Menu

1.12.17

{Resenha} Bruxas: Laços de Magia #1


Titulo: Bruxas
Série: Laços de Magia #1
Autor: Tiffany Calligaris
Editora: Planeta de Livros Brasil - Selo Outro Planeta
Nº de Páginas: 208
Classificação: 3/5
Sinopse: O livro acompanha o dia a dia da universitária Madison Ashford, que cursa Design Gráfico na Universidade Van Tassel, em Boston. Ela está no segundo ano e divide um pequeno apartamento com sua melhor amiga, Lucy. Madison namora Derek, atleta da instituição, mas, quando o misterioso e atraente Michael Darmoon inicia seu curso em sua classe, ela se sente estranhamente atraída por ele. Na mesma época em que Michael e suas exóticas primas, todos nascidos em Salem (a terra das bruxas), se mudam para Boston, situações bizarras começam a ocorrer no campus e Madison acaba sendo alvo de alguns desses acontecimentos. E este romance da best-seller argentina Tiffany Calligaris vai agradar a fãs de Harry Potter e Crepúsculo.

Maddison é uma garota (aparentemente) normal,e que gostava da vidinha simples que levava,seu maior desejo é se formar em Desing Gráfico e trabalhar no ramo da publicidade como seu pai. 

Seus planos mudam quando ela conhece Michael e sua atração por ele é imediata,e a partir daí seus sentimentos em relação ao Derek seu namorado até então também muda,além de que coisas estranhas acontecem quando ela está perto de Michael. Mas ela não está só nessa e recebe todo o apoio de seus melhores amigos Marcus e Lucy,o mesmo não acontece com as primas de Michael de que inicio são bem chatinhas,mas que com o passar do tempo e vendo que os sentimentos deles são verdadeiros dão o braço a torcer..

Quando assassinatos misteriosos acontecem Maddison é jogada no meio deles e descobre coisas que até então era totalmente desconhecidas pra ela o que abala um pouco os sentimentos dela com relação ao Michael.

Estava até com boas expectativas com relação a esse livro e até que não me decepcionei,mas até chegar o momento do fato principal acontecer demorou praticamente metade do livro,pois alguns capitulos eram bem longos e quase nada acontecia,gostei bastante da estória e sei que por ser o 1 livro da serie tende a ser um pouco cansativo pela apresentação do assunto e personagens.. adorei os amigos da Maddison e até que simpatizei também com as primas do Michael e já bem curiosa pra saber o desenrolar desses acontecimentos no próximo livro que provavelmente só será lançado ano que vem.. até lá morrerei na curiosidade...hahahahahaha....

Leitura bem recomendada pra quem curte essa temática de bruxas!!!!

30.11.17

{Resenha} Cretino Abusado - Cocky Bastard # 1


Oi amores. C-H-E-G-U-E-I!


Sou adoradora dessas duas autoras. 💗 
Leio tudo que sai em ebook e físico, e a junção de Penelope Ward e Vi Keeland foi simplesmente S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!
Não esperava menos dessas duas. Confere aí!

*livro cedido pela editora
Sinopse:

Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida.

Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos.

Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.”



Resenha 

Fico muito feliz quando pego um livro pra ler, paro e fico pensando (além do titulo) como será aborda do o tema principal, quais personagens surgirão, o que aprenderei nas entrelinhas e principalmente qual (ou quais) país “visitarei”.
E fico mais que feliz quando o autor (a) ultrapassa as minhas expectativas. E isso está acontecendo com muita frequência.
O livro Cretino Abusado é “só” iluminação literária. A evidência a passagem por Las Vegas! Amei!

Aubrey e Chance se encontram no tempo e no espaço que o acaso promove.
Ela saindo de um relacionamento frustrante e se distanciando do babaca otário.
Chance com a moto quebrada, e de um jeito bem peculiar, “consegue” uma carona com Aubrey.


Ele sabe do motivo da viagem dela, pois numa das conversas ela conta. Mas ao contrário Aubrey não sabe do motivo dele ir para a mesma cidade que ela.
Durante a viagem como não deixaria de ser, pinta um clima de camaradagem, se revezam na direção, com olhares, frases e palavras, que deixam entrever intenções mais ousadas.
E antes de se desviarem para Las Vegas, eles ganham um impensável companheiro de viagem, que os acompanha até o fim. Digo que nem tirando tarô vocês adivinham quem seja. Hilário!

