Menu

26.6.18

{Resenha} Doce Lar


Título Original: Sweet Home
Autora: Tillie Cole
Editorial: Essência
Sinopse: Aos vinte anos, Molly Shakespeare acha que já sabe de tudo.Ela leu Descartes e Kant.
Ela estudou em Oxford.
Ela sabe que as pessoas que te amam também te deixam.
Mas quando Molly se muda da cinzenta Inglaterra para começar uma nova vida nos Estados Unidos, ela descobre que ainda tem muito a aprender. No Alabama os verões são mais quentes, as pessoas mais intimidantes e os alunos de sua nova escola muito mais viciados em futebol.
Após conhecer o famoso quarterback Romeu Prince, Molly só consegue pensar em seus olhos castanhos, cabelos loiros, físico perfeito... e em como sua vida tranquila e solitária parece estar a ponto de mudar drasticamente.

Molly Shakespeare veio da Inglaterra como assistente de sua professora e também para concluir seu mestrado na Universidade do Alabama. Tudo que ela esperava era passar esse ano fazendo seus trabalhos e vivendo uma vida tranquila já que seu passado é um tanto turbulento. Claro que isso deixa de acontecer quando ela esbarra no cara mais gato da universidade.

Romeo Prince é o típico bad boy atormentado. O sonho de toda garota do Alabama, já que ele é o quarterback da universidade. Todos o conhecem e sabem seu nome, mas parece que uma tímida garota inglesa não faz ideia de quem ele é. Uma novidade para o tão cobiçado “Canhão”.


Molly é conhecida por sua inteligência. Formou-se cedo e já está prestes a concluir seu mestrado, mas cai de amores rapidamente pelo quarterback da universidade. Mas isso é ruim? Claro que não, o problema é se deixar levar pela possessividade dele, pois é onde reina a burrice. Eu adoro os bad boys, mas sempre precisamos de uma mocinha que tenha pulso firme para representar nós, as mulheres poderosas.

Para quem leu Mil Beijos de Garoto e se apaixonou pela história de Poppy e Rune, Doce Lar é como um retrocesso. A história é aquele clichê que tem em muitos livros. Não me levem a mal, eu adoro um clichê, mas eu não esperava nesse livro. Fui com as expectativas erradas e acabei encontrando o mais do mesmo. Então se você gosta desses livros açucarados, vai amar Doce Lar. Se eu soubesse que a história seria isso, talvez eu tivesse aproveitado mais a leitura. Mirei Mil beijos de Garoto e acertei em Sem Fôlego da Abbi Glines. Fãs da Abbi não me batam, please.

Para deixar claro aqui, eu não achei o livro todo ruim, mas como não foi o que eu achei que seria, eu não poderia deixar de dar minha opinião sincera e minha nota baixa. My apologies aos fãs.



1 comentários:

  1. confesso que tenho me encantado aos poucos pela proposta do livro, estou me rendendo a trama!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.