Menu

13.1.20

{Resenha} Eu Avisei - Megan Maxwell


Oie amores.
C-H-E-G-U-E-I!


Cheguei correndo hoje, pra postar mais uma resenha de 
uma das minhas autoras preferidas: Megan Maxwell.
Tenho que ser sincera que essa leitura foi meio que amor 
e ódio, mas vocês vão entender o porque.
Confere aí a resenha!


*livro cedido pela editora

Sinopse:
”Se eu ganhasse um diamante a cada frustração na vida, seria milionária”, pensou Victoria quando encontrou o namorado na cama com sua melhor amiga na véspera de seu casamento. Apesar dos óculos Prada, das bolsas Chanel, dos sapatos Gucci e de todas as roupas Carolina Herrera penduradas no armário, Victoria era apenas uma mulher amarga morando na melhor área de Madri. Em meio ao caos emocional, sua empresa lhe dá um ultimato: se em dois meses ela não conseguir convencer um conde escocês a emprestar seu castelo para gravar um comercial de uma marca de relógios, eles a colocarão na rua e ela terá que abrir mão de seu estilo de vida sofisticado. Com um fracasso amoroso nas costas e uma missão comercial difícil, Victoria segue para as Terras Altas em busca do Conde McKenna. Mas lá, além da chuva e das vacas, a única pessoa que encontra é Niall, braço direito do aristocrata que tem um plano muito específico para tratar a espanhola rabugenta. Eu avisei é uma comédia romântica divertida e emocionante que fará você lembrar de como é maravilhoso se apaixonar.”
Resenha
Victoria Villacieros está de casamento marcado com Charly, um metido a besta, engomadinho cheio de frescura, igual a sua mãe Mônica.
Victoria não tem bom relacionamento com a irmã Bárbara e nem a própria mãe Margarita. Tudo levou com que Vicky se afastasse de sua família depois da morte de seu pai, tudo desmoronou e nunca foi como antes. Ela resolveu sair de casa e começar uma nova vida, que não incluía mais sua irmã, seu amigo Víctor nem sua mãe, por vergonha dos problemas com bebida.

Sendo assim na sua nova vida, Victoria se tornou uma pessoa completamente insuportável! Com as companhias e influencias erradas, era mesquinha, metida, venenosa, maldosa, mal educada, grossa, fútil, com o emprego e o apartamento dos sonhos, mas no fundo é impessoal e fria. Victoria é a personificação da mulher superficial e rasa de caráter.

Victoria é oposto de sua irmã Bárbara, enquanto uma é prepotente, arrogante e cheia de mimimi, a outra é engraçada, boca suja e espontânea, quando se junta com Víctor que é engraçado e gay demais da conta, é só risada. Protegem-se com garras afiadas e mesmo Vicky sendo tão insuportável, o amor que os dois sentem por ela, não mudou durante todos esses anos de afastamento.
Bárbara tem Òscar, um cão mestiço de mastim com pastor alemão e mais alguma outra raça, um animal adotado por ela cheio de cicatrizes na pele e na alma.
Victoria morre de medo e abomina qualquer tipo de animal e criança, então Òscar quando chega perto, ela imediatamente o afasta.


Depois de toda a confusão do flagra e o termino imediato de seu noivado (dias antes do casamento) Victoria ainda vai ter mais uma dor de cabeça no trabalho, onde um contrato muito importante para a empresa e sua carreira na RCH Publicidade, deveria ter sido assinado pelo conde McKenna e não foi, ela iria ter que resolver sozinha esse problema. Sua viagem a negócios para a Escócia iria mudar o rumo de sua vida chata e monótona. Sua irmã que é escritora, não perdeu a oportunidade e foi junto com ela.

Chegando ao hotel Glasshouse, Victoria e Bárbara pegam uma chuva torrencial e misturada ao cansaço da viagem, na recepção a arrogância e superioridade de Vicky chegam a ser enervante!
Pra piorar ainda mais a situação em que elas chegaram ao hotel, aparecem para serem destratados por não terem feito nada além de serem prestativos e educados, Niall e Robert que tiveram o desprazer de conhecer a fera mal educada e egocêntrica.