No clima de Vegas, tudo que era dissimulado, velado, se manifestou, derrubando todas as barreiras. Só que na manhã do dia seguinte, Aubrey, se viu sozinha na cama do hotel e veio botar os olhos sobre Chance novamente, depois de dois anos.
Como Chance fará essa abordagem? Ela reagirá como, depois de tanto tempo?


O motivo do sumiço será plausível de defesa? Depois de dois anos ele continuam sem ninguém? Isso é possível? Só lendo! É gostoso saber!
Uma leitura excepcional! Não poderia esperar menos dessas duas feras no quesito romance e muita pegação.
Os diálogos dos dois personagens são cômicos e sem papas na língua. Cada um se expressa com a “boca suja” que têm.
É um prazer ler seus bate papos “farpentos”(cheios de farpas).
Parabéns as autoras por essa ficção maravilhosa. Dei boas gargalhadas.
Super recomendo!



Foi uma leitura muito gostosa, dei muita risada e o casal me conquistou. Fora que a escrita dessas duas autoras fenomenais, é de você não conseguir para de ler. Simplesmente merece com louvor o selo. Acho que esse livro ficou entre os meus favoritos do ano.



Bom meu amores, por hoje é só. Até a próxima. Tchau!


Título: Cretino Abusado - Cocky Bastard # 1
Autor (a): Vi Keeland/Penelope Ward
Editora: Essência
Número de Páginas: 272

29.11.17

{Lançamentos} Novembro: Planeta de Livros


Vamos continuar a rodada de lançamentos!!!

Hoje com os lançamentos de Novembro e Dezembro da Planeta de Livros Brasil!

O DESTINO DE UMA NAÇÃO

COMO CHURCHILL DESISTIU DE UM ACORDO DE PAZ PARA ENTRAR EM GUERRA CONTRA HITLER
ANTHONY MCCARTEN

HISTÓRIA/ BIOGRAFIA
Palavras-chave: Churchill, Winston, Sir, 1874-1965 - infância e juventude; Primeiros ministros; Grã-Bretanha; Biografia; História
Páginas: 280
Preço: R$ 49,90
Um novo olhar sobre a Segunda Guerra Mundial
Logo após assumir o posto de primeiro-ministro da Grã-Bretanha em maio de 1940, Winston Churchill proferiu três discursos que mudaram o rumo da Segunda Guerra Mundial. São falas memoráveis que deram o tom da resistência britânica. Com palavras, ele mudou o clima político e mobilizou uma reticente e amedrontada população. Em O destino de uma nação, Anthony McCarten analisa como isso foi possível e conta nos mínimos detalhes como foram aquelas “horas escuras” pré-guerra.
A partir de pesquisas nos Arquivos Nacionais, onde teve acesso às atas das reuniões do Gabinete de Guerra que Churchill chefiava, McCarten traz revelações impressionantes. A mais importante delas: a possibilidade real de um acordo de paz entre Grã-Bretanha e Alemanha. Pelo menos em duas ocasiões, o primeiro-ministro, apresentado à história como o maior inimigo de Hitler, disse que não faria objeções a negociações se o ditador alemão fizesse algumas concessões. “Será que Churchill considerava seriamente entrar em conversações de paz com um maníaco homicida que ele abominava mais do que qualquer outra pessoa? Parece que sim”, conclui McCarten.
Transformado em filme, O destino de uma nação vai comover e impressionar todos os que se interessam pela história do mundo.

