Menu

5.3.20

{Resenha} Biblioteca H. P. Lovecraft - O Chamado de Cthulhu e outras histórias


Editora: Companhia das Letras 
Sinopse: Nascido em 1890, Howard Phillips Lovecraft revolucionou o gênero literário do horror ao inserir em suas histórias elementos típicos da fantasia e da ficção científica. Com um estilo de escrita único, por vezes de vocabulário e ortografia conservadores, Lovecraft elevou o terror a um patamar literário poucas vezes visto. Assim como Edgar Allan Poe no século XIX, Lovecraft é visto por autores como Neil Gaiman, Joyce Carol Oates e Stephen King como um dos principais autores de terror do século XX.
Neste primeiro volume da série "Biblioteca Lovecraft", traduzida e organizada por Guilherme da Silva Braga, encontramos textos clássicos como "O chamado de Cthulhu" e "A sombra de Innsmouth", e também textos menos conhecidos como "Dagon" (espécie de breve preâmbulo aos mitos de Cthulhu).


Aclamado como um dos criadores do gênero de Terror literário, Lovecraft sempre teve um pouco da minha atenção e eu há muito ansiava por ter um contato maior com o autor. Há aproximadamente um ano, li Contos Clássicos de Terror, uma coletânea também da Companhia das Letras que, obviamente, tinha contos de sua autoria. Não me lembro de quais contos eram e, pra piorar a situação, não sei onde se encontra o livro (oh-meu-deus), daí fica difícil fazer uma comparação das experiências... Então, essa vai ser oficialmente a minha primeira experiência relatada com o autor. Vamos lá!

É impressionante como Lovecraft consegue criar um universo próprio de mitologia e ocultismo. Os contos se entrelaçam em alguns momentos e o autor faz questão de explicar a origem dos mitos, talvez para dar mais terreno a ser explorado em suas outras obras ou apenas dar mais profundidade à estrutura de seus contos. De qualquer forma, ser apresentado a algo novo em cada um de seus contos é uma experiência única. Como se cada conto fosse um universo à parte e, aos poucos, você vai descobrindo que esses universos coexistem; fantástico!

O que imediatamente me chamou atenção na leitura foi o estilo extremamente rebuscado do autor. Descrições floreadas e palavras difíceis são encontradas em todos os contos do autor - tive que recorrer ao dicionário  duas vezes e não me envergonho disso. Quando bem empregado, o floreio vem a calhar e ajuda a criar uma atmosfera mais pitoresca e sombria; porém, por várias vezes, acabava apenas enfadando a leitura e interrompendo até mesmo o clímax de algumas cenas. 

Sobre os contos em si, temos 10 deles neste primeiro volume da coletânea - que ainda não sei quantos volumes vai conter. Engraçado que, diferente do estilo de terror ao qual estou acostumada, Lovecraft evita usar figuras humanas como as grandes protagonistas malignas de suas estórias - são sempre alienígenas antigos, figuras demoníacas ou algo tão fantasioso quanto. Nesse aspecto, o autor ganhou pontos comigo. 

Fica difícil julgar um autor renomado com décadas de experiência e sucesso associados a seu nome... Posso, humildemente, dizer que me agradei da leitura mas achei um terror muito chique para minha reles experiência como leitora. Pelo visto, sou adepta a estilos mais despojados como de (meu querido) Stephen King - discípulo do majestoso Lovecraft. Alguém pode até se ofender com a comparação, haha, mas cada um com seu gosto e vida que segue :p 



2 comentários:

  1. As stated by Stanford Medical, It is indeed the SINGLE reason women in this country get to live 10 years longer and weigh on average 42 lbs lighter than we do.

    (And really, it has totally NOTHING to do with genetics or some secret-exercise and EVERYTHING around "HOW" they eat.)

    P.S, I said "HOW", not "WHAT"...

    CLICK on this link to reveal if this brief questionnaire can help you unlock your real weight loss potential

    ResponderExcluir
  2. As claimed by Stanford Medical, It's in fact the one and ONLY reason this country's women live 10 years more and weigh on average 42 pounds less than we do.

    (And really, it has absolutely NOTHING to do with genetics or some hard exercise and EVERYTHING related to "how" they eat.)

    P.S, I said "HOW", and not "what"...

    TAP on this link to uncover if this easy test can help you release your true weight loss potential

    ResponderExcluir

É um imenso prazer receber seu comentário. Seja sempre bem-vindo aqui.