Menu

18.6.18

{O menino que vê filmes} TOP SÉRIES DOS ANOS 80/90


Oi gente! 

Séries se tornaram uma febre mundial nos dias de hoje, com as plataformas de streaming. Porém, o pessoal da minha geração não tinha esses privilégios. Para acompanhar uma série, tinha que se estar nos dias e horários certos em frente a TV e correr o risco de, de uma hora pra outra, ver cancelada aquela série do coração sem nenhuma explicação (como acontece nos dias de hoje). Quem viveu na década de 80 lembra-se de programas de TV como a Sessão Aventura, que era exibida diariamente após a Sessão da Tarde. Havia também as séries de final de semana, para quem não conseguia assistir nada de segunda a sexta. Tinha série pra todos os gostos: Ficção, Western, Policial, Drama… 

Vou fazer aqui hoje um apanhado das séries que marcaram minha infância e adolescência, apenas a título de recordação para a galera que está entrando nos “enta”, já que nenhuma das séries que eu vou relacionar aqui eram páreo para um Game Of Thrones… Mas eram garantia de diversão na TV. Vem comigo? 

O INCRÍVEL HULK


Muito antes do gigante esmeralda estrelar filmes solo e compor a equipe dos Vingadores, ele era vivido nas telinhas diariamente pelos atores Bill Bixby e Lou Ferrigno. Embora apresentasse mudanças substanciais no enredo em relação à HQ, O Incrível Hulk deixou saudades nos fãs da série. Uma das mudanças mais notáveis era em relação ao nome do protagonista, que não se chamava Bruce, mas David Banner. O nome foi escolhido para metaforizar com a história de Davi e Golias, simbolizando a dualidade das personalidades do cientista e do monstro verde (que era interpretado pelo fisiculturista/ator Lou Ferrigno).

MANIMAL


Apesar de sua curta duração, Manimal conquistou lugar de destaque entre as séries de maior sucesso dos anos 80. Com enredos deveras ingênuos, Manimal impressionava com seus efeitos especiais de “última geração”, que caíram no gosto dos produtores após o lançamento do videoclipe Thriller, de Michael Jackson. Divertida e instigante, Manimal contava a saga do professor Jonathan Chase, um especialista em vida selvagem que trabalhava como consultor para a polícia de Nova York e dominava uma técnica indígena que o permitia se transformar em quaisquer animais. Para a tristeza dos fãs, a série teve apenas 8 episódios produzidos. 

 AUTOMAN


Outra série de curta duração que atingiu enorme sucesso no público infanto juvenil foi Automan. Claramente inspirada no filme Tron, Automan narra a saga do personagem de mesmo nome, que era nada menos que um “holograma sólido”, que podia se materializar no mundo exterior e auxiliar seu criador, o policial Walter Nebicher, no combate ao crime. Automan era composto de um corpo que se assemelha a uma placa de circuitos reluzentes e atuava acompanhado da entidade chamada Cursor, um ponto de luz que era capaz de materializar carros, aeronaves e qualquer coisa que o herói necessitasse. 

 A GATA E O RATO


Muito antes de Bruce Willis se tornar o “badass” dos filmes de ação dos anos 90 em diante, ele protagonizava, ao lado da belíssima Cybill Shepperd, um charmoso (e cínico) detetive particular nesta série que foi uma das maiores sobre detetives. O enredo é sobre Maddie, uma modelo de sucesso que, após ser enganada por seu agente, fica sem emprego e sem dinheiro, unindo-se ao detetive David Addison na agência de detetives Blue Moon. Com toques de comédia e romance, a série teve 67 episódios e, em grande parte, veiculou em horário nobre nos EUA. No Brasil, a série era exibida aos domingos. 

 ALÉM DA IMAGINAÇÃO 


Muita gente não sabe, mas séries como Arquivo X são derivadas diretas da fantástica The Twilight Zone, ou Além da Imaginação, como ficou conhecida por aqui. A série narrava (com um tom sombrio) histórias de ficção que abordavam assuntos como o sobrenatural, alienígenas, viagens no tempo e dimensionais. O sucesso da série foi tanto que ela teve vários remakes e continuações, tendo sido exibida originalmente em 1969.

BARRADOS NO BAILE



Originalmente chamada Beverly Hills 90210, a série queridinha dos adolescentes dos anos 90 (me incluindo) fez grande sucesso no Brasil e transformou em astros alguns de seus protagonistas, como Jason Priestley e Luke Perry (só eu sei o trabalho que dava imitar aqueles topetes). Beverly Hills 90210 abordava temas comuns aos jovens, tais como gravidez precoce, drogas e suicídio, e era ambientada num dos endereços mais luxuosos dos EUA.

BLOSSOM


Minha série preferida na hora do almoço, já nos anos 2000, que trazia como protagonista a atriz Mayim Bialik, que hoje pode ser vista como a Amy Farrah Fowler na série The Big Bang Theory. Blossom era uma adolescente perspicaz e muito inteligente, que se via em conflito com sua família pouco convencional, formada por seu pai músico, seus irmãos, sua vizinha Sixie e seu avô materno. Garantia de boas risadas!

FRIENDS


Esta sim inaugurou a era dos grandes Sitcon’s de sucesso na TV aberta! Atire a primeira pedra quem nunca deu uma risada com o dia a dia dos amigos Ross, Rachel, Chandler, Joey, Phoebe e Monica. Dinâmica e divertida, Friends baseava-se nos problemas cotidianos destes 6 amigos que dividiam o prédio e suas histórias no coração de Nova York, entre um e outro café no famoso Cerntral Perk.

CONCLUSÃO 

Séries de TV sempre foram e sempre serão uma excelente pedida de entretenimento para todas as idades e as plataformas de Streaming só vieram facilitar a diversão. Até a próxima, gente! 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.