Menu

21.11.18

{Resenha} A Escola do Bem e do Mal #3: Infelizes para sempre


Título Original: The school of Good and Evil: The last ever after
Autor: Soman Chainani
Editora: Gutemberg
Sinopse: Sophie e Agatha estão lutando contra o passado para conseguir mudar o futuro, em busca de um final perfeito para seu conto de fadas. Elas acreditavam que sua história havia chegado ao FIM no minuto em que se separaram, quando Agatha foi levada de volta para Gavaldon com Tedros, e Sophie ficou para trás com o lindo e renascido Diretor da Escola. Mas nada no mundo dos contos de fadas é tão simples. Agora inimigas, elas tentam se acostumar com suas novas vidas, mas a história das duas pede para ser reescrita... E isso pode afetar quem elas menos imaginam. Com as garotas separadas, o Mal assume o poder e os vilões do passado ressurgem das trevas em busca de vingança, sedentos por uma segunda chance de transformar o mundo do Bem e do Mal em um reino de escuridão, com Sophie como rainha. Agora, apenas Agatha e Tedros podem apelar ao poder da amizade e do amor do Bem para impedir a dominação do Mal e evitar que todos sejam infelizes para sempre. Mas... qual é a linha tênue que separa o Bem e o Mal?
“E se o problema for eu?”, ela disse de repente. “Toda vez que tento ser feliz, dá errado. Primeiro, com a Sophie, depois com você, e eu só consigo pensar que não somos nós que estamos com problemas... sou eu. A garota que estraga a história de todo mundo. A garota que foi feita para ficar sozinha. Por isso que eu tenho medo de deixar minha mãe. Porque, e se não for pra eu ficar com você, Tedros? E se for para eu ficar aqui, assim como ela, sem encontrar o amor?”
Chegamos ao terceiro livro da série A escola do Bem e do Mal!
Se bem me lembro do livro dois, onde você pode conferir a resenha dele e do primeiro livro:
A Escola do Bem e do Mal #2: um mundo sem príncipes

E lembrando que como é o terceiro livro de uma série, aqui você provavelmente encontrará spoilers dos livros anteriores, tá?

Então, como eu ia dizendo, no final do livro anterior descobrimos que o Mal agora tem uma nova rainha. Contra toda nossa torcida, o mal tem uma nova rainha... E um rei. As mentiras e a descrença foram maiores que os laços de amizade, a desconfiança era forte demais para que os vínculos se mantivessem firmes.

Agora Agatha e Tedros tem seu finalmente Felizes para sempre... ou será que não?

Depois de algumas semanas confinados na pequena casa em Graves Hill, o casal tem dúvidas a respeito deles como par. A mãe de Agatha já não fica mais tanto tempo em casa, uma vez que tudo ficou tão apertado e é muito difícil manter um príncipe que devora toda a comida da casa. E Reaper simplesmente não gosta dele ali.

Agatha não pode deixar a casa, pois ainda há um prêmio por sua cabeça e de Sophie, então a casa está realmente parecendo uma prisão para os dois. A conversa não flui como deveria... Então os questionamentos e incertezas surgem entre os dois... Ainda mais em Agatha, que não está tão confiante na relação, embora ame Tedros.
“Você não pode planejar a sua história mais do que pode planejar por quem irá se apaixonar. Esse é o sentido da história.(...)”
Mas ambos sabem que suas vidas não estão completas sem sua melhor amiga, que decidiu permanecer com seu Diretor. Após uma grande descoberta, Agatha e Tedros decidem voltar para a Floresta e serem completos novamente.

Só não imaginavam que as coisas estariam tão diferentes...

Sophie também não está no Felizes para sempre que desejava. Ela não quer ficar sozinha, mas não sabe se aquela beldade de gelo é o cara certo para ela... Mas a perspectiva de ficar sozinha é mais aterrorizante.
“(...) Uma vez que o livro de história de Sophie for concluído, o Mal irá provar que também pode ganhar, sem mais vilões à morrer no final.”
Quanto à Escola do Bem e do Mal, as coisas estão bem diferentes. Agora existe apenas o Mal. O Diretor da Escola agora cria ali um exército de vilões, seja o aluno Sempre ou Nunca. Já não existe mais essa determinação. Aquele que não segue a ordem, é levado para a escola do Velho para um tratamento intensivo com os novos professores: os antigos vilões dos contos de fadas: Capitão Gancho, o Lobo Mau, a Madrasta Má e outros estão mais vivos do que nunca para uma chance de refazerem suas histórias, o que significa que os heróis das mesmas estão em risco.

Por isso, a liga do Bem precisa se reunir e buscar formas de resgatar Sophie e destruir o Diretor. Mas será que Sophie quer ser resgatada? Será que Sophie é de fato, do Bem?

São muitas dúvidas que cercam os personagens, entre elas a dúvida de Agatha sobre seu Feliz Para Sempre. Ser rainha ou não ser... Será que dará conta do trabalho? Será que ela, de fato, será feliz com Tedros em Camelot?

Muito está em jogo, uma vez que a Floresta Sem Fim também precisa ser protegida, pois os limites de Galvadon também serão perseguidos. Nossos heróis têm muito o que fazer e pouco tempo antes que tudo acabe.

Em Infelizes Para Sempre vemos que há mais entre o Bem e o Mal do que apenas o preto e o branco. O que é o mal sem o bem... E o bem sem o mal? Os personagens estão buscando formas de terem o que querem, de atingirem seus finais felizes e isso influencia o final de todos.

Dot, Anadil e Hester mostram todo seu protagonismo nesse livro, assim como Dovey e Lady Lesso aparecem para dar uma boa lição. Acredito que Sempres e Nuncas redescobrem-se mais uma vez, tal qual um Leitor ao dar início a uma nova obra. E vemos que Final Feliz é aquilo que no fundo do seu coração, te faz feliz. Seja um amor, seja um trabalho, seja sua família, seus amigos... Isso foi muito bonito.

Estava reparando nas capas dos livros e percebi que os cisnes sempre acompanham o ritmo da história, achei isso bem legal por parte dos capistas! Os desenhos nos capítulos continuam presente, nos dando um gostinho para nossa imaginação dar cara as coisas que estamos lendo.

 Soman Chainani sabe agradar seu público, seja adulto ou infanto-juvenil. Ou mesmo infantil. São histórias para todas as idades, pois todos nós já passamos por essas histórias em algum momento de nossas vidas. Descobertas incríveis te aguardam nas páginas desse livro, com surpresas a cada novo capítulo.

Amo contos de fadas, ver os felizes para sempre dos contos clássicos deixou tudo mais emocionante!



Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.