Menu

16.3.18

{Resenha} Palácio de Mentiras


Título Original: Twisted Palace
Autora: Erin Watt
Editora: Essência
Sinopse: 'De inimigos mortais a aliados improváveis, dois adolescentes tentam proteger tudo o que mais importa para eles. Ella Harper foi capaz de superar cada um dos obstáculos que surgiram em seu caminho. Forte e resiliente, ela está disposta a fazer o que for preciso para defender as pessoas que ama. Mas lidar com o retorno do pai desaparecido e com o namorado cuja vida está por um fio pode ser demais para a jovem.
Reed Royal tem um temperamento afiado e punhos ágeis. Mas sua habilidade para resolver problemas com violência já não é mais o bastante. Se ele quiser salvar a si mesmo e a sua garota, ele terá que superar o passado e sua reputação manchada.
Ella precisa ser forte para lidar com os Royal... isso se Reed não destruir sua própria família antes.'

Resenhas anteriores: Princesa de Papel
                                 Príncipe Partido

Primeira coisa: não pense que o que existe nesse livro entre os dois protagonistas é amor. É, na verdade, qualquer coisa que não amor.

Palácio de Mentiras é o terceiro livro de série The Royals, continuação exata de seu predecessor. Então, se não deseja spoiler dos livros anteriores, pode pular algumas partes da resenha que tudo bem.
“[...] Eu não demonstro fraquezas. Nunca. A única pessoa com quem consegui baixar a guarda foi Ella. Aquela garota tem o poder de quebrar minhas barreiras e me ver de verdade. O verdadeiro eu, não o babaca frio e insensível que o resto do mundo vê.”
Reed Royal está encrencado. Não há nada que ele consiga fazer para livrar sua bunda da prisão. Ele tenta levar a vida normalmente, mas a lembrança de que seu tempo está acabando lhe tira do sério.

Ella Harper está de mãos atadas: seu namorado está para ser preso e seu pai ressurgiu dos mortos. Um pai que está ávido para começar a ser pai, de uma filha que nunca teve uma família comum.
E é essa toda a história do livro.

Sim, exatamente.

Depois da morte de Brooke, tudo na casa Royal desmorona. Até mesmo seu poder de influência parece diminuir. Ella e Reed tem contratempos em seu relacionamento, principalmente por causa de seus familiares. Steve chegou para tentar colocar ordem em tudo e não se parece nada com a descrição que tivemos dele nos livros anteriores.

Ella deseja ajudar Reed, encontrar um modo de provar a sua inocência, mesmo tendo dúvidas que não se atreve a dizer em voz alta. A escola já não é mais o mesmo ambiente para Reed, nem mesmo as coisas que gosta de fazer lá. Todos o estão observando, poucos acreditam em sua inocência, dado seu histórico violento.

Temos uma prova de como o sistema judiciário pode funcionar quando se tem dinheiro, mas isso temos desde o primeiro livro. Se você tem muito dinheiro, tem muito poder e pode comprar a todos.
Algo positivo que vi nesse livro foi uma esperança de amizade entre duas personagens que não podiam se ver. Pelo menos, um começo de compreensão existe. Não que tudo seja absolvido, mas seria legal ver tais questões resolvidas.

Agora, a história em si, toda a questão dos Royal... Como disse, não acho que o que existe entre Ella e Reed seja amor, mas sim uma dependência forçada e doentia do rapaz. Vi que algumas meninas dizem quem “ele se redime”. Não, de modo algum. Isso não o livra dos pecados, das coisas forçadas e ofensas realizadas. O maltrato. A família toda é bizarra e acho que não dá para ficar romantizando seus comportamentos.

São todos adolescentes que cresceram com mentiras e sabendo que qualquer coisa que fizerem, o dinheiro de sua família irá resolver. Que podem esmagar qualquer pessoa que ela não tem valor. Vão me questionar nisso, mas sim. É verdade e isso fica bem claro em suas relações, quando decidem que uma pessoa já não vale mais a pena.

Enfim, as autoras conseguem prender o leitor, pois sua estória tem bons diálogos e você quer ver como tudo termina. A diagramação segue o padrão dos livros anteriores, bem confortável de ler rapidamente.

Leiam ele (assim como todos os outros livros dessa série) com cautela e com o senso crítico bem ativo!

Devido ao grande sucesso da série The Royals, as autoras irão lançar novos livros, focando em todos os irmãos da família Royal.  O próximo livro a ser lançado no Brasil será "Fallen Heir" (algo como Herdeiro Caído), e contará com a visão de Easton Royal!

Esse eu estou esperando, hehehe!



1 comentários:

  1. a ascensão e a decadência de uma familia, todos os segredos e escândalos, uau! esse volume promete
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.