Menu

25.8.19

{Lançamentos} Editora Cia das Letras - Agosto 2019

Oie amores.
C-H-E-G-U-E-I!


Confere aí os lançamentos do mês de Agosto da Editora Cia das Letras.



"Todo mundo diz que eu sou uma garota má. Deve ser porque faço o que bem entendo e não estou nem aí para o que os outros pensam de mim. Apesar disso, dormir com o inimigo não faz meu tipo. Como filha do técnico de hóquei da Briar, minha vida estaria arruinada se eu me relacionasse com um jogador de um time rival.
E essa é a definição de Jake Connelly. Estrela e capitão do time de Harvard, ele é arrogante, irritante e atraente demais pra ser verdade. E o pior é que eu preciso que ele tope fingir ser meu namorado para que eu consiga meu tão sonhado estágio na HockeyNet. Mas é claro que aquele gostoso idiota não vai facilitar: para cada encontro falso… ele quer um pra valer. O que significa que estou em apuros. Isso de ficar saindo às escondidas com Jake Connelly não tem como dar certo. Embora esteja cada vez mais difícil resistir ao desejo e ao sorriso de Jake, me recuso a me apaixonar por ele.
Esse é o único risco que eu não vou correr."


"Com personagens cativantes, tramas políticas complexas e lutas cheias de magia e reviravoltas, O Aprendiz de Assassino é tudo o que um fã do gênero pode esperar de uma ótima fantasia épica.

Fitz tem seis anos de idade quando seu avô o joga aos pés de um guarda real e anuncia que a partir de então o pai deve cuidar do bastardo que produziu ― e o pai de Fitz é ninguém menos que Chilvary Farseer, o príncipe herdeiro dos Seis Ducados.
Excluído pela realeza, mas importante demais para ser abandonado, Fitz é criado à sombra da corte, protegido pelo mestre dos estábulos e crescendo em meio aos criados e plebeus da Cidade de Torre do Cervo.
No entanto, um bastardo real é uma peça perigosa, e o rei Shrewd não demora a convocá-lo. Carregando no sangue a magia ancestral do Talento e uma habilidade ainda mais instintiva de se comunicar com os animais, Fitz passa a ser treinado para se tornar um assassino a serviço do rei.
Quando saqueadores selvagens começam a atacar as regiões costeiras dos Seis Ducados, Fitz recebe sua primeira missão. Embora alguns o vejam como uma ameaça, o jovem bastardo vai provar que pode ser a chave para a sobrevivência do reino."



"No primeiro volume de uma trilogia de fantasia inspirada na cultura latina, uma ladra capaz de mudar de aparência e um príncipe herdeiro se unem para proteger o reino de uma magia perversa.

Depois de se libertar da dominação dos inglésios, o reino de Castallan não esperava passar por mais nenhuma crise. Mas Dez, o herdeiro, foi assassinado, e agora nobres e plebeus precisam aceitar que o destino do reino está nas mãos do príncipe Alfie, que passou meses fugindo de suas obrigações enquanto bebia tequila em alto-mar.

De volta a Castallan, Alfie não consegue acreditar que seu irmão morreu e, tentando provar o contrário, se depara com Finn Voy. Graças a sua habilidade de assumir a aparência de qualquer pessoa, Finn está sempre usando um disfarce para se proteger dos traumas de seu passado e de qualquer um que se meter em seu caminho.

Quando os destinos de Alfie e Finn se cruzam, eles acidentalmente libertam uma magia poderosa e antiga que, se não for detida, vai mergulhar o mundo em escuridão. Com o futuro de Castallan em suas mãos, o príncipe e a ladra terão de aprisionar essa magia obscura a qualquer custo, mesmo que, no caminho, precisem confrontar seus segredos mais sombrios."

E aí, o que acharam?
Eu estava esperando ansiosa pelo livro da Elle Kennedy, louca pra ler.
Por hoje é só amores.
Até a próxima.
Tchau!


{Resenha} Um desejo para nós dois - Tillie Cole


Oie amores.
C-H-E-G-U-E-I!


