Menu

19.9.18

{Resenha} Sob águas escuras


Título original: Dark Water
Autor: Robert Bryndza
Editora: Gutemberg
Sinopse: “Puxado pelo peso das correntes, o corpo afundou rapidamente.
Ela descansou ali, quieta e serena… durante muitos anos.”
Quando a Detetive Erika Foster vasculha, com sua equipe, um lago artificial nos arredores de Londres em busca de uma valiosa pista de um caso de narcóticos, ela encontra muito mais do que eles estavam procurando.
Do fundo do lago são recuperados dois pacotes: um deles contém 4 milhões de libras em heroína. O outro… o esqueleto de uma criança.
Os restos mortais são de Jessica Collins, uma garota desaparecida há 26 anos e que foi a principal manchete de todos os noticiários da época.
Erika, então, precisa revirar o passado e desenterrar os traumas da família Collins para descobrir mais sobre o trabalho de Amanda Baker, a detetive original do caso – uma mulher torturada pelo seu fracasso na busca por Jessica.
Muitos mistérios envolvem esse crime, e alguém que não quer que o caso seja resolvido fará de tudo para impedir que Erika Foster descubra a verdade.
O autor de A Garota No Gelo e Uma Sombra Na Escuridão nos presenteia com outra eletrizante aventura da Detetive Erika Foster.

Como não é nenhuma novidade, fui capturada pela capa desse livro! Não só dele, como de seus outros dois antecessores: A Garota no Gelo e Uma Sombra na Escuridão.

Essa série de livros nos apresenta a detetive Erika Foster: uma imigrante da Europa Oriental em Londres. Com uma vasta experiência no ramo, ela tem sua estreia no livro A Garota no Gelo, que se trata de uma jovem encontrada congelada em um lago situado num parque em Londres.

Porque estou falando dele um pouquinho? Os livros são ligados? Não. Embora os casos sejam citados, você não verá como o caso se sucedeu nem nada disso. Pode ler pela ordem que desejar.

Enfim. Meu primeiro contato com a escrita do autor foi no primeiro livro – A Garota no Gelo - , via audiobook. Primeira vez que ouvi um audiobook inteiro também. O Grupo Autêntica cedeu aos parceiros alguns meses de experimentação no Ubook e deixa contar para vocês: foi uma experiência maravilhosa. Não foi apenas uma leitura mecânica sem emoção, que foi o que me fez desistir de audiobooks anteriores. Acredito que foi narrado por atores mesmo, sabe? Com interpretações e tudo, foi uma experiência rica e proveitosa que me fez ouvir mais livros!

Em A Garota no Gelo, Erika Foster está retomando sua vida após alguns anos afastada do trabalho, pois sua última missão teve consequências terríveis para sua vida. Mesmo estando em uma delegacia diferente, sua fama a precede. Encontra resistências como chefe e é até mesmo desacreditada. Ao mesmo tempo em que luta contra todo o preconceito e resistência a sua presença no caso, ela vai desvendando tudo o que cerca a jovem garota encontrada.

O segundo livro: Uma sombra na escuridão, eu comprei em e-book mas ainda não consegui lê-lo.


E o terceiro livro, Sob águas escuras, Erika está em uma nova delegacia por conta de algo que aconteceu em seu caso anterior. Trabalha na sessão de crimes de drogas (tráfico) e, em seu caso mais recente na busca por evidências para prender um traficante, acaba se deparando com um cadáver que ficou anos e anos perdido e é identificado: uma criança chamada Jessica Collins que desapareceu sem deixar vestígios há quase 30 anos atrás.

Érika começa o duro trabalho de tentar tomar para si o caso, porém não esperava se deparar com tamanha resistência. A situação é mais complicada do que ela imagina, uma vez que há um provável culpado... Porém intocável.

Gosto muito da personalidade da detetive inspetora, é decidida e firme, não deixa que seus problemas pessoais atrapalhem seu trabalho ou seu trabalho interferir em sua vida pessoal. Rabugenta, ela não é de meias palavras, mas é sincera com quem ela forma algum vínculo. Todos os personagens contribuem para a trama, especialmente os mais próximos de Érika: Kate, Isaac e Peterson.

Sou muito boa com mistérios, então faço sempre suposições sobre quem é o culpado e geralmente acerto, haha! Não tem sido diferente dos livros do Bryndza, mas isso não quer dizer que não sejam bons, pelo contrário! São muito bons, o modo como tudo se desenvolvem é instigante e lhe faz querer correr com a leitura.

Assim que possível quero ler o segundo livro, pois o que sei dele já me animou a dar continuidade.

Também teremos o lançamento do quarto livro aqui no Brasil: O último suspiro. Será lançado em outubro!

Confira a capa e a sinopse:

“Ele é o encontro perfeito. Ela é sua próxima vítima.”
Quando o corpo torturado de uma jovem é encontrado em uma lixeira, com os olhos inchados e as roupas encharcadas de sangue, a Detetive Erika Foster é uma das primeiras a chegar na cena do crime. O problema é que, desta vez, o caso não é dela.
Enquanto luta para garantir seu lugar na equipe de investigação, Erika rapidamente encontra uma ligação desse assassinato com um crime não solucionado de uma jovem quatro meses antes. Jogadas em um local semelhante, as duas mulheres têm feridas idênticas e uma incisão fatal na artéria femoral.
Procurando suas vítimas nas redes sociais a partir de um perfil falso, o assassino ataca jovens bonitas escolhidas aleatoriamente.
Então, uma outra garota é sequestrada… Erika e sua equipe têm que chegar antes que ela se torne a próxima vítima. Mas como a Detetive Foster pegará um assassino que parece não existir?
Eletrizante, tenso e impossível de largar, O último suspiro fará você correr para a última página.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.