Menu

28.3.18

{Quotes} Palácio de Mentiras


Já comentei com vocês que essa série não é para amadores. Que é preciso lê-la com cuidado e muito pensamento crítico.

Para saber mais a minha opinião, confira aqui a resenha do livro!
"Meu estômago dá um nó. Droga. Eu odeio ter revelado mesmo que um traço de fragilidade na frente desse homem. Eu não demonstro fraqueza. Nunca. A única pessoa com quem consegui baixar a guarda foi Ella. Aquela garota tem o poder de quebrar minhas barreiras e me ver de verdade. O verdadeiro eu, não o babaca frio e insensível que o resto do mundo vê."
"Olho para nossos dedos entrelaçados.
- Eu sou uma fugitiva, East.
- Não, você é uma guerreira.
- Eu posso lutar por outras pessoas, como minha mãe, o Reed ou você, mas... não sou boa quando o conflito bate na minha porta. - Mordo com força o lábio inferior. [...]"
"- Assassinos são assassinos. - diz Jordan com desprezo, mas reparo que parte da malícia sumiu de sua voz. A expressão dela é quase... pensativa."
"Tudo que lutamos tanto para deixar por trás das portas da mansão vai jorrar para fora."
Como podem perceber, não marquei muitas coisas. Nada é muito marcaante ou possui algum significado que eu acredito ser digno de nota. É uma leitura vazia que só deixa com um pouquinho mais de raiva por fazer algumas meninas mais vulneráveis acreditarem que Reed se redimiu. Não vi nenhuma redenção, nem razão absoluta para os rapazes agirem como agem. E o caráter dos personagens só parece piorar.

Enfim, essas foram as únicas quotes que eu separei em Palácio de Mentiras. Achou alguma relevante e gostaria de deixar marcado aqui? Coloque nos comentários!

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.