Tenho gostado bastante da escrita e dos romances da Tillie Cole
fiquei completamente apaixonada quando li Doce Lar, foi que voltei a 
curtir seus livros. Porque depois que li Mil Beijos de Garoto eu queria 
matar a autora! Odiei o final, na minha opinião a estória tinha tudo pra 
ser incrível, mas como sempre tem autor(a) que só faz merdinha.
Enfim... vamos ao que interessa não é mesmo?
Confere aí!


*livro cedido pela editora
Sinopse:
“Da mesma autora de Mil beijos de garoto, uma história sobre o poder transformador da música. Uma história de música. Uma história de cura. Uma história em que o amor conquista tudo.

Bonnie é a explosão de cor na escuridão dele.
Cromwell é a batida que faz o coração dela pulsar.

Aos dezenove anos, Cromwell Dean é a estrela em ascensão da dance music eletrônica. É adorado por milhares de pessoas, mas ninguém o conhece de verdade. Ninguém vê a cor do seu coração. Até a garota do vestido roxo. Ela é a primeira que consegue ver através das barreiras que Cromwell construiu para a escuridão que o habita.
Quando deixa para trás o céu cinzento da Inglaterra para estudar música na Carolina do Sul, a última coisa que ele espera é vê-la de novo. E ele certamente não espera que a garota do vestido roxo fique em sua cabeça como uma música.
Bonnie Farraday vive pela música. Ela deixa cada nota tocar seu coração e não entende como alguém tão talentoso quanto Cromwell pode evitar fazer o mesmo. Ele está se escondendo de seu passado e ela sabe disso. Bonnie tenta ficar longe, no entanto, algo continua chamando-a de volta. Mas quando uma sombra se aproxima dela, cabe a Cromwell ser sua luz, da única maneira que ele sabe. Ele deve ajudá-la a encontrar a música perdida em seu coração frágil, deve mantê-la forte com uma sinfonia que só ele pode compor.
Uma sinfonia de esperança. Uma sinfonia de amor."

Resenha
Esse livro, na sua essência é “essencialmente” musical. Conta a estória envolvendo essencialmente músicos, que desde sempre se viram envolvidos pela música.
Boonie é uma letrista que canta e toca instrumentos de cordas.
Cromwell compõe, toca qualquer instrumento, canta e herdou de seu pai o, o renomado regente Lewis, uma particularidade chamada SINESTESIA. Essa herança é recebida, dependendo da cabeça de quem recebe, como uma dádiva ou um infortúnio.
A principio Cromwell se sentiu manipulado, diferente, mas depois que entendeu que poderia ajudá-lo com a música, passou a utilizá-la.

"Fiz muitos pedidos em minha vida, mas Cromwell tinha sido o pedido que nunca fiz. O pedido concedido que, no fim, era aquele ao qual eu mais dava valor."
Os dois no mesmo espaço faziam faculdade de musica, e isso de uma maneira torta os trazia sempre juntos, se alfinetando ou não.
Boonie era gêmea com Easton, nada musical, totalmente sem rumo e sem roteiro, um bipolar. Mas esse bipolar, salva Boonie, de uma maneira espetacular!
Cromwell se dá muito bem com Easton e sendo seu companheiro de quarto no campus, também fazem suas loucuras juntos.

Cromwell traz consigo uma bagagem negativa de ressentimentos, raiva e isso o afastou da musica clássica temporariamente, mas como ele não pode viver sem música, optou pela música eletrônica.
E é daí que começa a aventura de Cromwell e Boonie, num entremeado de beijos, olhares enviesados, discussões, partituras e cifras musicais.
Ótima estória, com bons argumentos, bem descritos em seus capítulos, onde o drama principal é algo bem doloroso, que nós leitores nos desesperamos e até lemos mais rápido para que a solução apareça em letras.
Gostei demais dessa estória, recomendo demais a leitura.

"Com a ameaça da morte pairando sobre você, percebe-se que seus verdadeiros sonhos não eram tão grandiosos. E que todos se resumiam a uma só coisa - amor." 
Por hoje é só amores.
Até a próxima.
Tchau!


Título: Um desejo para nós dois
Autor (a): Tillie Cole
Editora: Outro Planeta
Número de Páginas: 416