.


Tudo estava a contento, dentro do possível ia desempenhando suas tarefas de esposa e dona de casa.
Num passeio pelos campos, Gwen achou junto com os cães um pequeno tumulo com inscrição, escondido pela vegetação.
E como se não bastasse, depois de dois dias, ela teve uma alegria, sua irmã descia do carro, mas descia também Verity, a irmã de Laurence, que Gwen não sabia que morava na casa do marido.


Os problemas que envolvia a sua vida, o seu casamento havia a presença nefasta da rica viúva Cristina, que não escondia a atração por Laurence.
Mas ouve algo realmente inusitado e terrível de resolver, que tirou o chão e o prumo de Gwen, que partiu seu coração e sua alma. E ela teve que fazê-lo, mesmo sangrando.


Parabéns a autora pela pesquisa realizada. Obrigada por eu ir “ao Ceilão”, sem pagar passagem nem nada rs.
É um livro de muitos argumentos, mistério, dores e acertos.
A autora retratou muito bem a tênue sensualidade existente nos romances do século XX. Recomendo a leitura.
Agora só posso dizer que Laurence é um branco fajuto.... só lendo pra descobrir o significado disso.
Então é isso amores. Até a próxima. Tchau!


Título: O Perfume da Folha de Chá 
Autor (a): Dinah Jefferies
Editora: Paralela
Número de Páginas: 432