O JARDIM DAS BORBOLETAS

DOT HUTCHINSON

FICÇÃO
Palavras-chave: Thriller; Sequestro; Assassinos; New adult
Páginas: 304
Preço: R$ 54,90
Quando a beleza das borboletas encontra os horrores de uma mente doentia. Um thriller arrebatador,
fenômeno no mundo inteiro Perto de uma mansão isolada, existia um maravilhoso jardim. Nele, cresciam flores exuberantes, árvores frondosas... e uma coleção de preciosas “borboletas”: jovens mulheres, sequestradas e mantidas em cativeiro por um homem brutal e obsessivo, conhecido apenas como Jardineiro. Cada uma delas passa a ser identificada pelo nome de uma espécie de borboleta, tendo, então, a pele marcada com um complexo desenho correspondente.
Quando o jardim é finalmente descoberto, uma das sobreviventes é levada às autoridades, a fim de prestar seu depoimento.
A tarefa de juntar as peças desse complexo quebra-cabeça cabe aos agentes do fbi Victor Hanoverian e Brandon Eddinson, nesse que se tornará o mais chocante e perturbador caso de suas vidas. Mas Maya, a enigmática garota responsável por contar essa história, não parece disposta a esclarecer todos os sórdidos detalhes de sua experiência. Em meio a velhos ressentimentos, novos traumas e o terrível relato sobre um homem obcecado pela beleza, os agentes ficam com a sensação de que ela esconde algum grande segredo.

O LIVREIRO

COMO UMA FAMÍLIA QUE COMEÇOU ALUGANDO 10 LIVROS NA SALA DE CASA CONSTRUIU UMA DAS PRINCIPAIS LIVRARIAS DO BRASIL
PEDRO HERZ

BIOGRAFIA
Palavras-chave: Livraria Cultura; Biografia; Livros
Páginas: 240
Preço: R$ 49,90
Uma história de amor aos livros
Impulsionada pela necessidade de complementar a renda da família, Eva Herz – imigrante judia que veio para o Brasil fugindo da perseguição nazista – decidiu investir na compra de alguns best-sellers para alugar a seus compratriotas alemães em São Paulo. A engenhosa iniciativa deu origem, em 1947, à Biblioteca Circulante, que posteriormente se estabeleceria no cenário nacional como Livraria Cultura, marco artístico e cultural da cidade e referência quando o assunto é leitura.
Em O livreiro, Pedro Herz, filho mais velho do casal Eva e Kurt, faz um relato biográfico de como a família se firmou na nova cidade e, mais do que isso, fundou uma das principais livrarias do país. Uma história de empreendedorismo que rendeu a Pedro experiências marcantes – como conhecer o pai de Anne Frank durante os anos em que viveu na Suíça; ter o poeta Vinicius de Moraes autografando o livro Falso mendigo em um engraçado episódio que se deu em 1978; além de vivenciar umas das mais significativas manifestações da sociedade civil brasileira pelo fim do regime militar durante o lançamento, na Livraria Cultura, da obra O que é isso companheiro?
Um livro inspirador, que apresenta a trajetória admirável do empreendedor cultural Pedro Herz, e vai além, promovendo importantes reflexões sobre o futuro da leitura no Brasil e sobre a história de uma livraria que, nas palavras do escritor e jornalista Ignácio de Loyola Brandão, “só São Paulo faria”.

COZINHE COM OS MONGES

AS TRADICIONAIS RECEITAS DO MOSTEIRO DE SÃO BENTO
DOM JOÃO BAPTISTA BARBOSA NETO, OSB

GASTRONOMIA
Palavras-chave: Gastronomia; Culinária; Monges
Páginas: 272
Preço: R$ 75,90
Leve para sua casa as deliciosas e tradicionais receitas do Mosteiro de São Bento
Ao longo de séculos, os monges beneditinos – espalhados pelo mundo – desenvolveram receitas, refeições e cardápios inteiros para alimentar o grande número de moradores dos mosteiros. Agora, em Cozinhe com os monges, você aprenderá as principais e mais tradicionais receitas que eles criaram.
De maneira prática e direta, mas sem perder o requinte e os fantásticos modos de preparo, cada receita foi desenvolvida para ser reproduzida por qualquer pessoa. Independentemente da preferência gastronômica, este livro irá agradar a qualquer paladar. Com receitas doces, salgadas, para muitas ou poucas pessoas, a cada página será possível se surpreender com as maravilhas da cozinha do Mosteiro de São Bento.
Nos mosteiros, procura-se fazer diariamente uma alimentação simples e caseira, a fim de agradar a todos. O modo como a comida é feita e apresentada, a limpeza, o sabor: tudo contribui para que o momento em que se recebe o alimento seja uma oração e um agradecimento à vida.

