Menu

15.11.19

{Resenha} Austenlândia - Shannon Hale

Descubra o que é real para você. Não tem sentido se apoiar na história de alguém por toda sua vida.

Título Original: Austenland
Autora: Shannon Hale
Editora: Record
Sinopse: Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, guarda um segredo constrangedor - é obcecada pelo Sr. Darcy, personagem criado por Jane Austen. Com uma vida amorosa lamentável, Jane decide aceitar seu destino - noites solitárias no sofá assistindo a Colin Firth em Orgulho e preconceito. Contudo, ao ganhar uma viagem de férias para Austenlândia, um misterioso lugar onde todos devem se portar como se estivessem em uma obra da consagrada escritora, Jane tem a chance de viver o romance que sempre sonhou. Mas pode a vida imitar a arte?


Siiiim, sou viciada por tudo o que se trata de Jane Austen. E, quando vi que tinha um livro que se passava em sua era - ou nem tanto assim - quis comprar imediatamente! E, verificando na internet atrás da sinopse, vi que esse livro tem até um filme feito em 2013 (já o consegui, ca-ham. Depois conto como foi!).

Poster Original do Filme
Em todo o momento em que o li, tive a impressão de estar vendo a Bridget Jones, especialmente no final por uma razão que não vou contar qual senão é spoiler. A vida amorosa que é um desastre também é uma boa ligação... O livro nos traz, a cada novo capítulo, um pequeno trecho que relata cada namorado que Jane teve, desde os 5 anos de idade e como ela se decepcionou com cada um deles, o que resultou em sua decisão de nunca mais sair com um homem (Mas não diz nada sobre mulheres, btw). Porém, ela tem essa paixão esmagadora pelo Mr. Darcy, especialmente depois de ter assistido a adaptação cinematográfica de Orgulho e Preconceito que nos dá uma boa visão de Colin Firth de camisa molhada e, todos os caras que ela encontra a partir daí, são comparados ao chato Mr. Darcy (sim, não fui com a cara dele, não me crucifiquem!).

Sua tia avó descobre sua pequena obsessão e, como testamento, deixa para ela uma viagem para Pembrook Park, um local na Inglaterra em que você vive no século XIX, na intenção de que isso a "curasse" e lhe deixasse viver sua vida. Pendendo entre: "isso vai me afundar na vida de solteirona" e "ei, isso realmente pode me curar", ela acaba aceitando. Porém, é difícil para ela entrar no jogo. É interessante até, porque é realmente uma sociedade do século XIX em pleno século XXI: com atores, roupas, comportamentos, casas, atividades diárias desse tempo e deixar para trás tudo o que é moderno. E não, não são os personagens do livro de Jane Austen, mas sim personagens que outras pessoas que pagam uma pequena fortuna para ir até lá criam. Sim, existem os personagens atores fixos, também... E a história da casa é linear, de modo que quem esteve lá na última temporada, pode dar seguimento da onde a história de seu personagem parou. Me pareceu bem divertido, mas é claro que minha mente e coração não são tão atormentados quanto os de Jane, que se vê nessa realidade, mas não consegue tirar os pés do chão.

É visivelmente complicado para ela, pois a cada dia ela se descobre um pouco mais. O tipo de descoberta que te joga no chão e te destrói, te deixando confusa e perdida e não tem nenhum aliado ali dentro. Ninguém em quem se apoiar... E, quando pensa que encontrou um aliado, mais um pedaço se quebra. Quando descobre que não tem nada a perder, ela entra de fato na personagem Miss Jane Erstwhile e age como uma nova pessoa. A Nova Jane. 

Como disse antes, me lembrou muito Bridget Jones, então vale muito a leitura. Ainda mais se você tem mania de se identificar com personagens e sonhar com lugares assim... Admita, não seria interessante viver, mesmo que por 3 semanas, em Austenlândia? Mesmo sabendo que tudo ali é falso, até aquela que você criou... E, no final, você descobrir que aquela é você, de verdade?

Gostei bem do livro, há um segundo lançado: Meia-noite na Austenlândia que, assim que conseguir, lanço minhas opiniões sobre ele (envolve Jane Austen e Agatha Christie... o que será pode sair dali?).

"Sou solteira porque aparentemente os únicos homens bons são fictícios."

3 comentários:

  1. Packers and Movers Hyderabad Give Certified and Verified Service Providers, Cheap and Best ###Office Relocation Charges, ***Home Shifting, ✔✔✔Goods Insurance worth Rs. 10,000, Assurance for Local and Domestic House Shifting. Safe and Reliable Household Shifting Services in Hyderabad with Reasonable Packers and Movers Price Quotation @ Packers And Movers Hyderabad

    ResponderExcluir
  2. Hire Best Packers And Movers Mumbai for hassle-free Household Shifting, ***Office Relocation, ###Car Transporation, Loading Unloading, packing Unpacking at affordable Price Quotation. Top Rated, Safe and Secure Service Providers who can help you with 24x7 and make sure a Untroubled Relocation Services at Cheapest/Lowest Rate @ Packers And Movers Mumbai

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.