Menu

5.2.18

{Resenha} O Livro das Sombras #1


Título Original: La Belle Sauvage
Autor: Philip Pullman
Páginas: 434
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: Apesar de ser uma história diferente, os fãs de Fronteiras do Universo vão reconhecer muito do mundo e dos personagens que povoam La Belle Sauvage. Enquanto o protagonista, Malcolm, se envolve em uma assustadora aventura para tentar salvar a pequena Lyra das garras do Magisterium, outros mistérios e vilões surgem para complementar a trama que já conhecemos tão bem.
“Sempre quis contar a história de como Lyra acabou morando na Faculdade Jordan. Este livro e o próximo cobrem dois momentos da vida dela: partindo bem do início e retornando vinte anos depois. Quanto ao terceiro livro, ainda é segredo.” – Phillip Pullman
O que dizer sobre esse livro? O li tão devagar para não acabar mas tive que terminar depressa porque a curiosidade foi muita (risos).

Como dito na sinopse, “La Belle Sauvage” nos conta como tudo aconteceu antes do primeiro livro da série “Fronteiras do Universo – A bussola de Ouro”. E devo dizer que esse é muito mais emocionante que os principais!

Acompanhamos a vida pacata de Malcon Polstead e sua Daemon Asta que vivem com seus pais em Oxford, o rapaz ajuda a todos ao redor dele fazendo pequenos trabalhos, trabalha para ajudar os pais no bar que possuem, faz pequenos bicos de marceneiro , ajuda na cozinha e transporta as freiras do convento em sua amada canoa “La Belle Sauvage”, quando lhe pedem.

Sua vida começa a mudar quando uma bebê – Lyra -  é entregue nas mãos das bondosas freiras do convento. Malcolm se interessa e se apega rapidamente à bebê Lyra, indo visita-la sempre que pode e com isso, aproveita para ajudar a Irmã Fenella na cozinha ou o Sr. Taphouse em algum trabalho de marcenaria para o convento.

A chegada da bebê acaba trazendo muitas pessoas curiosas, o TCD – que caça a todos que desobedeçam as ordens da igreja, surge uma Liga entre as crianças nas escolas, dando o poder à elas de denunciarem a quem quer que achem traidores dos ensinamentos de Deus, espiões e uma figura estranha, Gerard Boneville com seu Daemon hiena de apenas três patas.

A Dra. Hanna Relf ( e seu Daemon Sagui chamado Jesper) encontra Malcolm por conta de vários estudos feitos para sua “fonte” e vê a amizade com o menino como uma vantagem, em troca de conversas e livros, Malcolm conta para a Dra., todos os rumores que escuta.

Bom, muita coisa acontece e tudo piora quando uma enorme enchente ataca a cidade, destruindo o convento, Malcolm e uma colega de trabalho Alice (com seu Daemon Ben) salvam a bebê Lyra mas acabam sendo arrastados pela enchente.

Ambos são jogados para uma nova aventura: fugir daquele que os perseguem atrás da pequena Lyra e entrega-la em segurança para seu pai Lorde Asriel.

É tudo muito emocionante, cada acontecimento, cada novo personagem, os perigos, enfim, tudo. Em vários momentos me pegava pulando os parágrafos de tanta curiosidade!

Retorno a dizer que essa série está mais emocionante que a primeira. Talvez Pullman já sabia como prender o leitor devido aos seus outros livros, mas ele fez tudo com maestria.

Tanto “La Belle Sauvage” como “Fonteiras do Universo” são emocionantes. O universo criado por  Pullman é intrigante e invejável.

À todos que não leram ou só viram o filme ou nem viram, peguem os livros para ler. Nunca irão se arrepender dessa escolha.

~Livro cedido em parceria com a editora~

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.