ANTES DE TUDO ACABAR

MARY C. MÜLLER

JOVEM ADULTO
Palavras-chave: Romance; Amizade; Young adults
Páginas: 256
Preço: R$ 34,90
Mais de 2 milhões de leituras no Wattpad
Rafael nunca foi de se encaixar em padrões. Deslocado e sem muita perspectiva de vida, ele cuida da mãe alcoólatra enquanto precisa lidar com a paixão platônica pela melhor amiga, Anne, e com os percalços causados por um pai ausente.
Acostumado desde sempre a fazer tudo com Anne, ele agora tem de aceitar que ela arrumou um namorado... e justo uma das últimas pessoas que ele gostaria de ver com a amiga. Como se não bastasse, ele também precisa se entender com o pai, que resolveu voltar a procurá-lo com uma surpresa: a filha que teve com a amante.
E, em meio a esse turbilhão de acontecimentos, chega Kaori, a nova aluna da turma. Com ela, as coisas começam a mudar na vida de Rafael, e o que era só amizade pode acabar se tornando algo mais.
Antes de tudo acabar é a história de um garoto que precisa se encontrar e compreender um mundo que se move mais rápido do que ele consegue acompanhar. Um mundo onde amizades são construídas e desfeitas, amores morrem e nascem e caminhos sofrem desvios inesperados.

AS CRÔNICAS DE OLIVER

O SEGREDO DA PIRÂMIDE DE EL DORADO
BRUNO DI OLIVEIRA

FICÇÃO
Palavras-chave: Juvenil; Aventura; Fantasia
Páginas: 208
Preço: R$ 34,90
Criador do O curioso, canal de curiosidades no YouTube, com mais de 1 milhão de seguidores
Oliver é um garoto nerd que adora séries, jogar video game e viver conectado. Morando na capital com a mãe, vê sua vida mudar completamente quando precisa viajar para o interior do Maranhão para o enterro do avô. Lá, ele estranha o fato deque todos já o esperavam, desde o desaparecimento do seu pai.
Estranhos acontecimentos, como uma pedra reluzente e um monstro da floresta, marcam o início desta aventura rumo ao desconhecido. Sem internet e perdido numa fazenda no interior, ele precisa resgatar seu passado, desvendar enigmas e viver muitas aventuras no coração da Floresta Amazônica. Mas ele não está sozinho: a bela Bel, uma menina sorridente e de olhar brilhante, parece ser a chave para todo este mistério.
Neste livro você encontra:
- Enigmas
- Mistérios
- Lendas
- Ilha perdida
- Floresta Amazônica
- A pirâmide de El Dorado (se puder decifrar)
- Romance (você vai torcer muito por eles)
- Segredos astecas
Um romance de descobertas, mistérios e muito suspense.
Cuidado para não saltar do sofá ou perder o horário
preso nesta história sobre um garoto que descobre
que o mundo pode ser tão vasto quanto parece.

AS ARMADILHAS DA MODA

APRENDA A EVITÁ-LAS PARA TER O LOOK PERFEITO EM QUALQUER SITUAÇÃO
ARLINDO GRUND

MODA
Palavras-chave: Moda; Moda-estilo; Dicas de vestimenta
Páginas: 192
Preço: R$ 49,90
Certo e errado não existe: adeque-se para qualquer look ou ocasião
No mundo da moda, os conceitos de certo e errado são muito relativos. Adequado ou não adequado são nomenclaturas mais satisfatórias, mas ainda assim é muito complicado determinar o que se deve e o que não se deve fazer quando o tema é como se vestir. Portanto, Arlindo Grund apresenta aqui um conceito diferente: armadilhas. Neste livro, independente do seu estilo, da intenção ou ocasião, será possível entender quais são os fundamentos básicos para compor um look, sempre tendo em vista a liberdade de estilo e de criação de cada leitor. Entender quais são as armadilhas da moda fará você julgar, por si só, o que deve ser evitado ou aquilo que está em excesso na hora de vestir-se bem.

