Menu

13.4.19

{Resenha} Tiger Lily




Autora: Jodi Lynn Anderson
Editora: Morro Branco
Sinopse: Antes do coração de Peter Pan pertencer à Wendy, ele pertenceu à menina com penas de corvo nos cabelos...
Tiger Lily não acreditava em histórias de amor ou finais felizes, até encontrar Peter na floresta proibida da Terra do Nunca. Diferente de todos que conhecia, ele era impulsivo, corajoso e fazia seu coração bater mais rápido. Mas como líder dos Garotos Perdidos, os mais temíveis habitantes da ilha, Peter era também uma escolha improvável para Tiger Lily. Ainda assim, ela logo se viu arriscando tudo - sua família e seu futuro - para estar com ele.
Com tantas diferenças ameaçando separá-los, o amor dos dois parece condenado. Mas é a chegada de Wendy Darling que leva a menina a descobrir que os inimigos mais perigosos podem viver dentro dos corações mais leais e amorosos.
Da autora best-seller do The New York Times, esse romance mágico e encantador entre uma heroína corajosa e o garoto que não queria crescer vai partir seu coração. 
“Você não saberia, ao vê-la, que ela viveu por tempo suficiente para procurar pelo que está do outro lado da água. Oitenta anos depois, ela ainda tem quinze anos.”
Gosto de contos de fadas desde criança. Cresci pedindo que meus pais os contassem de novo e de novo, muitas vezes. Quando aprendi a ler, procurei por mim mesma. Também assisti muito daqueles que foram contados pela Disney. 

Então é difícil encontrar uma criança que não os conheça e que não conheça Peter Pan. Todos sabem da história da Terra do Nunca, Sininho (hoje conhecida como Tinker Bell), Wendy e seus irmãos, os garotos perdidos. 

Crianças que não queriam crescer. 

Mas será que é isso mesmo?


Jodi Lynn Anderson nos apresenta a história por uma nova perspectiva, a de Tiger Lily – ou Tigtresinha, como ficou conhecia pela animação da Disney. Nela, vemos muito pouco dessa menina que às vezes acompanha os meninos perdidos e Peter Pan e sabemos que existe algo entre eles pelo modo com o qual Peter conversa com ela. 

Só que a autora nos trouxe uma nova reflexão a respeito dessa jovem. 

Aparentando ainda ter seus 15 anos, Tiger Lily é a pária da Comedores do Céu, a Ovelha Negra. Isolada e com poucos amigos que olham por ela, foi adotada pelo chefe da tribo, Tic Tac. Tão peculiar quanto ela, é o único que entende como a menina é e a deixa ser. 

Tic Tac leva esse nome por causa do curioso aparato que conta as horas que passam que ele possui. Dono de cabelos longos e bem cuidados, ele veste roupas como as femininas e tem orgulho de ser quem é, como sua filha adotiva. Todos o escutam e o respeitam, tanto como líder quanto curandeiro. Sábio, simplesmente. 

Tiger Lily possui amigos, provavelmente tão deslocados quanto ela. Seiva de Pinheiro também sofria preconceito por ser menor que os outros meninos e não podia ir caçar com eles por ser mais fraco. Tiger Lily também não podia, mas ninguém se atrevia a manda-la embora uma vez que estava lá. E ela era a melhor caçadora. 

Embora gostasse de sua tribo, sentia muitas vezes que não pertencia a ela. E a jovem era simplesmente diferente deles de um jeito que ninguém conseguia explicar. Ao invés de deixar um homem inglês cujo navio afundara e foi parar na praia, morrer, ela decide cuidar dele. Pois as pessoas da tribo acreditam que os estrangeiros podem passar para eles a doença do envelhecimento. Sim, as pessoas da ilha não envelhecem. Não se sabe porque ou como... Simplesmente chega uma época de suas vidas que seu crescimento para. Adolescente ou adulto, é diferente para cada um deles. 

Porém, os piratas pelo que eu entendi, envelhecem. Há uma pequena vila de piratas que caçam os Meninos Perdidos, mas não se metem com as tribos num acordo de paz: “Não mexa com os meus que não mexo com os seus”. Porém... 

Diferente dos contos infantis existentes, que mostram pouco da crueldade dos piratas, Jodi Lynn Andersen os levou ao limite entre normal e psicótico. Capitão Gancho é alguém aparentemente normal, com sonhos como toda pessoa. Confia em seus homens, sabe conversar e é um pouco filósofo. Reginald Smee, por sua vez... Sua face tranquila é apenas uma máscara que esconde a morte. E ele está encantado por nossa Tiger Lily. 

Tiger Lily e Peter Pan possuem um romance inocente, permeado por dúvidas e amor. E o sentimento que os liga é frágil e novo, pois nossa menina é um espírito livre... Assim como Peter. Um menino líder cheio de si e confiante, ele é o protetor. E não sabe como lidar com a jovem. 

Sua vida já bastante conturbada, prometida a um homem bruto da tribo. Seu pai, após mudanças ocorridas, está cada dia mais perdido e definhando aos poucos e Tiger Lily não sabe o que fazer para ajudar... Ela sabe que Tic Tac contava com ela, mas ela percebe que está falhando. 

A antes diversidade da tribo agora já se torna um problema com as reflexões trazidas por um estranho... Mas nossa protagonista apenas se afunda mais e mais na floresta, junto daqueles que a deixam ser quem ela é, perfeita como é. 

Pelo menos até a chegada de Wendy. E isso muda tudo. 

É meio agoniante ver escolhas erradas sendo tomadas uma atrás da outra, matando aos poucos um coração que bate tão rápido quanto o de uma ave. 

A escrita da autora é tão doce e suave, suas descrições são boas e permite espaço para a imaginação. Eu sinceramente gostei de conhecer mais de Tiger Lily, mais sobre a vida de sua tribo, os nomes e seus jeitos. E, mesmo que você saiba que a desesperança irá tomar conta, ela ainda consegue te surpreender com um final delicado.


A história era tudo o que eu esperava e mais um pouco. A Ilha não é muito explorada, mas vemos o suficiente para tornar tudo mais especial. A força e a independência brotam da protagonista a todo momento, que ainda está crescendo e aprendendo com o mundo a sua volta, mesmo que limitado. 

Foi o primeiro livro publicado pela editora Morro Branco que li. A qualidade é impecável e a capa é linda. Boa fonte, páginas que não cansam os olhos... Sempre observo isso nos livros que leio, pois torna mais fácil ler por horas seguidas, que é o que você definitivamente irá fazer quando der início a essa bela história.

3 comentários:

  1. Gostei muito da premissa desse livro, nos traz um ângulo completamente diferente da história de Peter Pan, vou salvar o título na minha lista e ler assim que possível!

    www.estante450.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Local Packers and Movers Bangalore List, Get Best Price Quotes, Compare Movers and packers Charges, Top, Local Household Shifting Services
    Packers And Movers Bangalore

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.