A estadia das duas não está sendo tão prazerosa como queriam, parece que tudo está conspirando contra elas.
Niall parece brotar das profundezas para deixar a fera ainda mais irritada, o neandertal e a princesinha (apelidos dados por cada um) quando se aproximavam um do outro saiam faíscas e uma tensão sexual está sempre ali.
Uma visita e reunião com o Conde McKenna no castelo Eilean Donan, só trouxe chuva e problema envolvendo vacas, vespas e muita, muita lama.


Numa das enrascadas que as duas irmãs aprontavam, Niall chegou como cavaleiro andante, em prol de ajudar as duas, junto com Stoirm (seu cachorro) levando-as para a casa de seus avôs Tom, Ona e Rous (irmã adotada de Niall). Pessoas simples, mas tão lindas de coração, carinhosas e atenciosas. A simplicidade do lugar não agradou nada Victoria, mas ela teve que se contentar com a casa humilde, mas com uma cama quentinha, com comida gostosa e acolhimento aconchegante.

Niall é braço direito do conde, e ele faria Victoria pagar com o próprio veneno a sua arrogância e ser tão desumilde, para conseguir a assinatura desse contrato tão importante. Ele irá tirá-la da sua zona de conforto e se arriscar colocando a mão na massa, literalmente ajudando na fazenda, cuidando dos animais e todo tipo de serviço que uma fazenda requer.
O amor, acolhimento e carinho que só os avôs sabem dar, conquistaram por completo Victoria, uma mulher que por muito tempo se restringiu e nesse meio tempo não recebeu carinho familiar ou amigo.

A partir daí, com as tarefas e convivências do dia a dia, ela iria aprender uma lição muito valiosa: dar valor a família e as pessoas que lhe querem bem e se preocupam com você. Nada é mais valioso que o amor dos familiares e a demonstração de amizade verdadeira.
Aquele amor de avô e avó, que deixa o coração quentinho e um novo amor renascendo devagar e se alastrando por todo o corpo.


Ao ler a primeira página do livro, a primeira impressão que tive da Victoria: NOJO! 
Eu me perguntava: “O que há de errado com essa mocreia metida a besta?”
Ter vergonha da mãe pelo seu passado, por tudo que passaram com a perda do pai, não era motivo desse tratamento e muito menos do abandono.
Apesar das notas que vi no skoob terem sido na maioria três, eu discordo totalmente!

Não nego que os primeiros capítulos foram um porre de chato, pois Victoria cansava na leitura com suas frescuras, que muitas vezes me faziam revirar os olhos, mas com a continuação dos capítulos eu não conseguia parar de ler.
Ri muito, chorei também, um misto de emoções, um amor e ódio feroz durante o desfecho da estória. Niall e Victoria eram opostos em tudo, mas quando se juntavam eram perfeitos um pro outro. Um completava o outro em muitos aspectos, e ela aprendeu as duras penas que ser a Victoria vilã a maioria do tempo afastaria todos aqueles que amava.

E o que falar da Escócia? Ah, aquele lugar é esplendido em todos os aspectos da palavra, e ter essa estória, um romance da Megan com níveis de boas risadas e muito amor envolvido, criança fofa e animais amorosos, só solidifica o que eu acho sobre os romances inesquecíveis que essa autora nos proporciona.
Se você que abandonou esse livro, dê mais uma chance... não vai se arrepender.
Por hoje é só amores.
Até a próxima.
Tchau!


Título: Eu Avisei
Autor (a): Megan Maxwell
Editora: Planeta
Número de Páginas: 288

1 comentários:

  1. Packers and Movers Bangalore for 100% Affordable and Professional Packers and Movers in Bangalore Compare Charges of Movers and Packers, Household Shifting Services @ Packers And Movers Bangalore

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.