DEU BOLO

MAIS DE 100 RECEITAS PARA DESCOBRIR O PRAZER DA CONFEITARIA
CAROL FIORENTINO

GASTRONOMIA
Palavras-chave: Receitas; Culinária; Confeitaria
Páginas: 208
Preço: R$ 59,90
Aprenda a fazer o bolo dos seus sonhos
Em seu primeiro livro, Carol Fiorentino, confeiteira e apresentadora do reality-show Bake Off Brasil, apresenta os segredos para o bolo perfeito. Desde a forma correta de escolher os ingredientes até as técnicas de confeitaria mais elaboradas aplicadas para o dia a dia de maneira simples, Deu bolo é uma nova proposta de conteúdo de culinária. A ideia é capacitar qualquer pessoa a produzir um bolo ou uma sobremesa de sucesso com utensílios simples e que qualquer um tem à mão.
Não será necessário dispor de utensílios específicos, precisos e caros para conseguir reproduzir estas receitas. A ideia aqui é ir para a cozinha com o que se tem e sair com o bolo mais bonito e saboroso que qualquer um já viu.

BEM-VINDA, DOR

COMO TRANSFORMAR EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS EM APRENDIZADO
PILAR SORDO


NÃO FICÇÃO
Palavras-chave: Superação; Amor; Autoajuda
Páginas: 144
Preço: R$ 31,90
Entenda porque a dor é um sentimento fundamental para nossa evolução
Após anos de pesquisa sobre a felicidade, a psicóloga e escritora chilena Pilar Sordo constatou que, em geral, as pessoas tendem a crer que tudo o que é bom dura pouco, antecipando os problemas e acreditando que a felicidade é algo fugaz. Vive-se a era das práticas, rituais e tratamentos que, de alguma forma, são uma fuga das dores emocionais que afligem a todos.
Mas como dar boas-vindas à dor? É possível transitar por esse caminho, que desperta o mais frágil das pessoas, sem tanto sofrimento? Para Pilar Sordo, considerada uma das 21 pessoas mais influentes do Chile, escolher como passar pela dor e quais experiências tirar dela depende unicamente de nós.
Com uma linguagem leve e bem-humorada, Bem-vinda, dor é um convite a todos que desejam transpor experiências negativas e dolorosas e encontrar seu lado mais forte. Afinal, em muitas fases da vida, você poderá receber a inesperada visita da dor. Saiba, então, como dar boas-vidas a um sentimento tão temido, mas fundamental para sua evolução.

EXU DO OURO

CONSCIÊNCIA PRÓSPERA
RODRIGO QUEIROZ

RELIGIÃO
Palavras-chave: Umbanda; Cultos afro-brasileiros
Páginas: 208
Preço: R$ 34,90
Repense tudo o que sabia sobre prosperidade, abundância, fartura e sucesso
Exu do Ouro é uma força poderosa, divina, que atua a partir da Esquerda de Mamãe Oxum no plano físico de forma intensa, constante, específica e é muito característica do plano material; essa energia que permeia todos os indivíduos, que está assentada no mistério do Trono Exu do Ouro, ou simplesmente Guardião Planetário da Prosperidade.
A partir do conhecimento e relacionamento com esta entidade, será possível compreender, repensar e praticar a prosperidade em sua vida. Prepare-se para um novo tempo de sucesso.

O LIVRO DAS PEQUENAS REVOLUÇÕES

250 ROTINAS EXPRESS PARA MELHORAR SEU DIA A DIA
ELSA PUNSET

AUTOAJUDA
Palavras-chave: Emoções; Inteligência; Conduta; Qualidade de vida
Páginas: 416
Preço: R$ 49,90
Um treinamento emocional diário para quem deseja mudar de vida
Todos sabemos o que fazer quando estamos com sede, com fome ou com sono. Mas o que a maioria de nós não sabe é como agir quando nos sentimos tristes, angustiados ou frustrados.
Foi pensando nisso que a filósofa e escritora Elsa Punset decidiu elaborar um treinamento emocional que pode facilmente ser incorporado ao dia a dia de qualquer pessoa.
Em O livro das pequenas revoluções, a autora propõe 250 rotinas express para quem busca superar a timidez, o medo, a solidão, se relacionar melhor com o parceiro e com os filhos, dedicando à mente os mesmos cuidados diários que dedica ao corpo.
Com desafios práticos, ilustrações e espaço para escrita e desenhos, o livro ensina o leitor a lidar com emoções negativas, ser mais criativo, assertivo e, assim, melhorar suas habilidades de convivência. Pequenas revoluções diárias que, em pouco tempo, transformarão sua vida de maneira extraordinária.

