Menu

22.11.18

{Tete à Tete} Então...



Oi pessoas!

O ano está quase chegando no final e gosto sempre de falar um pouquinho nessa época, fazer umas avaliações, sabem?

Este ano foi um pouco de ano sabático. As coisas foram meio loucas, muitas mudanças, algumas perdas, algumas decisões de mudar a vida. E tentei manter o blog o melhor possível, embora tenha falhado um pouco. Não me dediquei tanto a ele e a leitura este ano, porque simplesmente eu entrei numa fase meio introspectiva em diversos aspectos. Preferi ficar mais quietinha e com a mente meio... Sei lá, difícil descrever, mas preferi ficar meio distante de muitas coisas e pessoas. Comecei o ano pensando que seria de um modo, mas acabou sendo de outro completamente diferente. Mas a vida é assim, não é?

Às vezes eu gosto de apenas sentar e escrever, lembro que fazia muito isso quando era mais nova. Escrever foi o que me manteve sã em muitos momentos, especialmente enquanto navegava por águas nebulosas.

Acredito que hoje estou um pouco nebulosa, ainda me mantenho ligeiramente à deriva. Algumas vezes pensando em desistir, outras tentando me manter firme e encontrar uma rota. A verdade é que na maior parte das vezes, ninguém sabe o que de fato está fazendo.


Meu ano foi turbulento. Muitas pancadas, quase perdi dois cachorros em momentos diferentes do ano pelas mesmas razões. E, por mais que eu pense: eu não vou me apegar tanto, não vou sofrer... Eu sofro, oras. São meus bebês lindos e eu simplesmente os abraçava e chorava e implorava para permanecerem comigo. E estão comigo, lindos, fortes e bagunceiros como nunca. Já perdi um outro dog há alguns anos atrás de maneira muito violenta, aí depois esses dois ficaram doentes esse ano e eu comecei a duvidar de mim mesma e a capacidade de manter criaturas indefesas vivas e seguras. Imagina se um dia eu engravidasse? Melhor não, né?

Mas aí agora está tudo bem, sei que não posso proteger ninguém de muitas coisas... Mas ainda assim ainda fica a pulga atrás da orelha né. Hehe.

E esse ano ainda teve a fatídica eleição para presidente que simplesmente me desgastou. Não vou conseguir ver algumas pessoas com os mesmos olhos que via antes. Acredito que a falta de empatia e a consciência estão deixando nosso planeta rapidinho, pois a coisa não está feia só aqui... Aqui só está mais próximo de nós, é claro. Aqui é onde foi mais decepcionante... Eu que vivo no mundo dos livros e quem não lê é que vive uma fantasia bizarra e deprimente! Quem nos segue no Twitter pode acompanhar um pouco minha opinião. (se não nos segue lá, clica aqui e faça parte do nosso clubinho! Estou usando mais ele agora, prometo!)

No trabalho... Bem, no trabalho as coisas continuam andando. Nada de diferente, nada de novo. Só que é meio desgastante, embora tenha uma rotina semanal de atendimentos, tem dias que são pesados... Aí chego em casa e não consigo pegar num livro... Só penso em descansar e dormir.

E isso me traz a culpa. Eu preciso ler. Eu gosto de ler... É um prazer para mim. Então porque não consigo? Li bem menos livros esse ano do que em anos anteriores... Acho que essa rotina do dia-a-dia, seja no trabalho ou em casa que está me detonando. Pensei em tentar me organizar melhor... mas o cansaço...


Aí ok. Leio o livro... Aí quero falar sobre ele, quero fazer a resenha, tirar foto, sambar com ele. Mas não tenho ânimo. Vou empilhando livros para escrever e aí tudo acaba ficando maçante. Queria falar mais sobre as coisas que assisto, sobre coisas que observei, sobre músicas, fazer mais brincadeiras... Mas e o ânimo? Espero que o próximo ano me dê mais gás com toda a turbulência que é esperada.

E ainda não acabou o ano, sei que ainda tem coisa vindo que vai me jogar um pouco mais para baixo, mas do chão não passo. Só me resta levantar.

Não vou desistir. Pretendo investir ainda mais no blog e quem sabe avançar mais ainda nesse ramo. Pretendo estudar um pouco mais também, acredito que só trará benefícios para nós.

Quanto a vocês que nos seguem e leem nossas resenhas, muito obrigada. As editoras que confiam em nosso trabalho, obrigada por nos apoiar e nos mandar livros incríveis que só alimentam nossa sede de conhecimento e novos mundos fantásticos.

Esse provavelmente é só o primeiro post de pensamentos aleatórios ou de acontecimentos que farei. Acredito que voltarei a escrever com mais frequência, então espero que isso não aborreça vocês, hehe!

Obrigada!!!


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.