VENDA À MENTE, NÃO AO CLIENTE

COMO APLICAR A NEUROCIÊNCIA PARA NEGOCIAR MAIS FALANDO MENOS
JÜRGEN KLARIC

NÃO FICÇÃO
Palavras-chave: Negócios; Vendas; Neurociência
Páginas: 240
Preço: R$ 44,90
A neurociência ensinando como vender melhor
Não sabemos porque compramos. O consumidor adquire de forma inconsciente 85% de tudo o que compra.
Com Venda à mente, não ao cliente, você vai descobrir como conseguir que os consumidores escolham seu produto ou serviço sem fazer grande esforço. Este livro não apenas vai ensiná-lo a vender, como você também aprenderá a não se desgastar, prometer menos, conseguir mais e, assim, engrandecer as equipes comerciais e de vendas do seu empreendimento.
Jürgen Klaric usa elementos da neurociência, uma forma de compreender a mente que está revolucionando positivamente as relações comerciais. Partindo de uma metodologia própria, comprovada em empresas mundo afora, Klaric utiliza exemplos para explicar como todo mundo pode vender melhor qualquer coisa – até mesmo vender a si próprio para uma namorada ou chefe.
Best-seller em países de língua espanhola, Venda à mente, não ao cliente é o tipo de livro que interessa para todo mundo. Com muito conhecimento científico e, ao mesmo tempo, de fácil leitura, ensina não apenas técnicas de venda – mas técnicas de como entender e se comunicar melhor com as pessoas.
Jürgen Klaric ensina como analisar e rapidamente conquistar a mente dos outros. Ele apresenta os vinte princípios de neurovendas mais importantes para se relacionar com sucesso com seus clientes. Não é à toa que seu modelo foi adotado por grandes empresas como General Motors, Telefónica Movistar e Ikea.
Em breve teremos resenhas de alguns desses lançamentos aqui no blog! Qual deles é seu próximo desejo? 

{Resenha} Zona Morta - Stephen King



Título Original: The Dead Zone
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Sinopse: Depois de quatro anos e meio, John Smith acorda de um coma causado por um acidente de carro. Junto com a consciência, o que John traz do limbo onde esteve são poderes inexplicáveis. O passado, o presente, o futuro – nada está fora de alcance. O resto do mundo parece considerar seus poderes um dom, mas John está cada vez mais convencido de que é uma maldição. Basta um toque, e ele vê mais sobre as pessoas do que jamais desejou. Ele não pediu por isso e, no entanto, não pode se livrar das visões. Então o que fazer quando, ao apertar a mão de um político em início de carreira, John prevê o que parece ser o fim do mundo?


Sejam bem-vindos à minha segunda experiência com esse autor que conheço há apenas 800 páginas mas já aprendi a amar. Em Zona Morta, Stephen King cria uma trama dramática, sobrenatural e com uma pitada de romance; nada tão assustador ou cheio de suspense como no livro anterior (O Bazar dos Sonhos Ruins) - mas nem por isso menos cativante. 

John Smith era apenas um jovem professor de colegial - mais que querido pelos seus alunos, mais que realizado com seu recente namoro com Sarah. Após um descontraído encontro com sua nova namorada, John se envolve em um acidente de carro que colocará sua vida em stand by por longos 4 anos. Nesse período que pareceu não ter fim, seus amigos e parentes, desesperançosos, foram obrigados a seguir a vida. Vera, sua mãe, uma religiosa fervorosa, se agarrou às suas crenças e passou a dedicar toda sua energia e tempo para garantir uma vaga no Céu após o Apocalipse - o que, para ela, aconteceria a qualquer minuto. Herb, seu pai, tentava apenas pagar as contas e não sucumbir com o fanatismo e loucura de Vera. Sarah, aquela que um dia foi sua namorada, se apaixonou novamente e formou uma família - embora nunca tivesse esquecido aquele que fez seu coração bater mais forte anos atrás.

Em um momento que só podemos chamar de milagre, John acorda. Tentando assimilar tudo o que ocorreu enquanto sua vida parou, Johnny também descobre que não veio sozinho do lugar vazio que habitou nesses 4 anos: ele trouxe consigo uma habilidade - um dom? Uma maldição? Chame como quiser. Basta um toque em uma pessoa ou objeto que John é atingido por uma tempestade de informações que, muitas vezes, ele preferiria não saber. Datas, endereços ou acontecimentos marcantes. Presente, futuro ou passado. Tudo poderia chegar ao conhecimento de Johnny, embora algumas informações ficassem "presas" em algum lugar de sua mente, um lugar que ele passou a chamar de Zona Morta. 

Após inúmeras cirurgias tentando reparar os danos que 4 anos deitado em uma cama de hospital fizeram a seu corpo, após a desilusão amorosa que o casamento de Sarah trouxe e após perder a mãe para o fanatismo religioso, nosso protagonista tenta retomar a vida pacata que levava antes do acidente que ceifou anos de sua vida - algo difícil após tantas entrevistas a respeito do rapaz que acordou de um coma com a habilidade de ler o presente, passado e futuro apenas com um toque. E é essa mesma habilidade, encarada por Johnny como uma maldição, que o leva a tentar salvar o futuro da nação e a colocar em jogo o que restava de sua sanidade.

Fiquei apaixonada por esse livro. Os personagens são profundos e conseguiram despertar, cada um, empatia ou ódio com a mesma intensidade. Os momentos em que Johnny tem contato com seu lado paranormal sempre transmitem muito suspense, eram umas das partes mais bacanas do livro! Além de tudo isso, são passagens profundas como essa, a qual transcrevo abaixo - em que um pai suplica por uma morte calma para seu filho - que mostram a versatilidade do autor e sua maestria. 

"Vera voltou às suas revistas. Herb apoiou o queixo na palma das mãos e contemplou o sol, a sobra e pensou em como o inverno viria rápido demais naquele outubro ensolarado e enganador. Desejava que Johnny morresse. Tinha amado seu garoto desde o primeiro choro. Lembrava-se do espanto em seu rostinho quando levou um pequeno sapo para o carrinho do filho e depois colocou a coisinha viva nas mãos dele. Tinha ensinado Johnny a pescar, a andar de patins e a remar. Tinha ficado toda a noite ao lado dele durante aquela terrível epidemia de gripe em 1951, quando a temperatura do menino tinha subido para 40,5 graus, provocando delírio. Tinha segurado o choro de emoção quando Johnny foi o orador de sua turma de formandos no colégio e falou de cor, sem um único escorregão. Tantas lembranças dele - de ensiná-lo a dirigir, de parar com ele na proa do Bolero quando passaram as férias na Nova escócia. Johnny, com oito anos, ria entusiasmado com os sulcos que o barco ia abrindo na água. Tinha ajudado o filho com os deveres de casa, com a casa na árvore, mexendo com a bússola quando ele se juntou aos escoteiros. As lembranças se misturavam sem qualquer ordem cronológica - Johnny era o único fio condutor, Johnny ia avidamente descobrindo o mundo que acabara por incapacitá-lo de forma tão terrível. Agora ele desejava que Johnny morresse. Ah, como desejava isso, que morresse, que seu coração parasse de bater, que os traços que oscilavam no eletroencefalograma ficassem planos, que ele simplesmente se extinguisse como um toco de vela em uma poça de cera: que morresse e os libertasse."

Fui pega de surpresa pelo final. (...) Tudo bem, nem tanta surpresa assim, afinal, era o único desfecho possível, o único que garantia que tudo estava de volta a seu devido lugar. Em suma, Zona Morta é a leitura que recomendo para aqueles que gostam de um bom drama e não precisam de finais felizes para amar um livro.

27.11.17

{O menino que vê filmes} The Punisher



Elenco: Jon Bernthal, Deborah Ann Wolf, Ben Barnes, Amber Rose Revah, Ebon Moss Bachrach, Jamie Ray Newman, Daniel Webber, Paul Shulze, Jason R. Moore, Michael Nathanson.

ATENÇÃO: ALERTA DE SPOILER! Este post contém revelações sobre o enredo da série em questão.

Resenha

Oi gente! Enquanto não sai a resenha do tão aguardado LIGA DA JUSTIÇA, hoje eu vim fazer um apanhado de mais uma pérola da Netflix.

THE PUNISHER ou O JUSTICEIRO foi liberada na segunda quinzena do mês de novembro e sim, foi daquelas que eu assisti praticamente tudo de uma vez.


Também, pudera. O personagem, que já tinha causado na segunda temporada de O DEMOLIDOR, voltou agora com uma - mais que merecida - série solo que deixou quem assistiu atônito até agora.

O Justiceiro está longe de poder ser chamado de herói (terminologia comum a personagens de quadrinhos). Suas intenções baseiam-se tão somente no desejo de vingança de um homem assombrado por seus próprios crimes de guerra e pelo trágico assassinato de sua família.


Vamos embarcar nessa trama com muitos tiros, hematomas, pancadaria e muito sangue!

Quem vai encarar?

O PERSONAGEM

PUNISHER ou O Justiceiro é a alcunha dada ao ex-fuzileiro naval americano Frank Castle, um personagem fictício das histórias em quadrinhos do universo Marvel.


Trata-se de um soldado altamente treinado em técnicas de infiltração, artes marciais, manejo de armas e tortura. Castle usa de suas habilidades para caçar e matar criminosos, o que o torna eventualmente antagonista nas histórias de super heróis, como o homem aranha, por exemplo.

Justiceiro e Demolidor se estranhando... Nenhuma novidade.
As motivações de Frank nasceram do assassinato de sua família durante um tiroteio provocado pela máfia, no Central Park.

ADAPTAÇÃO PARA A SÉRIE

Se na HQ são os mafiosos quem assassinam a mulher e os filhos de Castle, na série as mortes ocorrem como uma espécie de queima de arquivo ordenada pela própria CIA, onde o próprio Frank teria sobrevivido por acidente.


Anos mais tarde, Frank acorda de um coma e sai à caça dos culpados por sua tragédia.

Após eliminar centenas de criminosos, Frank simula a própria morte e passa a viver sob outra identidade, até ser contatado por um hacker que diz ter informações sobre os verdadeiros mandantes do assassinato de sua família.

Após algumas trágicas tentativas de transportar o Justiceiro para o cinema (vide os longas envolvendo Dolph Lundgren, Thomas Jane e até John Travolta), eis que vem a fabulosa Netflix mostrar ao cinema como construir um personagem.

Jon Bernthal, como O Justiceiro.
Para tanto, escalou para o papel principal o carismático (e mal encarado) Jon Bernthal, mais  conhecido como o Shane da série THE WALKING DEAD.
Com a cara amarrada e um corte de cabelo duvidoso, Bernthal encarna com maestria o papel do ex-fuzileiro com uma interminável sede de vingança.

TRILHA SONORA

Pra variar, a Netflix acertou em cheio na trilha sonora do Justiceiro.
A série causou alvoroço já no trailler, que tinha como fundo musical nada menos que a clássica canção de guerra ONE, da banda Metallica.
No terceiro episódio, fui pego de surpresa numa fabulosa sequência de ação ao som de Wish It Was True, da banda The White Buffallo. Tudo a ver com o personagem!
Para quem quiser conferir, a trilha completa pode ser encontrada aqui.

CONCLUSÃO

Por mais violenta que a série seja, é praticamente impossível não criar empatia com Frank Castle, tão bem interpretado por Jon Bernthal. Afinal, se o homem é fruto do meio, um homem nascido e criado em meio à violência dificilmente poderia ter se tornado outra coisa.

Mais uma vez a Netflix acertando em cheio!

Até a próxima, pessoal!